Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Paulo André’

O clássico ‘Majestoso’ entre Corinthians e São Paulo era muito importante para as aspirações das equipes no campeonato estadual. Ambos vinham de derrota no meio da semana e só a vitória interessava para os alvinegros, enquanto os são paulinos precisavam vencer para praticamente garantir uma vaga entre os semifinalistas. Em um jogo eletrizante, marcado por erros dos goleiros, o Corinthians venceu por 4 a 3 com um gol nos acréscimos e continua com chances no Paulistão.

O jogo começou com o São Paulo bem postado e chegando ao ataque, mas em poucos minutos os donos da casa colocaram as coisas no lugar e passaram a dominar a partida. Esse domínio foi traduzido em gol, aliás, em gols. A primeira grande chance do Corinthians aconteceu aos 15 minutos. Em um lance incrível, Paulo André cabeceou na trave, no rebote Dentinho mandou no outro poste e na terceira tentativa Rogério Ceni fez grande defesa, salvando o Tricolor. Porém, três minutos depois, o Corinthians abriu o placar, após boa jogada de Danilo, passe de Ronaldo e conclusão de Elias. O jogo ficou quente e não demorou para o alvinegro ampliar a contagem. Miranda não conseguiu interceptar a bola dentro da área e o ex-são paulino Danilo, de direita, mandou uma bomba para marcar o segundo. Um minuto depois o clima esquentou. Washington e Dentinho dividiram a bola, o corintiano agrediu, tomou um empurrão do são paulino e agrediu novamente. O árbitro expulsou os dois e colocou panos quentes na situação.

O jogo parecia perdido para o São Paulo, quando Dagoberto fez boa jogada pela esquerda e rolou para trás, encontrando Jean livre para diminuir o placar. Um gol que renovou as esperanças do time do Morumbi. Na volta do intervalo, Ricardo Gomes tirou o apagado Léo Lima e colocou o atacante Fernandinho. Mas, aos sete minutos, o Corinthians ampliou novamente. Roberto Carlos cobrou falta de longe e Rogério Ceni aceitou. O Timão melhorou na partida de novo e poderia ter feito o quarto e até o quinto gol. Porém, o São Paulo que parecia morto, reviveu e buscou o empate. Primeiro, Hernanes cobrou falta, o goleiro Rafael bateu roupa e Rodrigo Souto aproveitou para marcar o segundo gol. Um pouco depois, Cicinho ergueu a bola na área e, em nova falha do arqueiro corintiano, o volante são paulino aproveitou de novo, marcou seu segundo gol e o terceiro do São Paulo. Com 3 a 3 no placar, Ricardo Gomes sentiu que poderia vencer o clássico e colocou Marlos em campo no lugar de Dagoberto. Mano Menezes, por sua vez, colocou Iarley para tentar a vitória. E o treinador corintiano foi mais feliz. Nos acréscimos, Iarley chutou forte para o meio da área e o zagueiro Alex Silva marcou contra.

O Corinthians mereceu a vitória por 4 a 3, pois foi superior em grande parte do jogo e teve mais raça para decidir. Porém, mesmo com um jogo aberto e bem disputado, as duas equipes ainda não mostraram tudo que se espera delas na temporada. Pelo lado corintiano, Danilo e Roberto Carlos fizeram ótima partida. Elias também jogou bem e, estranhamente, foi substituído no segundo tempo. O treinador errou ao tirá-lo de campo (depois que ele saiu o São Paulo marcou os dois gols que empataram o jogo), já que como de costume, Elias marcava com eficiência e se apresentava muito bem ao ataque. De qualquer forma, Mano Menezes contou com a sorte de ter lançado Iarley nos minutos finais e o atacante decidiu o jogo para os alvinegros.

Pelo lado do São Paulo, Ricardo Gomes parece não ter o controle do grupo. Um elenco qualificado que, em três meses, ainda não fez nenhuma grande partida, não tem sequência e joga um futebol burocrático. Muitos dizem que o atual time são paulino tem a cara do treinador, sem raça, sem vibração. E, de fato, isso está acontecendo mesmo. O São Paulo não vibra durante as partidas, parece estar sempre satisfeito, independente se esteja ganhando ou perdendo. Isso pode prejudicar ainda mais a equipe. Outro fator é a questão do Cicinho. Desde a época de Muricy Ramalho o elenco tricolor carece de um lateral direito de ofício. Por esse motivo, Muricy e Ricardo Gomes sempre improvisaram outros jogadores na posição. A diretoria do São Paulo lutou muito e conseguiu repatriar o Cicinho. Porém, após alguns jogos sem brilho, o lateral foi para a reserva e Jean voltou a ser improvisado. Ora, Cicinho só terá ritmo de jogo disputando as partidas. No banco isso não acontecerá. E perder um jogador no meio de campo como o Jean para colocá-lo numa função que não é a dele, é muito prejudicial para o São Paulo.

Com o resultado, o São Paulo caiu para a quarta colocação e o Corinthians está na cola, em quinto, com um ponto a menos que o rival. Faltando duas rodadas para o final da primeira fase, ambos ainda tem chances reais de avançar às semifinais do Campeonato Paulista.

Anúncios

Read Full Post »