Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Wilson’

'São Marcos'

A Ilha do Retiro ferveu e empurrou o Sport para cima do Palmeiras na noite dessa terça-feira. E realmente o caldeirão da ‘Bombonilha’ pressionou a jovem equipe alviverde, que tomou o gol no final do segundo tempo e a disputa foi para os pênaltis. Como diz o ditado, realmente ‘santo de casa faz milagre’. E ‘São Marcos’ fechou o gol e colocou o Palmeiras nas quartas-de-final da Taça Libertadores da América para enfrentar o Nacional-URU.

Após vencer a primeira partida no Palestra Itália por 1X0 na semana passada, o Palmeiras foi à Ilha do Retiro, no Recife, podendo jogar pelo empate para conquistar a vaga. Para os pernambucanos só a vitória interessava. A torcida rubro-negra lotou o caldeirão e apoiou o time o jogo todo.

E a equipe de Nelsinho Baptista veio com tudo para cima do Palmeiras. Aos nove minutos, ‘São Marcos’ fez o primeiro de vários milagres no jogo. O veterano Paulo Baier cabeceou e a queima-roupa, o camisa 12 fez uma brilhante defesa. Talvez essa tenha sido a defesa que deu chances ao Palmeiras na partida. Com enorme volume de jogo nos primeiros minutos, um gol daria muita força ao Sport e pressionaria a equipe de Vanderlei Luxemburgo.

O Palmeiras saiu para o ataque e percebeu que a tática de apenas se defender não seria boa. Mas nas poucas investidas alviverdes, o goleiro Magrão se mostrava muito seguro e interceptava todas. Aos 31 minutos, o segundo milagre de Marcos. O volante Sandro Goiano deu um ótimo lançamento para Paulo Baier dentro da área. O veterano girou e emendou para o gol, mas o goleiro palmeirense defendeu com a perna.

O Sport foi pro tudo ou nada no segundo tempo. Lutou, pressionou e encurralou o Palmeiras. Quando a torcida rubro-negra pouco acreditava na vitória, um lance fez a Ilha explodir. Aos 37 minutos, o meia Luciano Henrique fez ótima jogada individual e chutou cruzado para o meio da área. O atacante Wilson teve apenas o trabalho de escorar para as redes. 1X0 no placar e os dois times exaustos após um jogo muito disputado. Mas o Sport ainda teve fôlego de buscar o segundo gol que daria a classificação direta. O jovem Ciro chutou muito forte de fora da área, ‘São Marcos’ desviou a bola, que caprichosamente bateu na trave e levou o jogo para a disputa de pênaltis.

Assim como nas históricas disputas de penalidades em 1999 e 2000, era a hora de ‘São Marcos’ aparecer novamente. Ele, que é declaradamente um grande torcedor palmeirense e um dos maiores ídolos da história do clube, sempre costuma aparecer quando mais precisa. E o camisa 12 foi mais uma vez decisivo. Dos quatro pênaltis cobrados pelos jogadores do Sport, ‘São Marcos’ defendeu três (Luciano Henrique, Fumagali e Dutra) e calou a Ilha do Retiro.

Foi um ótimo confronto, bem jogado e muito disputado. Os dois times tinham totais condições de continuar na briga pelo título. Como apenas um pode passar, os milagres divinos que só santos podem fazer, quiseram que a equipe de ‘São Marcos’ fosse a escolhida. Ao Sport, os parabéns pela maravilhosa campanha na Libertadores e a esperança de futuras chances na competição. O Palmeiras segue em busca do bicampeonato e agora enfrentará o Nacional-URU, nas próximas duas semanas. A primeira partida será no Palestra Itália e a segunda no Estádio Centenário, em Montevidéu.

Read Full Post »

Diego Souza

A equipe alviverde poderia se qualificar como forte candidata a uma das duas vagas do grupo 1. Bastava vencer o Sport no Palestra Itália e chegar aos seis pontos, ultrapassando até mesmo a equipe pernambucana e colando no líder Colo Colo. A torcida apoiou e esteve ao lado do time durante toda a partida, mas o resultado final de 1X1 foi decepcionante para o Palmeiras.

 

O jogo começou com pressão total do Palmeiras e o Sport, como era de se esperar, jogava recuado buscando os contra-ataques. Vanderlei Luxemburgo colocou Lenny no lugar do contundido Willians para atuar no ataque ao lado de Keirrison. Após um cruzamento de Armero pelo lado esquerdo, o zagueiro César do Sport tocou a barriga na bola e o árbitro uruguaio que estava longe do lance, apontou a marca da cal sinalizando o toque de mão. O time pernambucano reclamou muito, mas de nada adiantou e Keirrison, que nada tinha haver com isso, cobrou a penalidade e abriu o placar para o Palmeiras.

 

A partida continuava muito disputada e com muitas faltas para os dois lados, mas a equipe alviverde tinha o total domínio da bola e pressionava em busca do segundo gol. Porém, aos 45 minutos do primeiro tempo, após um lançamento para a área, a defesa palmeirense não conseguiu afastar a bola e o atacante Wilson completou para as redes, empatando a partida. Na comemoração, o jogador ergueu a camisa e tomou seu segundo cartão amarelo na partida, sendo expulso pelo juiz. 

 

Parecia um bom sinal para o Palmeiras, que jogaria a segunda etapa inteira com um homem a mais. Mas Nelsinho Baptista, técnico do Sport, montou um ‘ferrolho’ para garantir o ponto fora de casa e deu certo. O segundo tempo só foi jogado no campo do Leão, em um clássico jogo de ataque contra defesa. Destaque para o goleiro Magrão, que fez pelo menos três defesas importantes e garantiu o empate para os pernambucanos.

 

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 4 pontos e está na terceira colocação do grupo. O Sport está com 7 pontos e é o vice-líder. Na próxima rodada, as duas equipes atuarão dentro de casa. Na terça-feira o Palmeiras recebe a LDU, enquanto um dia depois, na Ilha do Retiro, o Sport joga contra o líder Colo Colo.

 

Em caso de derrota ou empate no próximo duelo, a equipe alviverde estará eliminada da Libertadores. O Sport continua tranquilo e precisa de mais três pontos para garantir matematicamente a classificação para as oitavas-de-final.

Read Full Post »