Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Pep Guardiola’

O Barcelona segue firme sua trajetória em busca do bicampeonato da Liga dos Campeões da Europa. Depois de empatar na Alemanha por 1 a 1, o time catalão não tomou conhecimento do Stuttgart e venceu a partida de volta por 4 a 0, ontem no Camp Nou.

Com a vitória, a equipe de Pep Guardiola avançou às quartas-de-final e espera o sorteio para conhecer o próximo adversário. Além do time espanhol, os outros clubes que ainda brigam pelo título são: Bordeaux, CSKA, Internazionale, Manchester United, Lyon, Bayern Munique e Arsenal.

Lionel Messi continua sobrando em campo. O argentino fez dois belos gols na partida de ontem e, com isso, chegou a 31 tentos na temporada. Se continuar jogando dessa maneira, a torcida do Barcelona pode ficar tranquila e esperançosa quanto a conquista do bicampeonato da Liga dos Campeões, feito esse que não acontece desde as temporadas 88/89 e 89/90, quando o Milan sagrou-se bicampeão.

Com o afunilamento da competição, os favoritos são Barcelona, Manchester United e Internazionale. O título deve ficar entre esses três gigantes do futebol mundial. E, caso a equipe catalã chegue à final no dia 22 de maio, poderá ser campeã no estádio Santiago Bernabéu, casa do maior rival, o Real Madrid. Que coisa!

Veja os gols da partida:

Anúncios

Read Full Post »

Caros leitores, primeiramente peço desculpas por não ter escrito no MFC ontem. O motivo por essa ‘ausência’ virtual foi meramente universitário. De qualquer forma, também não consegui acompanhar totalmente os grandes jogos de quarta e quinta-feira pelo mundo. Vi apenas os gols e poucos lances e, por este motivo, não conseguiria fazer uma análise mais detalhada. Sendo assim, farei alguns breves comentários:

– Barcelona campeão da Champions League. Alguma novidade? Para mim não! Mesmo que o Manchester United seja um grande time e esteja entre os três principais clubes do mundo, o futebol apresentado pela equipe de Pep Guardiola durante toda a temporada já previa que o título ficaria na Espanha. Mesmo não assistindo a partida, pelo pouco que vi e li, minha previsão se confirmou. O Barcelona conquistou o tricampeonato da Champions League sem dificuldades.

– O Cruzeiro venceu o São Paulo na primeira partida da Taça Libertadores da América. Resultado normal pelo bom time cruzeirense, pela importante pressão da torcida e pelo apático time do São Paulo. Muricy Ramalho continua insistindo com Richarlyson, Hernanes e Jorge Wagner. Muricy continua vetando Borges e colocando-o no banco. São ações que podem prejudicar uma temporada inteira e neste caso, poderá até custar o cargo do treinador em caso de eliminação. De qualquer maneira, com todos estes aspectos negativos, o Tricolor continua vivo na Libertadores e além de perder ‘apenas’ por um gol, ter feito gol fora de casa pode ajudar o São Paulo no jogo da volta.

– Como o MFC já havia destacado o Grêmio não teria vida fácil contra o Caracas, na Venezuela. E não teve. Saiu perdendo, empatou e deixou os venezuelanos acreditando que é possível vencer o Tricolor Gaúcho no Brasil na partida de volta. Continuo apostando na classificação gremista, até com certa facilidade. Mas o experiente Paulo Autuori precisará deixar seus jogadores ligados, pois uma surpresa em uma competição como a Libertadores, não seria nada espantoso.

– O Coritiba saiu ganhando do Internacional em pleno Beira-Rio. Um susto para os jogadores, para o técnico Tite e principalmente para a torcida colorada. Mas a fase é tão boa e o conjunto com diversos jogadores decisivos é tão importante, que sem dificuldades o Inter virou o jogo e fez seu dever de casa. O time Coxa Branca ainda acredita que possa reverter o resultado, mas creio que será muito complicado. Se o técnico Renê Simões colocar o time para frente para buscar os dois gols que precisa, será um risco enorme contra um time rápido e habilidoso como o Inter. Vejo o Colorado na final da Copa do Brasil.

– O Corinthians é outro que mesmo jogando fora de casa conquistou um ótimo resultado. Poderia ser melhor, se Elias não tivesse perdido um gol feito na cara do goleiro vascaíno, mas também poderia ser pior, se Felipe não operasse pelo menos três milagres nas investidas do Vasco. O empate fora de casa com gols é bom negócio em competições com regulamentos como a Copa do Brasil. No jogo da volta as equipes estarão reforçadas de seus principais jogadores (Carlos Alberto no Vasco e Ronaldo no Corinthians) e, portanto, creio que o jogo seja melhor tecnicamente. Continuo acreditando que o Timão consiga a vaga na final.

– Vanderlei Luxemburgo é um caso a parte no futebol. Inegavelmente é um ótimo técnico, muito vitorioso e importante para diversas equipes no passado. Mas também é inegável que ele nunca assuma seus erros. Ontem isso aconteceu mais uma vez. Atuando dentro de casa, contra um adversário forte e tradicional, mas nada assustador e que certamente viria mais para se defender do que para atacar, Luxemburgo ‘inovou’ e começou o jogo com três zagueiros e com o fraquíssimo Fabinho Capixaba na lateral direita. Logo viu que os uruguaios começaram a gostar do jogo e promoveu a entrada de Obina e Marquinhos. Mas porque ele não começou com essa formação? Coisas de Luxemburgo, o treinador que quando ganha ele é o diferencial e quando perde a culpa é a da imprensa, da arbitragem, etc. O empate foi ruim para o Palmeiras e o jogo de volta na casa do Nacional será bastante complicado. Apostei que o Verdão passaria de fase, mas depois do resultado de ontem, vejo o Nacional com mais chances. De qualquer forma, ainda acredito que Vanderlei Luxemburgo e sua equipe possam surpreender fora de casa novamente, assim como foi contra o Colo Colo e Sport.

Read Full Post »

Iniesta

Emocionante e dramático. Essas são as melhores definições para o jogo de volta das semifinais da Champions League entre Chelsea e Barcelona, no Stamford Bridge, em Londres. Após o empate sem gols no Camp Nou, as duas equipes precisavam da vitória para chegar à final. O Chelsea saiu na frente e nos acréscimos do segundo tempo, Iniesta empatou o jogo e confirmou a vaga na decisão da competição européia.

O jogo começou muito disputado e logo aos oito minutos, os Blues apresentaram o cartão de visitas aos espanhóis. Lampard iniciou a jogada e a bola sobrou para Essien, que encheu o pé e fez um golaço. O Barcelona não se intimidou e continuou partindo para cima. Em um jogo franco, o Chelsea também chegava à meta de Valdés com perigo. Em uma dessas oportunidades, Drogba quase ampliou o placar. O marfinense bateu falta e Valdés fez boa defesa. O primeiro tempo acabou e o grande erro dos espanhóis foi a falta de pontaria nas chances criadas.

O Chelsea voltou para a segunda etapa procurando o segundo gol para complicar a vida do Barça. E chances não faltaram. Drogba e Malouda perderam boas oportunidades. Os espanhóis sentiam a pressão dos Blues e em uma das investidas dos ingleses, o lateral esquerdo Abidal fez falta em Anelka e foi expulso. As coisas se complicaram para o Barcelona que continuava disperso em campo, longe das brilhantes atuações no campeonato espanhol e na própria Champions League. 

O juiz norueguês Tom Henning informou o auxiliar que daria quatro minutos de acréscimo. O Barcelona parecia entregue enquanto a torcida do Chelsea cantava e vibrava com a vitória e a possível vaga na decisão. Mas os minutos de acréscimos reservavam algo para a equipe de Pep Guardiola.

Aos 47 minutos, após um bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Eto’o no lado esquerdo da grande área. O camaronês não conseguiu dominar, a bola espirrou e chegou aos pés de Messi, que ergueu a cabeça e encontrou Iniesta na entrada da área. Iniesta encheu o pé e colocou a bola no ângulo de Cech, calando o estádio e deixando a equipe de Guus Hiddink desnorteada.

Foi um grande jogo. O Chelsea perdeu a chance de chegar a segunda final de Champions League seguida e tentar dar o troco no rival Manchester United, que venceu a competição nos pênaltis na temporada passada. Com o empate, o Barcelona confirma presença na grande decisão e enfrentará os Diabos Vermelhos em busca do tricampeonato do maior campeonato de clubes do Mundo.

O jogo entre espanhóis e ingleses acontece no próximo dia 27, em Roma, na Itália. Certamente será mais uma final sensacional e não vejo favorito. Independente de quem seja o vencedor, a única certeza é que o título estará em boas mãos. No momento, Manchester e Barcelona são as melhores equipes do mundo e mereceram chegar à final.

Read Full Post »