Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Paraná’

A Seleção Brasileira estreará hoje na Copa do Mundo de 2010. O primeiro adversário será a enigmática Coreia do Norte. Assim como acontece no país, as informações sobre a equipe asiática são escassas, já que o treinador fechou a maioria dos treinamentos na África do Sul.

Dessa forma, o MFC foi atrás de informações sobre a misteriosa seleção norte-coreana. O entrevistado do dia é o ex-jogador e atual treinador, Edu Marangon. Edu jogou futebol profissional por quase quinze anos, tendo passado por Portuguesa; Torino, da Itália; Nacional, do Uruguai; Porto, de Portugal; Santos; Palmeiras; Yokohama Flugels, do Japão; Inter de Limeira; Coritiba e Bragantino; além de ter jogado com a camisa da Seleção Brasileira.

Depois de pendurar as chuteiras, Edu Marangon se tornou treinador e já esteve à frente de equipes como Paraná, Juventus, Rio Claro, Atlético de Sorocaba e atualmente é o técnico do Sport Club Barueri.

Nesta entrevista, Edu Marangon relata como foi o amistoso entre Atlético Sorocaba e a Seleção da Coreia do Norte, ocorrido em novembro de 2009, quando ele era o comandante do clube interiorano. Também conta as características dos jogadores, o motivo de tanto mistério por parte dos asiáticos e também se a equipe de Dunga corre algum risco na partida. Confira a entrevista exclusiva ao MFC:

MFC: Edu, conte como foi o amistoso contra a seleção da Coreia do Norte?
Edu Marangon: O amistoso foi disputado no dia 05 de novembro de 2009, em Pyongyang, capital da Coreia do Norte. Primeiramente, o que mais impressionou foi a paixão do povo norte-coreano pelo futebol. O estádio estava lotado com 80 mil torcedores e mais de 20 mil pessoas ficaram do lado de fora, sem ingressos. No placar eletrônico, estava escrito ‘Brazil’ ao invés de Atlético Sorocaba. Eles trataram o jogo como um amistoso contra a seleção brasileira.

MFC: Quais as características da seleção norte-coreana?
EM: Falando do jogo em si, foi uma partida diferente. A equipe deles marca forte e tem uma saída de bola rápida no contra-ataque. Nossos jogadores sentiram um pouco, já que o gramado era sintético. O empate em 0 a 0 não traduziu o que foi o jogo, já que fomos superiores durante toda a partida e o goleiro deles fez defesas incríveis.

MFC: Como é o preparo físico dos jogadores norte-coreanos?
EM: Como eles não são altamente capacitados técnica e taticamente, o preparo físico deles é muito bom, típico dos jogadores asiáticos. Eu joguei por três anos no Japão (Yokohama Flugels) e senti isso na pele. Eles correm muito, são capazes de correr os 90 minutos e não se cansarem. O biótipo deles é diferente do nosso, eles têm uma condição muscular muito boa, o que faz com que as contusões sejam raras.

MFC: Quais os principais jogadores?
EM: O time deles não é bobo, mas também não tem grandes talentos. Eles têm um centroavante bom na bola aérea e forte fisicamente. Mas o principal jogador é o Rooney Asiático (Jong Tae-Se) mesmo, como a imprensa vem dizendo há alguns dias. Ele destoa do grupo, até por ser japonês de origem. É habilidoso, mescla velocidade e força e tem bom chute. Foi o único que me chamou a atenção.

MFC: Você que esteve lá por uma semana, me diga o porquê de tanto mistério?
EM: Bom, o país deles é completamente diferente dos outros. Não tem jeito. No futebol é normal um treinador fechar esse ou aquele treino para treinar uma jogada específica ou ensaiada, como fez o Dunga esses dias. Mas eles não estão fechando o treino para esconder o jogo, não. É assim mesmo que eles vivem lá. Isso ocorre pelo sistema político do país. Eles são privados de fazer muitas coisas. Para você ter ideia, tem até racionamento de água e energia na Coreia do Norte. É um país que ainda vive em regime ditatorial, então eles precisam seguir inúmeras regras, não podem desobedecer aos mandamentos do ditador (Kim Jong-il está no comando do país desde 1994).

MFC: Eles podem surpreender o Brasil no jogo de hoje?
EM: Teoricamente, não. Não creio nisso, pelo contrário, aposto que o Brasil vencerá facilmente o jogo pela qualidade dos nossos jogadores. Mas a seleção precisa ter atenção para não ser surpreendida. Creio que a zebra ocorrida na Copa de 1966 (quando a Coreia do Norte eliminou a Itália e só foi eliminada nas quartas de final contra a Seleção Portuguesa) não acontecerá de novo.

MFC: A Coreia do Norte tem alguma chance de se classificar no grupo G?
EM: Creio que não, até porque os outros três concorrentes são fortíssimos. Lembro que quando terminou o jogo contra eles, fui conversar com o treinador (Kim Jong-Hun) e perguntei como ele estava preparando a equipe para a Copa do Mundo. Na ocasião, ele disse que aguardaria o sorteio para definir, provando mais uma vez que as informações por lá são escassas, mesmo que naquela época eles nem imaginassem quem iriam enfrentar. Eles tiveram azar de cair num grupo com três escolas de futebol diferentes: sul-americana, europeia e africana. Ambas muito fortes e tradicionais. Creio que não conseguirão vencer nenhum jogo no Mundial.

Anúncios

Read Full Post »

As duas principais divisões do Campeonato Brasileiro tiveram seus últimos jogos antes da Copa do Mundo neste final de semana. Séries A e B tiveram sete rodadas e agora só terão os próximos jogos depois da decisão do mundial, dia 11 de julho.

Na série A, o Corinthians fez o que dele se esperava. Depois de ser eliminado da Copa Libertadores, principal objetivo da temporada, o Campeonato Brasileiro se tornou obrigação para o time do Parque São Jorge. Com cinco vitórias e dois empates, o Timão somou 17 pontos e ficará, pelo menos nos próximos 38 dias, na liderança da competição.

A grande surpresa do torneio até o momento vem do Nordeste. Recém-promovido à primeira divisão, o Ceará surpreendeu e fez a mesma campanha que o Corinthians, ficando na segunda posição apenas por ter um gol a menos de saldo. Mesmo que não consiga se manter entre os primeiros até dezembro, o Vovô tem grandes chances de fazer campanha intermediária e conquistar a vaga na Copa Sul-Americana no ano que vem, o que já será uma vitória.

Na terceira posição, outra surpresa. Muricy Ramalho chegou ao Fluminense num período ruim, foi eliminado da Copa do Brasil e as coisas pareciam rumar para o mesmo fim que 2009, quando o clube lutou até a última rodada para se manter na primeira divisão. Ledo engano. Em pouco tempo, o tricampeão brasileiro mudou a forma do time jogar, os atletas melhoraram o rendimento e a confiança fez com que o Tricolor terminasse essa primeira etapa do Brasileirão com quatro vitórias consecutivas e a terceira colocação assegurada. Até aqui foram cinco vitórias e duas derrotas.

O Santos, apontado como o principal favorito para o título, também não fez feio. Com três vitórias, três empates e somente uma derrota, o Peixe passará a Copa do Mundo na quarta colocação. Depois do mundial, o alvinegro disputará a decisão da Copa do Brasil contra o Vitória e ainda tentará o terceiro título nacional.

Atrás do Santos aparece outra surpresa do campeonato, o Guarani. Também vindo da segunda divisão neste ano, o Bugre figura na quinta colocação, com 12 pontos e com o atacante Roger, artilheiro do certame com seis gols. Depois de tantos anos penando nas divisões inferiores, o Guarani tem grandes chances de se firmar na série A e manter o mesmo ritmo no segundo semestre.

Outros postulantes ao título também fazem campanha razoável como são os casos de São Paulo (), Flamengo () e Cruzeiro (11º). O Palmeiras (10º), em meio a tantas crises e polêmicas, até que não faz má campanha.

Os destaques negativos ficam por conta do Internacional (16º) que somou apenas sete pontos em sete jogos e depois do mundial, além de ter de se preocupar com a semifinal da Libertadores contra o São Paulo, terá que melhorar bastante seu rendimento para figurar nas primeiras posições da tabela. Além dos gáuchos, os três Atléticos passarão a Copa do Mundo na zona de rebaixamento do Brasileirão.

O Atlético-PR (17º), que nas últimas temporadas vêm colecionando fracassos e campanhas pífias, parece que fará o mesmo papel em 2010. Já o Atlético-MG (18º), que tem no banco de reservas um treinador todo confiante e que prometeu conquistar o título nacional para os mineiros, vai descendo ladeira abaixo. O Galo somou apenas seis pontos em sete rodadas, com duas vitórias e cinco derrotas.  Lá embaixo, na lanterna do torneio, figura o Atlético-GO (20º), que fez boa campanha na Copa do Brasil, perdeu a força e só venceu um jogo até aqui. No meio das três equipes atleticanas, aparece o Vasco (19º), que retornou à série A neste ano e, se não tomar jeito, voltará para a divisão inferior do Brasileirão.

SÉRIE B

O ‘Brasileirinho’ fechou a 7ª rodada sem nenhuma surpresa. O Paraná é líder com 15 pontos (5V e 2D), seguido por América-MG, Coritiba e Náutico, ambos com campanhas semelhantes (14 pts, 4V, 2E e 1D), separados apenas pelo saldo de gols.

Outras equipes que sonham em voltar à séria A precisam melhorar. Figueirense (), Portuguesa (), Bahia (), São Caetano (), Sport (14º), Santo André (15º) e Ponte Preta (16º) ainda fazem campanha irregular e têm a chance de melhorar durante a pausa para a Copa do Mundo.

Na zona do rebaixamento, figuram equipes medianas como América-RN (17º), Ipatinga (18º), Duque de Caxias (19º) e Vila Nova-GO (20º). No quesito artilharia, Eduardo, do São Caetano,  segue na frente, isolado, com seis gols anotados.

Agora, resta aos torcedores se prepararem para o início da Copa do Mundo e voltarem todas as energias positivas para a Seleção Brasileira. Aqueles não-patriotas, estarão ligados em sua seleção preferida. O Brasileirão e o Brasileirinho dão uma pausa, mas o futebol continuará acontecendo com altas doses de emoção nos gramados da África do Sul.

E aí torcedor, o que você achou dessas sete rodadas iniciais do Brasileirão e do Brasileirinho? Será que os que figuram na parte de cima da tabela se manterão lá até o final? E quem está embaixo, tem chances de melhorar? Opine!

Read Full Post »

Toda a expectativa criada para a convocação da Seleção Brasileira acabou na tarde desta terça-feira. Sem as surpresas imaginadas, Dunga convocou os 23 atletas que defenderão o Brasil na Copa do Mundo de 2010.

Ronaldinho Gaúcho, Paulo Henrique Ganso e Neymar não foram chamados. Dunga não abriu mão de seus ‘amigos’ para atender aos pedidos do povo brasileiro. As únicas mudanças foram a troca do goleiro Victor por Gomes, do Tottenham, que já esteve no grupo do treinador em outras oportunidades. Outra novidade foi a convocação do atacante Grafite, do Wolfsburg, que ganhou a vaga de Adriano e disputará a primeira Copa do Mundo de sua carreira.

Mesmo em meio a tantas críticas e pela teimosia tradicional de Dunga, uma coisa deve ser ressaltada: a promessa de que o comprometimento seria o maior diferencial foi evidenciada na convocação de hoje. Quando o treinador chegou à Seleção Brasileira, ele disse várias vezes que as coisas não seriam iguais foram na Copa de 2006, quando houve muita bagunça, baladas, noitadas, falta de comprometimento e, principalmente, falta de futebol. Hoje, mais de três anos depois de assumir o Brasil, Dunga manteve sua palavra e reformulou toda a equipe.

Atletas como Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Adriano, que participaram efetivamente da bagunça de 2006, não foram lembrados e não terão a chance de disputar outro mundial. Nesse aspecto Dunga está certo e a aposta em jogadores comprometidos já é um sinal positivo. Mesmo achando que pelo menos Paulo Henrique Ganso pudesse ser convocado, a Seleção Brasileira é essa. Agora, o papel dos torcedores é confiar e torcer para que o hexacampeonato seja conquistado nos campos sul-africanos. Abaixo, veja um perfil sobre cada jogador brasileiro:

GOLEIROS

JÚLIO CÉSAR
Nome: Júlio César Soares Espíndola
Nascimento: 03/09/1979
Local: Duque de Caxias (RJ)
Clube: Internazionale (Itália)
Jogos pela Seleção: 46
Copas do Mundo: 2 (2006 e 2010)

——————————

DONI
Nome: Doniéber Alexander Marangon
Nascimento: 22/10/1979
Local: Jundiaí (SP)
Clube: Roma (Itália)
Jogos pela Seleção: 10
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

GOMES
Nome: Heurelho da Silva Gomes
Nascimento: 15/02/1981
Local: João Pinheiro (MG)
Clube: Tottenham Hotspur (Inglaterra)
Jogos pela Seleção: 9
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

LATERAIS

MAICON
Nome: Maicon Douglas de Sisenando
Nascimento: 26/07/1981
Local: Novo Hamburgo (RS)
Clube: Internazionale (Itália)
Jogos pela Seleção: 51
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

DANIEL ALVES
Nome: Daniel Alves da Silva
Nascimento: 06/05/1983
Local: Juazeiro (BA)
Clube: Barcelona (Espanha)
Jogos pela Seleção: 33
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

GILBERTO
Nome: Gilberto da Silva Melo
Nascimento: 25/04/1976
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Clube: Cruzeiro (Brasil)
Jogos pela Seleção: 33
Copas do Mundo: 2 (2006 e 2010)

——————————

MICHEL BASTOS
Nome: Michel Fernandes Bastos
Nascimento: 02/08/1983
Local: Pelotas (RS)
Clube: Lyon (França)
Jogos pela Seleção: 2
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

ZAGUEIROS

LÚCIO
Nome: Lucimar da Silva Ferreira
Nascimento: 08/05/1978
Local: Brasília (DF)
Clube: Internazionale (Itália)
Jogos pela Seleção: 90
Copas do Mundo: 3 (2002, 2006 e 2010)

——————————

JUAN
Nome: Juan Silveira dos Santos
Nascimento: 01/02/1979
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Clube: Roma (Itália)
Jogos pela Seleção: 74
Copas do Mundo: 2 (2006 e 2010)

——————————

LUISÃO
Nome: Anderson Luís da Silva
Nascimento: 13/02/1981
Local: Amparo (SP)
Clube: Benfica (Portugal)
Jogos pela Seleção: 37
Copas do Mundo: 2 (2006 e 2010)

——————————

THIAGO SILVA
Nome: Thiago Emiliano da Silva
Nascimento: 22/09/1984
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Clube: Milan (Itália)
Jogos pela Seleção: 6
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

VOLANTES

GILBERTO SILVA
Nome: Gilberto Aparecido da Silva
Nascimento: 07/10/1976
Local: Lagoa da Prata (MG)
Clube: Panathinaikos (Grécia)
Jogos pela Seleção: 90
Copas do Mundo: 3 (2002, 2006 e 2010)

——————————

FELIPE MELO
Nome: Felipe Melo de Carvalho
Nascimento: 26/06/1983
Local: Volta Redonda (RJ)
Clube: Juventus (Itália)
Jogos pela Seleção: 15
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

JOSUÉ
Nome: Josué Anunciado de Oliveira
Nascimento: 19/07/1979
Local: Vitória de Santo Antão (PE)
Clube: Wolfsburg (Alemanha)
Jogos pela Seleção: 26
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

RAMIRES
Nome: Ramires Santos do Nascimento
Nascimento: 24/03/1987
Local: Barra do Piraí (RJ)
Clube: Benfica (Portugal)
Jogos pela Seleção: 10
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

KLEBERSON
Nome: José Kleberson Pereira
Nascimento: 19/06/1979
Local: Uraí (PR)
Clube: Flamengo (Brasil)
Jogos pela Seleção: 33
Copas do Mundo: 2 (2002 e 2010)

——————————

MEIAS

KAKÁ
Nome: Ricardo Izecson dos Santos Leite
Nascimento: 22/04/1982
Local: Brasília (DF)
Clube: Real Madrid (Espanha)
Jogos pela Seleção: 73
Copas do Mundo: 3 (2002, 2006 e 2010)

——————————

ELANO
Nome: Elano Blumer
Nascimento: 14/06/1981
Local: Iracemápolis (SP)
Clube: Galatasaray (Turquia)
Jogos pela Seleção: 42
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

JULIO BAPTISTA
Nome: Julio César Baptista
Nascimento: 01/10/1981
Local: São Paulo (SP)
Clube: Roma (Itália)
Jogos pela Seleção: 43
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

ATACANTES

LUÍS FABIANO
Nome: Luís Fabiano Clemente
Nascimento: 08/11/1980
Local: Campinas (SP)
Clube: Sevilla (Espanha)
Jogos pela Seleção: 36
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

ROBINHO
Nome: Robson de Souza
Nascimento: 25/01/1984
Local: São Vicente (SP)
Clube: Santos (Brasil)
Jogos pela Seleção: 70
Copas do Mundo: 2 (2006 e 2010)

——————————

NILMAR
Nome: Nilmar Honorato da Silva
Nascimento: 14/07/1984
Local: Bandeirantes (PR)
Clube: Villareal (Espanha)
Jogos pela Seleção: 10
Copas do Mundo: 1 (2010)

——————————

GRAFITE
Nome: Edinaldo Batista Libânio
Nascimento: 02/04/1979
Local: Jundiaí (SP)
Clube: Wolfsburg (Alemanha)
Jogos pela Seleção: 2
Copas do Mundo: 1 (2010)

Read Full Post »

– Adriano Gabiru é um caso a parte na história do Internacional. Mesmo tendo feito o gol mais importante nos 100 anos colorados na final do Mundial de Clubes contra o Barcelona, em dezembro de 2006, o meia não era unanimidade entre a torcida e a diretoria do Inter. Após rodar em alguns clubes, Gabiru está de volta. E pasmem. O jogador é o principal reforço do Guarani para a disputa do Campeonato Brasileiro da série B, onde o Bugre já é líder com três vitórias em três jogos.

– O lateral esquerdo Leandro foi bem no Palmeiras no ano passado e mesmo assim, foi negociado com o Fluminense. Sem boas atuações nas Laranjeiras, o jogador está de clube novo. Depois de atuar entre 1999 e 2002 no Vitória, Leandro acertou seu retorno ao Barradão até o final do ano. O atleta foi apresentado nesta terça-feira e informou que ainda precisa de pelo menos quinze dias para ficar a disposição do técnico Paulo César Carpegiani.

– Depois da precoce eliminação na Taça Libertadores da América, o treinador Carlos Ischia foi demitido pela diretoria do Boca Juniors na tarde desta terça-feira. Em situação delicada, na 17ª posição no Campeonato Argentino, o provável substituto de Ischia no comando da equipe é o velho conhecido e vitorioso Carlos Bianchi.

– Por muito pouco o zagueiro Fabiano Eller não foi parar no São Paulo na semana passada. O atleta até deixou o treinamento a pedido do técnico Vagner Mancini para negociar com o Tricolor. Mas a negociação não evoluiu e Eller foi reintegrado ao elenco santista. A diretoria do Santos informou que está perto de renovar o contrato do jogador em mais um ano e meio. O zagueiro estará à disposição para o clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, na Vila Belmiro.

– O Brasiliense anunciou a contratação do atacante Abuda para a sequência da do Campeonato Brasileiro da série B. Com 23 anos, Abuda foi revelado pelo Corinthians e mesmo jovem, já atuou por diversas equipes como Wolfsburg-ALE, Vasco, Paraná, Avaí e por último no Marília.

– Aos 34 anos e com uma maravilhosa história no Lyon, da França, o meia Juninho Pernambucano anunciou hoje o fim de um romance que rendeu sete títulos nacionais, três Supercopas da França e uma Copa da França ao clube. Eternizado pela torcida, Juninho deixa o Lyon como maior ídolo do clube e agora será disputado por diversas equipes. Com a notícia, clubes brasileiros como Vasco e São Paulo já demonstraram publicamente a intenção de repatriar o atleta. Nas próximas semanas o futuro de Juninho deverá ser conhecido por todos.

– O atacante Ronaldo foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva na tarde desta terça-feira, por ter puxado o cabelo do botafoguense Fahel, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no último dia 17. Mesmo sem ter sido expulso pelo árbitro, o STJD usou o recurso da televisão e suspendeu o Fenômeno por um jogo, enquadrando-o no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por ato desleal. Ronaldo deverá cumprir a punição na próxima partida contra o Santos, no domingo. Como está lesionado, o atacante não jogaria mesmo e, portanto, não acarretará maiores danos ao técnico Mano Menezes.

– A torcida palmeirense está confiante em sua equipe. O Palestra Itália deve estar lotado na importante partida da próxima quinta-feira contra o Nacional-URU, pelas quartas-de-final da Taça Libertadores da América. A diretoria do Verdão anunciou que 20 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada e dessa forma, o torcedor que ainda não garantiu sua entrada deve correr.

Read Full Post »

CBF

A Copa do Brasil 2009 chega às semifinais e das quatro equipes que ainda disputam o título, duas já foram campeãs. O Corinthians venceu as edições de 1995 e 2002, o Internacional foi campeão em 1992 e Vasco e Coritiba correm atrás da primeira conquista nacional. Os jogos de ida das semifinais acontecem nesta semana e prometem agitar o Brasil inteiro, principalmente os quatro Estados envolvidos (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul). Veja uma breve análise e os meus palpites para os confrontos:

Vasco X Corinthians – Maracanã, quarta-feira (27/05), às 21h50
Cariocas e paulistas chegam pelo segundo ano consecutivo nesta fase da Copa do Brasil. Em 2008, o Vasco foi eliminado nos pênaltis pelo Sport e o Corinthians venceu o Botafogo, também nos pênaltis. Mais tarde, o Timão foi derrotado pelo Sport e perdeu o título. Neste ano, as situações estão invertidas. Assim como o Corinthians no ano passado, o Vasco chega forte às semifinais da competição nacional, mesmo estando na série B do Campeonato Brasileiro. Com um elenco entrosado e que conquistou o Campeonato Paulista de forma invicta, vejo o Corinthians como favorito nesse confronto. O que pesa para o Vasco é a juventude do time, que foi totalmente reformulado após a queda no Brasileirão. Vale lembrar que no primeiro dia de venda dos ingressos para a partida decisiva, a torcida vascaína fez sua parte. Dos 68 mil bilhetes colocados à venda, 32.630 já foram comercializados. A torcida corintiana terá 11 mil lugares no Maracanã. Palpite: Corinthians

Inter X Coritiba – Beira-Rio, quarta-feira (27/05), às 21h50
Tachado como favorito para conquistar todos os títulos em 2009, o Internacional terá mais uma pedreira para confirmar a previsão dos especialistas. Depois de sofrer para vencer o Flamengo na semana passada, o Colorado enfrentará o Coritiba, que passou pela Ponte Preta, em busca de um bom resultado em casa para seguir mais tranquilo para a partida de volta, que acontecerá na semana que vem em Curitiba. Os paranaenses já foram eliminados duas vezes nas semifinais da Copa do Brasil, em 1991 e 2001 e apostam em Marcelinho Paraíba para bater o Inter. Não será fácil para D’Alessandro, Nilmar, Taison e companhia. Palpite: Internacional

E para você torcedor, qual será a final da Copa do Brasil 2009? Opine!

Read Full Post »

ACRE: O Atlético Clube Juventus, de Rio Branco, conquistou o 14º título acreano na tarde desse domingo. Jogando contra o Náuas, o Juventus empatou o jogo no tempo normal por 1X1 e venceu nos pênaltis a decisão estadual, garantindo vaga no Campeonato Brasileiro da série D. Os gols foram marcados por Jéferson para o Náuas e Luís Rômulo para o Juventus.

BAHIA: Na semana passada, jogando no Estádio Pituaçu, casa do Bahia, o Vitória venceu por 2X1 e se aproximou do tricampeonato baiano. Hoje, atuando diante de sua torcida no Barradão, os rubro-negros saíram perdendo por dois a zero e depois empataram o jogo, confirmando o título. Os gols da partida foram marcados por Reinaldo Alagoano e Ávine (Bahia) e Neto Baiano e Ramon (Vitória). A equipe do técnico Paulo César Carpegiani chegou ao 25º título do Campeonato Baiano na história, sendo a oitava conquista da década (00, 02, 03, 04, 05, 07, 08 e 09). A única coisa a se lamentar foi a briga campal que aconteceu depois do término da partida e envolveu muitos atletas.

CEARÁ: O Fortaleza empatou com o Ceará por 1X1, no Castelão, e é tricampeão cearense. O gol do Ceará foi marcado por Arlindo Maracanã e Marcelo Nicácio empatou para o Fortaleza. Agora, o Tricolor tem 38 títulos estaduais, um atrás do rival Ceará.

DISTRITO FEDERAL: O Brasiliense conquistou o campeonato estadual após vencer o Brasília por 2X0. Esse é o sexto título da história do clube e também o hexacampeonato consecutivo. Os gols da partida foram marcados por Ailson e Edinho.

GOIÁS: Nos dois últimos campeonatos goianos, o Goiás perdeu o título na final. Hoje, atuando no Serra Dourada, em Goiânia, o time esmeraldino venceu o Atlético Goianiense por 2X0 e conquistou o 22º título estadual. Iarley e Felipe fizeram os gols da partida.

MINAS GERAIS: O título do Campeonato Mineiro de 2009 foi praticamente consolidado na primeira partida, quando o Cruzeiro goleou o Atlético por 5X0. Hoje, no Mineirão, as equipes empataram por 1X1 e o resultado garantiu o 35º título da equipe Celeste. Além disso, a equipe de Adilson Batista conquistou o Mineirão-09 de forma invicta pela décima vez, assim como em 1926, 1929, 1930, 1944, 1968, 1969, 1992, 1994 e 2003. Os gols da partida foram marcados por Fabiano para o Galo e por Kléber para o Cruzeiro.

PARAÍBA: O Sousa Esporte Clube é o campeão paraibano de 2009. Pela 2ª vez na história, o time do interior conquistou o título estadual, após vencer o Treze por 2X1, em Campina Grande. Os dois gols do Sousa foram marcados por Edmundo. Nonato fez o gol do Treze.

PARANÁ: O Atlético-PR dependia apenas de suas forças para conquistar o título estadual. Fez a lição de casa, venceu o Cianorte por 2X0, na Arena da Baixada, em Curitiba, e garantiu seu 22º título paranaense. Os gols da partida foram marcados por Wesley e Rafael Moura.

SANTA CATARINA: Na partida de ida, a Chapecoense venceu o Avaí por 3X1 e se aproximou do título catarinense. Mas hoje, atuando na Ressacada, em Florianópolis, a equipe do técnico Silas se superou e conquistou o 14º título estadual de sua história. O Leão da Ilha venceu o jogo por 3X1 no tempo normal e levou a partida para a prorrogação, fazendo mais três gols e garantindo o título depois de 12 anos. Os gols do jogo foram marcados por Rômulo para a Chapecoense e Evando, Leo Gago, Marquinhos (2), Lima e Fernandinho fizeram para o Avaí.

Read Full Post »

Bahia: Pela 26ª vez na história, o Campeonato Baiano tem na final o clássico Ba-Vi com os principais clubes do Estado. Na primeira partida da decisão, no Estádio Pituaçu, o Bahia perdeu para o Vitória por 2X1 dentro de casa e agora a equipe rubro-negra precisa apenas empatar o próximo jogo para conquistar o tricampeonato e seu 25º título estadual. Os gols da partida foram marcados por Ramón (2) para o Vitória e Reinaldo descontou para o Bahia.

 

Ceará: No clássico disputado no estádio Castelão, o Fortaleza se deu melhor e ganhou por 2X1 do Ceará, seu maior rival e maior campeão cearense com 39 títulos. O Tricolor de Aço marcou com Wanderley e Guto e o Ceará descontou com gol de pênalti de Arlindo Maracanã. Agora, o Fortaleza joga pelo empate na próxima partida para erguer o caneco pela 38ª vez na história e se tornar tricampeão cearense.

 

Goiás: Em jogo disputado no Serra Dourada, o Atlético Goianiense saiu na frente do rival Goiás na disputa do título estadual e venceu a partida por 2X1. Róbston e Jorge Henrique fizeram os gols do Atlético, enquanto Felipe em cobrança de pênalti diminui para o alviverde. Domingo que vem, no mesmo estádio, as equipes voltam a se enfrentar e o Atlético precisa apenas empatar para vencer o 11º título do Campeonato Goiano.

 

Paraná: O Atlético poderia garantir de forma antecipada o título estadual de 2009. Para isso, bastava vencer o rival Coritiba na Arena da Baixada. Mas o Coritiba, maior campeão paranaense de todos os tempos com 33 títulos, resolveu aprontar, mesmo na condição de visitante. Marcelinho Paraíba, Marcos Aurélio, Ariel e Marlos marcaram para o Coxa, enquanto Rafael Moura e Marcinho fizeram os gols dos donos da casa. Com a vitória, o Coritiba chegou aos 14 pontos no octogonal final da competição, mesmo número do Atlético. No próximo domingo, Coritiba e Atlético jogam dentro de seus domínios contra o Nacional e Cianorte, respectivamente. O título do Campeonato Paranaense 2009 ainda está em aberto.

 

Santa Catarina: A Chapecoense, jogando em casa no estádio Índio Condá, fez valer a vantagem do mando de campo e ganhou de 3X1 do Avaí, na primeira partida da final do Campeonato Catarinense 2009. Os donos da casa marcaram com Uendel, Fabinho e Badé. O Avaí descontou com Willian e no próximo domingo, jogando na Ressacada, terá que vencer por dois gols de diferença para conquistar seu 14º título estadual.

Read Full Post »

Older Posts »