Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Venezuela’

Todos os cinco times brasileiros que disputam a Copa Libertadores neste ano entraram em campo nessa semana e jogaram suas partidas fora de casa. Porém, o saldo foi positivo, já que Flamengo e São Paulo conseguiram vencer e Corinthians, Cruzeiro e Internacional empataram seus jogos.

Começando por quarta-feira, o Flamengo foi até a capital da Venezuela enfrentar o time da casa, o Caracas. O jogo foi difícil como o esperado, mas a equipe dirigida por Andrade conseguiu se sair bem e venceu por 3X1, com destaque para o artilheiro Vágner Love, que marcou dois gols, o último, inclusive, com direito a drible no goleiro. A vitória foi bastante comemorada pelos rubro-negros, pois além de terem vencido com um jogador a menos – Toró foi expulso -, se consolidaram na liderança do grupo 8 com duas vitórias em duas partidas disputadas. O Universidad do Chile, que está em 2° lugar com quatro pontos, é o próximo adversário do Mengão na próxima semana.

O Corinthians foi até Bogotá, na Colômbia, jogar contra o Independiente de Medellín, em busca da segunda vitória na Libertadores. Começou bem o jogo, mas foi pouco incisivo e não conseguiu abrir o placar. O time colombiano, por sua vez, pecou demais nas finalizações e perdeu duas oportunidades claras na primeira etapa. No segundo tempo, o Independiente marcou com Valoyes e continuou desperdiçando boas chances. Mas nove minutos depois, Dentinho, que havia saído do banco de reservas, fez uma bonita jogada pelo lado esquerdo do ataque e mandou uma bomba no ângulo do goleiro Bobadilla. O empate teve gosto de vitória pelas circunstâncias do jogo e também por deixar o Timão na primeira colocação do grupo 1, com quatro pontos ganhos. O próximo desafio do alvinegro é na próxima semana, no Paraguai, contra o Cerro Porteño, lanterna do grupo.

Na quinta-feira, outros três brasileiros entraram em campo. Primeiro foi a vez do São Paulo, que vinha de derrota para o Once Caldas e precisava muito de um resultado positivo contra o fraco Nacional paraguaio. Com o estádio Defensores Del Chaco completamente vazio, o Tricolor não teve pressão da torcida, mas quase conseguiu complicar um jogo simples. Começou bem no primeiro tempo e perdeu ao menos três oportunidades de abrir o placar. Com um futebol displicente e disperso, o São Paulo chamou o adversário para cima e quase levou o gol. No segundo tempo, Ricardo Gomes colocou Cléber Santana em campo e a equipe melhorou um pouco, tanto que numa jogada de Dagoberto, Washington ficou livre dentro da área, driblou o goleiro e abriu o placar. No final da partida, Fernandinho, que acabara de entrar, avançou pela esquerda e tocou a bola para o atacante são paulino fazer seu segundo gol no jogo e dar números finais a partida. O São Paulo somou seu sexto ponto na competição e está no 2° lugar do grupo 2, um ponto atrás do líder Once Caldas.

Depois foi a vez do Cruzeiro tentar a sorte em Caracas contra o Deportivo Itália. O jogo começou bastante movimentado e os equatorianos abriram o placar com gol de Blanco, pressionando ainda mais os comandados de Adílson Batista. Mas, o atacante Kleber conseguiu fazer dois gols e virou o jogo para o time mineiro. A Raposa teve outras chances de garantir a vitória, mas pecou na finalização e acabou punida com o gol de empate de McIntosh. No final da partida, Kleber perdeu a cabeça novamente e foi expulso de campo, complicando ainda mais as coisas. O Cruzeiro tem quatro pontos e é o segundo colocado do grupo 7. Porém, o líder Vélez Sarsfield, além de ter dois pontos a mais que a equipe brasileira, ainda tem um jogo a menos. Caso o time argentino vença o próximo confronto contra o Colo Colo, abrirá cinco pontos de vantagem e deixará a situação do Cruzeiro bem delicada.

Por último, o Internacional foi até Quito, no Equador, enfrentar o Deportivo Quito e a altitude de 2.850 metros. Jogando no contra-ataque, a equipe dirigida por Jorge Fossati até ia bem e criava chances, mas o setor defensivo pecou bastante e complicou as coisas. O time equatoriano começou a gostar do jogo e depois de o goleiro colorado ‘Pato’ Abbondanzieri espalmar uma bola, Minda pegou o rebote e fez o gol. O Colorado acordou e empatou cinco minutos depois com gol de Giuliano. Daí para frente, a única coisa que chamou a atenção foi um lance em que o árbitro José Buitrago marcou pênalti para o Deportivo Quito numa dividida entre um jogador equatoriano e o goleiro do Internacional, onde claramente foi falta no arqueiro e não o inverso. Porém, o juiz conversou com o auxiliar e voltou atrás, se esquivando de cometer um erro bizarro. O Internacional chegou aos quatro pontos no grupo 5 e terminou a rodada na 2ª posição, atrás do Cerro, do Uruguai, que é o líder com seis pontos. Na próxima semana os dois se enfrentarão no Uruguai.

Read Full Post »

Caros leitores, primeiramente peço desculpas por não ter escrito no MFC ontem. O motivo por essa ‘ausência’ virtual foi meramente universitário. De qualquer forma, também não consegui acompanhar totalmente os grandes jogos de quarta e quinta-feira pelo mundo. Vi apenas os gols e poucos lances e, por este motivo, não conseguiria fazer uma análise mais detalhada. Sendo assim, farei alguns breves comentários:

– Barcelona campeão da Champions League. Alguma novidade? Para mim não! Mesmo que o Manchester United seja um grande time e esteja entre os três principais clubes do mundo, o futebol apresentado pela equipe de Pep Guardiola durante toda a temporada já previa que o título ficaria na Espanha. Mesmo não assistindo a partida, pelo pouco que vi e li, minha previsão se confirmou. O Barcelona conquistou o tricampeonato da Champions League sem dificuldades.

– O Cruzeiro venceu o São Paulo na primeira partida da Taça Libertadores da América. Resultado normal pelo bom time cruzeirense, pela importante pressão da torcida e pelo apático time do São Paulo. Muricy Ramalho continua insistindo com Richarlyson, Hernanes e Jorge Wagner. Muricy continua vetando Borges e colocando-o no banco. São ações que podem prejudicar uma temporada inteira e neste caso, poderá até custar o cargo do treinador em caso de eliminação. De qualquer maneira, com todos estes aspectos negativos, o Tricolor continua vivo na Libertadores e além de perder ‘apenas’ por um gol, ter feito gol fora de casa pode ajudar o São Paulo no jogo da volta.

– Como o MFC já havia destacado o Grêmio não teria vida fácil contra o Caracas, na Venezuela. E não teve. Saiu perdendo, empatou e deixou os venezuelanos acreditando que é possível vencer o Tricolor Gaúcho no Brasil na partida de volta. Continuo apostando na classificação gremista, até com certa facilidade. Mas o experiente Paulo Autuori precisará deixar seus jogadores ligados, pois uma surpresa em uma competição como a Libertadores, não seria nada espantoso.

– O Coritiba saiu ganhando do Internacional em pleno Beira-Rio. Um susto para os jogadores, para o técnico Tite e principalmente para a torcida colorada. Mas a fase é tão boa e o conjunto com diversos jogadores decisivos é tão importante, que sem dificuldades o Inter virou o jogo e fez seu dever de casa. O time Coxa Branca ainda acredita que possa reverter o resultado, mas creio que será muito complicado. Se o técnico Renê Simões colocar o time para frente para buscar os dois gols que precisa, será um risco enorme contra um time rápido e habilidoso como o Inter. Vejo o Colorado na final da Copa do Brasil.

– O Corinthians é outro que mesmo jogando fora de casa conquistou um ótimo resultado. Poderia ser melhor, se Elias não tivesse perdido um gol feito na cara do goleiro vascaíno, mas também poderia ser pior, se Felipe não operasse pelo menos três milagres nas investidas do Vasco. O empate fora de casa com gols é bom negócio em competições com regulamentos como a Copa do Brasil. No jogo da volta as equipes estarão reforçadas de seus principais jogadores (Carlos Alberto no Vasco e Ronaldo no Corinthians) e, portanto, creio que o jogo seja melhor tecnicamente. Continuo acreditando que o Timão consiga a vaga na final.

– Vanderlei Luxemburgo é um caso a parte no futebol. Inegavelmente é um ótimo técnico, muito vitorioso e importante para diversas equipes no passado. Mas também é inegável que ele nunca assuma seus erros. Ontem isso aconteceu mais uma vez. Atuando dentro de casa, contra um adversário forte e tradicional, mas nada assustador e que certamente viria mais para se defender do que para atacar, Luxemburgo ‘inovou’ e começou o jogo com três zagueiros e com o fraquíssimo Fabinho Capixaba na lateral direita. Logo viu que os uruguaios começaram a gostar do jogo e promoveu a entrada de Obina e Marquinhos. Mas porque ele não começou com essa formação? Coisas de Luxemburgo, o treinador que quando ganha ele é o diferencial e quando perde a culpa é a da imprensa, da arbitragem, etc. O empate foi ruim para o Palmeiras e o jogo de volta na casa do Nacional será bastante complicado. Apostei que o Verdão passaria de fase, mas depois do resultado de ontem, vejo o Nacional com mais chances. De qualquer forma, ainda acredito que Vanderlei Luxemburgo e sua equipe possam surpreender fora de casa novamente, assim como foi contra o Colo Colo e Sport.

Read Full Post »

Taça Libertadores da América

A Taça Libertadores da América 2009 entra em mais uma etapa decisiva, com os quatro jogos de ida das quartas-de-final nesta semana. Vamos a uma breve análise e algumas previsões dos confrontos:

Caracas X Grêmio – Olímpico de Caracas, quarta-feira (27/05), às 21h50
O Grêmio, por ter feito a melhor campanha da primeira fase, tem a vantagem de decidir a vaga no Estádio Olímpico, dia 17 de junho. O Tricolor Gaúcho confirmou o favoritismo nas oitavas-de-final e passou com certa tranquilidade, vencendo as duas partidas contra o peruano San Martín. O Caracas encarou o Deportivo Cuenca, perdeu na ida no Equador e depois se recuperou em casa, vencendo por 4X0. Acredito que o Grêmio avance para as semifinais, mas no confronto dessa semana, os comandados de Paulo Autuori não terão vida fácil na casa do adversário. A vaga deve ser decidida em Porto Alegre. Palpite: Grêmio

Cruzeiro X São Paulo – Mineirão, quarta-feira (27/05), às 21h50
É o único confronto que envolve duas equipes do mesmo país nesta fase do mata-mata. Muita história, rivalidade e tradição em campo. O São Paulo é o clube brasileiro que mais venceu a Libertadores, com três títulos (92, 93 e 05). O Cruzeiro não fica atrás. A equipe mineira é bicampeã (76 e 97) da competição e montou um bom time para esta edição da Libertadores. As duas equipes chegam às quartas-de-final em situações opostas. O Cruzeiro venceu os dois confrontos contra o Universidad do Chile, assegurou a vaga e é apontado como favorito ao título. O São Paulo chega para o confronto um pouco desacreditado e avançou sem entrar em campo, já que o Chivas Guadalajara foi excluído da competição. Cruzeiro e São Paulo nunca se enfrentaram pela Libertadores e com certeza farão dois jogos emocionantes, sem favoritismo. Palpite: São Paulo

Palmeiras X Nacional-URU – Palestra Itália, quinta-feira (28/05), às 22h
As duas equipes já se enfrentaram 11 vezes na história, com cinco vitórias para cada lado e um empate. Pela Libertadores, os uruguaios levam vantagem. Em quatro oportunidades, o Nacional venceu o Palmeiras em duas (ambas em 1971, no Pacaembu por 3X0 e no Centenário por 3X1), houve uma vitória alviverde em 1973 e um empate no mesmo ano. Os uruguaios passearam na primeira fase da Libertadores e terminaram no 3º lugar geral, tendo o ataque mais positivo com 12 gols. Porém, o Palmeiras pode ter vantagem no confronto, pois o Nacional avançou às quartas sem jogar, já que seu adversário nas oitavas-de-final, o San Luís-MEX, foi excluído da Libertadores pelo surto de gripe suína no México. Esse confronto é difícil de fazer algum prognóstico, já que além da tradição das duas equipes, estão em jogo quatro títulos da Libertadores, três do Nacional e um do Palmeiras. Palpite: Palmeiras

Defensor X Estudiantes – Luiz Franzini, quinta-feira (28/05), às 19h30
A equipe argentina, liderada pelo ídolo Verón, passou com facilidade sobre o Libertad nas oitavas-de-final. Venceu por 3X0 na Argentina e empatou em 0X0 no Paraguai. A equipe uruguaia chega às quartas-de-final em estado de êxtase. O Defensor conseguiu a façanha de eliminar o Boca Juniors dentro da Bombonera e além de contar com uma equipe jovem e de boa técnica, a confiança está nas alturas para o confronto contra uma equipe argentina de novo. O Defensor chega como franco atirador no meio de equipes que já conquistaram a Libertadores. O Estudiantes, tricampeão do torneio (68, 69 e 70), deposita todas as suas fichas no veterano Verón. Serão dois duelos equilibrados e vejo os uruguaios com mais chances. Palpite: Defensor

E você torcedor, quais são suas previsões? Opine!

Read Full Post »

O Grêmio podia até perder para o fraco San Martín hoje no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, já que na semana passada foi até o Peru e venceu por 3X1. Mas como era esperado, em ritmo de treino o Tricolor Gaúcho ganhou novamente, agora por 2X0 e confirmou uma das vagas nas quartas-de-final da Taça Libertadores da América.

Ainda invicto na competição sul-americana, os gaúchos não precisaram se esforçar muito para bater os peruanos com gols de Jonas e Herrera. A partida valeu mais para o técnico Marcelo Rospide, que pôde acertar detalhes táticos já visando o confronto ante ao Caracas no próximo mata-mata. A primeira partida acontecerá na semana que vem na Venezuela e o jogo de volta será em Porto Alegre. O Grêmio continua sobrando em seus jogos na Libertadores, mas vale lembrar que até o momento, o Tricolor Gaúcho ainda não enfrentou nenhum adversário forte, o que provavelmente acontecerá nas semifinais.

Read Full Post »

Com o final da primeira fase da Taça Libertadores da América, os confrontos das oitavas-de-final estão definidos. Nessa fase de mata-mata, serão cinco equipes brasileiras, duas argentinas, duas uruguaias, duas mexicanas, uma peruana, uma paraguaia, uma venezuelana, uma chilena e uma equatoriana. Novamente, o Brasil domina a maior competição do continente e existe grande possibilidade de termos uma final brasileira, assim como em 2005 e 2006.

O Grêmio, melhor colocado entre os 16 classificados da primeira fase, jogará contra o pior segundo colocado, o San Martín, do Peru. O jogo de ida será na próxima quarta-feira no estádio Monumental de Lima, às 21h50. O trio de arbitragem para essa partida vem do Equador. Carlos Vera foi o árbitro escolhido e será auxiliado por Juan Cedeño e Carlos Herrera.

O Boca Juniors, especialista em Libertadores, enfrentará o Defensor, do Uruguai. Os uruguaios terminaram a primeira fase na segunda colocação do grupo 4, enquanto os argentinos confirmaram o favoritismo no grupo 2 e venceram cinco partidas das seis disputadas. O jogo de ida será na próxima quinta-feira (07/05), às 22h, no estádio Luiz Franzini, em Montevidéu.

O Nacional, do Uruguai, fez uma boa primeira fase e terminou no 3º lugar geral. Seu adversário nas oitavas-de-final será o mexicano San Luís, segundo colocado do grupo 8. Porém, o jogo de ida desse confronto ainda não tem local definido, já que o México foi proibido pela Conmebol de sediar jogos da Libertadores pela epidemia de gripe suína que afeta o país. Dessa forma, a primeira partida entre San Luís e Nacional, está agendada para o dia 13/05, sem local e horário definidos ainda.

O São Paulo, maior vencedor brasileiro da Libertadores, foi o primeiro colocado do grupo 4 e conquistou o 4º lugar na classificação geral. Seu adversário nas oitavas-de-final será o Chivas Guadalajara, do México. Assim como o compatriota San Luís, o Chivas não poderá jogar a partida de ida no estádio Jalisco e assim, a partida foi marcada para o dia 13 de maio pela Conmebol, que nos próximos dias definirá o local e o horário do jogo.

O Cruzeiro, bicampeão da Libertadores, enfrentará nas oitavas-de-final o Universidad de Chile, segundo colocado no grupo 7. Os mineiros disputarão a partida de ida no estádio Nacional, em Santiago, na próxima quinta-feira, às 22h.  O uruguaio Jorge Larrionda será o árbitro da partida, tendo Carlos Pastorino e Eduardo Ponce como assistentes.

O Sport terminou a primeira fase na 6ª colocação geral, sendo o primeiro do grupo 1 e o adversário será o Palmeiras, segundo colocado no mesmo grupo. Novamente, pernambucanos e paulistas se enfrentarão na Libertadores, fazendo o único confronto nacional das oitavas-de-final. O jogo de ida será na próxima terça-feira no Palestra Itália, em São Paulo, às 21h15. Para essa partida, a Conmebol escalou um trio de arbitragem argentino (Sérgio Pezzota, Francisco Rocchio e Horácio Herrero).

O único time paraguaio classificado para o mata-mata é o Libertad. Com a sétima colocação geral, os paraguaios enfrentarão o Estudiantes de La Plata, da Argentina. O primeiro jogo será disputado dia 7 de maio no estádio Mundialista, em La Plata, na Argentina, às 19h40.

O pior primeiro colocado da primeira fase foi o Caracas, vencedor do grupo 6. Os venezuelanos disputarão uma vaga para as quartas-de-final da Libertadores contra o Deportivo Cuenca, do Equador. A partida de ida será realizada na próxima quinta-feira no estádio Alejandro Aguilar, em Cuenca, no Equador, às 17h20.

Palpites: Assim como todo mundo, esse blogueiro também tem o direito de arriscar seus palpites para esses confrontos das oitavas-de-final. Na base do ‘achismo’ vejo o Grêmio já classificado para as quartas-de-final. Os gaúchos devem vencer facilmente os dois jogos contra o San Martín. O Boca que amedronta todo mundo quando se trata de Libertadores, deve passar do Defensor sem facilidade, em duas partidas duras. O tradicional Nacional, tricampeão da Libertadores, conseguirá a vaga contra o San Luís. O São Paulo deve se classificar contra o Chivas com certa dificuldade. O Cruzeiro provavelmente também estará nas quartas-de-final, pois deve ganhar do Universidad de Chile. Vejo o Palmeiras com mais chances de passar pelo Sport e conquistar a vaga. O Estudiantes deve garantir mais um clube argentino nas quartas-de-final e o Caracas deve vencer o Deportivo Cuenca. Vamos aguardar os jogos e ver se meu ‘achismo’ estará correto. Os confrontos serão emocionantes e a Taça Libertadores da América começa de verdade agora.

Read Full Post »