Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Nelsinho Baptista’

Mancini, Bittencourt e Parreira: demitidos após a 10ª rodada

Ano a ano a rotineira mudança de treinadores no futebol brasileiro aumenta consideravelmente. No Campeonato Brasileiro de 2009, em apenas dez rodadas disputadas, nada menos do que oito clubes já trocaram seus comandantes. Destaque para o Náutico, que somente nesse período, já está com seu terceiro treinador diferente.

Atlético-PR (Waldemar Lemos no lugar de Geninho), Fluminense (Vinicius Eutrópio ‘interino’ no lugar de Carlos Alberto Parreira), Grêmio (Paulo Autuori no lugar do ‘interino’ Marcelo Rospide), Náutico (Márcio Bittencourt no lugar de Waldemar Lemos e Geninho no lugar de Márcio Bittencourt), Palmeiras (Jorginho ‘interino’ no lugar de Vanderlei Luxemburgo), São Paulo (Ricardo Gomes no lugar de Muricy Ramalho) e Sport (Leão no lugar de Nelsinho Baptista) são os times que deram início a dança dos técnicos no Brasileirão-09. Isso sem contar o Santos, que demitiu Vagner Mancini e ainda não definiu seu substituto. Vale ressaltar que desses oito clubes que mudaram a comissão técnica, somente o Palmeiras figura entre os quatro primeiros do campeonato. Alguma coincidência?

A 10ª rodada foi determinante para o aumento desses números. O Náutico foi goleado pelo Palmeiras em São Paulo e Márcio Bittencourt foi demitido. A diretoria do Timbu agiu rapidamente e confirmou  Geninho como o terceiro técnico do clube na competição. A goleada sofrida pelo Santos na Bahia custou o cargo de Vagner Mancini. As desavenças no grupo e sina de procurar o ‘cagueta’ dentro do clube contribuíram para a demissão. E o experiente Carlos Alberto Parreira foi o outro treinador demitido nessa rodada. A derrota para o Santo André no Rio de Janeiro, a horrível 18ª colocação e a pressão da torcida do Fluminense tornaram a situação insustentável.

O problema dessa constante troca de treinadores é maior do que os dirigentes imaginam. Assim como em todas as profissões, existem profissionais mais e menos capacitados. Mas como diz o ditado futebolístico: “Futebol é resultado”, e esse realmente é o pensamento da grande parte dos cartolas. A bomba sempre estoura nas mãos dos treinadores, mas os dirigentes se esquecem de avaliar um fator muito importante antes das demissões. Os elencos fracos que eles mesmos deram para os treinadores fazerem milagres. Não estou defendendo a categoria dos treinadores de futebol, mas isso fica cada vez mais implícito. E a mudança constante não soma nada na evolução de uma equipe, ao contrário do que os cartolas pensam.

Muricy Ramalho e Vanderlei Luxemburgo estão disponíveis no mercado e figuram como ‘a bola da vez’. Possivelmente ainda treinarão alguma equipe nesse Campeonato Brasileiro. Resta deixar as especulações de lado e saber qual será o paradeiro deles. Vagner Mancini corre por fora, mas é um nome que agrada a grande maioria dos dirigentes. Vamos esperar os próximos capítulos e, obviamente, as próximas demissões.

E você torcedor, o que pensa sobre o ritmo acelerado de demissões de treinadores no futebol brasileiro? É a melhor opção?  Ou só atrapalha o planejamento das equipes? Opine!

Read Full Post »

– O São Paulo está com sérios problemas no setor defensivo. Não que os jogadores estejam em má fase, mas o problema principal são as contusões. Rodrigo está fora por um bom tempo. Aislan se machucou e ainda segue em tratamento. Renato Silva e André Dias também estiveram no departamento médico nos últimos dias e acabaram de retornar. O único que não sofreu lesão foi Miranda. Porém, o zagueiro foi convocado para a Seleção Brasileira e desfalcará o Tricolor nos próximos 20 dias. A saída da diretoria são paulina foi contratar um novo zagueiro. O São Paulo confirmou na noite desta segunda-feira o acordo com Jean, que estava na Ponte Preta. Com 28 anos, o jogador se destacou no último Campeonato Paulista por ser acusado pela diretoria da Portuguesa de ter contribuído para a classificação do Santos na última rodada. A negociação rendeu R$70 mil aos cofres da Macaca.

– Mais uma vez o Corinthians esteve em pauta no STJD. Depois de Cristian, Dentinho e Ronaldo, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou e absolveu o clube nesta segunda-feira. O foco do julgamento foi a invasão de campo de um torcedor corintiano no jogo das quartas-de-final contra o Fluminense, no Maracanã. Caso fosse punido, o Timão poderia perder o mando de campo de um a dez jogos e teria que arcar com uma multa estipulada em até R$200 mil.

– Depois de perder Ramires para a seleção e possivelmente Wagner e Thiago Ribeiro, ambos contundidos, para o confronto do próximo dia 17 pela Taça Libertadores da América, o Cruzeiro conheceu mais um desfalque para a decisão. O experiente lateral esquerdo Athirson sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo e desfalcará a equipe Celeste por pelo menos 30 dias. Mais problemas para o técnico Adilson Batista.

– A Portuguesa também sofre com as lesões de seus atletas. O atacante Christian, um dos mais importantes jogadores do elenco, sofreu uma lesão no menisco medial do joelho direito no jogo contra o Bahia, válido pela série B do Campeonato Brasileiro e será operado amanhã em São Paulo. Mesmo não sendo uma lesão tão grave, o experiente jogador ficará fora por pelo menos um mês. A boa notícia é que o meia Edno, que passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, já começou a fisioterapia e possivelmente voltará ao time no final de junho.

– O Flamengo parece estar nadando em dinheiro. Depois de repatriar Adriano, contratar o velho Petkovic e demonstrar que pretende renovar o empréstimo de Ibson, a diretoria rubro-negra quer mais reforços. Hoje, o vice-presidente de futebol do clube, Kleber Leite, confirmou interesse nos meias Valdívia, do Al Ain, dos Emirados Árabes e Morais, atualmente jogador do Corinthians. Por enquanto não passa de especulação, mas de qualquer forma, caso esses negócios se confirmem, o Flamengo precisará desembolsar altos valores para contar com os atletas.

– Nelsinho Baptista deixou o Sport no último final de semana e abriu espaço para treinadores ‘desempregados’. Os nomes mais cotados para assumir o comando do Leão da Ilha são os polêmicos Renato Gaúcho e Emerson Leão. Possivelmente a definição aconteça já nesta terça-feira, já que representantes do Sport se reunirão com os dois técnicos na capital pernambucana.

– A onda de repatriar medalhões das equipes brasileiras pode ter mais um capítulo. O nome da vez é do veterano Denílson. Depois de ter uma passagem discreta pelo Palmeiras e jogar pelo Itumbiara-GO no primeiro semestre, o Botafogo pode ser o próximo destino do pentacampeão mundial. A informação foi confirmada pelo vice-presidente de futebol, André Silva, que corre atrás de reforços para o Glorioso.

– O Palmeiras continua atrás do lateral direito Figueroa, do Colo Colo. O jogador se destacou nos confrontos contra o Verdão na primeira fase da Libertadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo sugeriu a contratação, já que a equipe está carente nesta posição. Fabinho Capixaba não agrada o treinador e muito menos a torcida e está próximo de deixar o Palmeiras. O diretor de futebol do clube, Genaro Marino, confirmou que a vinda do chileno será definida até o final do mês.

Read Full Post »

'São Marcos'

A Ilha do Retiro ferveu e empurrou o Sport para cima do Palmeiras na noite dessa terça-feira. E realmente o caldeirão da ‘Bombonilha’ pressionou a jovem equipe alviverde, que tomou o gol no final do segundo tempo e a disputa foi para os pênaltis. Como diz o ditado, realmente ‘santo de casa faz milagre’. E ‘São Marcos’ fechou o gol e colocou o Palmeiras nas quartas-de-final da Taça Libertadores da América para enfrentar o Nacional-URU.

Após vencer a primeira partida no Palestra Itália por 1X0 na semana passada, o Palmeiras foi à Ilha do Retiro, no Recife, podendo jogar pelo empate para conquistar a vaga. Para os pernambucanos só a vitória interessava. A torcida rubro-negra lotou o caldeirão e apoiou o time o jogo todo.

E a equipe de Nelsinho Baptista veio com tudo para cima do Palmeiras. Aos nove minutos, ‘São Marcos’ fez o primeiro de vários milagres no jogo. O veterano Paulo Baier cabeceou e a queima-roupa, o camisa 12 fez uma brilhante defesa. Talvez essa tenha sido a defesa que deu chances ao Palmeiras na partida. Com enorme volume de jogo nos primeiros minutos, um gol daria muita força ao Sport e pressionaria a equipe de Vanderlei Luxemburgo.

O Palmeiras saiu para o ataque e percebeu que a tática de apenas se defender não seria boa. Mas nas poucas investidas alviverdes, o goleiro Magrão se mostrava muito seguro e interceptava todas. Aos 31 minutos, o segundo milagre de Marcos. O volante Sandro Goiano deu um ótimo lançamento para Paulo Baier dentro da área. O veterano girou e emendou para o gol, mas o goleiro palmeirense defendeu com a perna.

O Sport foi pro tudo ou nada no segundo tempo. Lutou, pressionou e encurralou o Palmeiras. Quando a torcida rubro-negra pouco acreditava na vitória, um lance fez a Ilha explodir. Aos 37 minutos, o meia Luciano Henrique fez ótima jogada individual e chutou cruzado para o meio da área. O atacante Wilson teve apenas o trabalho de escorar para as redes. 1X0 no placar e os dois times exaustos após um jogo muito disputado. Mas o Sport ainda teve fôlego de buscar o segundo gol que daria a classificação direta. O jovem Ciro chutou muito forte de fora da área, ‘São Marcos’ desviou a bola, que caprichosamente bateu na trave e levou o jogo para a disputa de pênaltis.

Assim como nas históricas disputas de penalidades em 1999 e 2000, era a hora de ‘São Marcos’ aparecer novamente. Ele, que é declaradamente um grande torcedor palmeirense e um dos maiores ídolos da história do clube, sempre costuma aparecer quando mais precisa. E o camisa 12 foi mais uma vez decisivo. Dos quatro pênaltis cobrados pelos jogadores do Sport, ‘São Marcos’ defendeu três (Luciano Henrique, Fumagali e Dutra) e calou a Ilha do Retiro.

Foi um ótimo confronto, bem jogado e muito disputado. Os dois times tinham totais condições de continuar na briga pelo título. Como apenas um pode passar, os milagres divinos que só santos podem fazer, quiseram que a equipe de ‘São Marcos’ fosse a escolhida. Ao Sport, os parabéns pela maravilhosa campanha na Libertadores e a esperança de futuras chances na competição. O Palmeiras segue em busca do bicampeonato e agora enfrentará o Nacional-URU, nas próximas duas semanas. A primeira partida será no Palestra Itália e a segunda no Estádio Centenário, em Montevidéu.

Read Full Post »

Diego Souza

A equipe alviverde poderia se qualificar como forte candidata a uma das duas vagas do grupo 1. Bastava vencer o Sport no Palestra Itália e chegar aos seis pontos, ultrapassando até mesmo a equipe pernambucana e colando no líder Colo Colo. A torcida apoiou e esteve ao lado do time durante toda a partida, mas o resultado final de 1X1 foi decepcionante para o Palmeiras.

 

O jogo começou com pressão total do Palmeiras e o Sport, como era de se esperar, jogava recuado buscando os contra-ataques. Vanderlei Luxemburgo colocou Lenny no lugar do contundido Willians para atuar no ataque ao lado de Keirrison. Após um cruzamento de Armero pelo lado esquerdo, o zagueiro César do Sport tocou a barriga na bola e o árbitro uruguaio que estava longe do lance, apontou a marca da cal sinalizando o toque de mão. O time pernambucano reclamou muito, mas de nada adiantou e Keirrison, que nada tinha haver com isso, cobrou a penalidade e abriu o placar para o Palmeiras.

 

A partida continuava muito disputada e com muitas faltas para os dois lados, mas a equipe alviverde tinha o total domínio da bola e pressionava em busca do segundo gol. Porém, aos 45 minutos do primeiro tempo, após um lançamento para a área, a defesa palmeirense não conseguiu afastar a bola e o atacante Wilson completou para as redes, empatando a partida. Na comemoração, o jogador ergueu a camisa e tomou seu segundo cartão amarelo na partida, sendo expulso pelo juiz. 

 

Parecia um bom sinal para o Palmeiras, que jogaria a segunda etapa inteira com um homem a mais. Mas Nelsinho Baptista, técnico do Sport, montou um ‘ferrolho’ para garantir o ponto fora de casa e deu certo. O segundo tempo só foi jogado no campo do Leão, em um clássico jogo de ataque contra defesa. Destaque para o goleiro Magrão, que fez pelo menos três defesas importantes e garantiu o empate para os pernambucanos.

 

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 4 pontos e está na terceira colocação do grupo. O Sport está com 7 pontos e é o vice-líder. Na próxima rodada, as duas equipes atuarão dentro de casa. Na terça-feira o Palmeiras recebe a LDU, enquanto um dia depois, na Ilha do Retiro, o Sport joga contra o líder Colo Colo.

 

Em caso de derrota ou empate no próximo duelo, a equipe alviverde estará eliminada da Libertadores. O Sport continua tranquilo e precisa de mais três pontos para garantir matematicamente a classificação para as oitavas-de-final.

Read Full Post »

Keirrison

O tão esperado confronto entre Sport X Palmeiras, na Ilha do Retiro, aconteceu na noite dessa quarta-feira. A equipe alviverde se preparou durante todo o mês para a partida, que valia sua sobrevivência na Taça Libertadores da América 2009.

 

A pressão dos dirigentes, da imprensa e da torcida do Leão, mexeram com o brio do time paulista, que não se intimidou e tirou a invencibilidade da equipe pernambucana na temporada, vencendo por 2X0. Com gols de Maurício Ramos (o juiz validou o gol para o atacante Keirrison, que tocou na bola depois da linha) e Diego Souza, a equipe de Vanderlei Luxemburgo chegou aos 3 pontos e encostou na LDU, mantendo as chances de classificação.

 

Mesmo com a derrota, o time do técnico Nelsinho Baptista manteve a segunda colocação na chave com seis pontos, empatado com o chileno Colo Colo. Na próxima rodada da Libertadores, o duelo se repetirá no Palestra Itália, dia 15.

Read Full Post »