Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘São Paulo Futebol Clube’

Por: Erik Rodrigues*

Logo após a escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014, o país começou a pensar nos estádios que sediarão os jogos da competição. Naturalmente, o Maracanã foi indicado como palco da grande final, assim como ocorreu em 1950. E a partida de abertura, na teoria, ficou com a cidade de São Paulo.

Desde então, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, tem se mostrado contra o jogo inicial no estádio do São Paulo Futebol Clube, o Morumbi. Apesar de ser comedido publicamente, informações de bastidores contam que o dirigente trabalha pela construção de uma nova arena na capital paulista. Há duas explicações para isso: a primeira é unicamente política, pois o São Paulo tem um histórico de oposição a Teixeira; já a segunda é econômica, pois para construir um estádio é necessário mais dinheiro para os amigos empreiteiros do cartola do que uma reforma em algo já erguido.

Apesar de tudo isso, Juvenal Juvêncio, presidente do clube do Morumbi, vem trabalhando arduamente para que a abertura da Copa 2014 seja no Cícero Pompeu de Toledo. E concordo com seus motivos, pois uma reforma para deixar o estádio nos padrões da FIFA seria muito benéfica para o clube.

No entanto, o preço para conseguir isso é muito alto. Passa pela bajulação total e irrestrita ao Sr. Teixeira, que hoje tem status de “Rei do Brasil”, sendo cortejado por políticos e empresários de todo o país, até a submissão total às exigências da FIFA.

Se for para ter a abertura da Copa de 2014 nestas condições Juvenal, gostaria de te pedir para desistir da Copa. Como são-paulino, entendo que os benefícios para o patrimônio do clube seriam muito bons. Mas não gostaria de ver o presidente do meu time se envolvendo com este tipo de gente.

Deixe-os construírem outro estádio em São Paulo, para depois ficar mais um elefante branco como o Engenhão. Deixe que as obras atrasem e a abertura fique ameaçada. Deixe que sejam liberados recursos públicos aos milhões, como aconteceu no Pan. Mas não se iguale a este tipo de gente, que fica com ameaças veladas e que está acostumada a ser irresponsável com o futebol brasileiro.

* Erik Rodrigues é jornalista e são-paulino.

Anúncios

Read Full Post »

Rogério Ceni

Que Rogério Ceni é unanimidade entre a torcida são paulina não é novidade. É o jogador que mais vestiu a camisa do clube paulista em partidas oficiais (849) nos seus mais de 18 anos no clube. O maior goleiro artilheiro do mundo, reconhecido pelo Guinness Book por seus 83 gols.

 

Além de todos os títulos vencidos na carreira com o São Paulo e os seus individuais, Rogério Ceni foi mais uma vez premiado. A revista Trivela, escalou 21 jornalistas brasileiros para escolher os melhores goleiros do mundo. Os quesitos para a escolha foram: conquistas pessoais e títulos; liderança e importância para o time; reflexo e elasticidade; saída do gol e posicionamento; reposição e jogo com os pés.

 

No resultado divulgado ontem, Rogério levou a medalha de bronze com 336 pontos, ficando atrás apenas do italiano Gianluigi Buffon, da Juventus, que conquistou 396 pontos e do goleiro do Real Madrid e da seleção espanhola, Iker Cassilas, que obteve 360 pontos.

 

O arqueiro são paulino terminou a eleição à frente de grandes goleiros, como o tcheco Peter Cech, do Chelsea, Marcos, do Palmeiras, Júlio César, da Inter de Milão, Van der Sar, do Manchester United, Pepe Reina, do Liverpool, Lehmann e Dida, ambos do Milan. Mais um prêmio importante para um grande profissional do mundo da bola, que já está inserido na história do futebol mundial.

 

NOTA: Ontem, no Shopping Morumbi, em São Paulo, o capitão tricolor em parceria com o jornalista André Plihal, lançou o livro “Maioridade Penal – 18 anos de histórias inéditas da marca da cal”, com 57 histórias curiosas sobre sua carreira tanto no São Paulo, quanto na seleção brasileira. O livro tem o selo da Panda Books e está a venda nas principais livrarias de todo o país com o preço sugerido de R$36,90.

Read Full Post »