Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Juninho’

Os campeonatos estaduais estão pegando fogo. As decisões em grande parte do país começaram neste final de semana e terminarão no próximo domingo. Santos (leia a análise do jogo no próximo post), Grêmio, Atlético-MG, Atlético-GO, Avaí, Vitória e Fortaleza saíram na frente nas disputas regionais. Porém, o único vencedor concreto foi o ABC de Natal, que conquistou o título potiguar.

No Campeonato Gaúcho, o Grêmio encarou o estádio Beira-Rio com 40 mil torcedores e não tomou conhecimento do rival Internacional. Com uma vitória por 2 a 0, o Tricolor deu um enorme passo para mais um título gaúcho e também para quebrar uma sequência de dois títulos do Colorado nos últimos anos. Os gols da partida foram anotados por ex-são paulinos. O zagueiro Rodrigo marcou de cabeça aos 22 minutos e, vinte minutos mais tarde, foi a vez de Borges testar para o fundo da rede. O jogo de volta da decisão do Gauchão-10 acontece no próximo domingo no estádio Olímpico. O Grêmio pode conquistar seu 36º título estadual.

Nas Minas Gerais o Atlético-MG está muito próximo do troféu do Campeonato Mineiro de 2010. Jogando fora de casa, em Ipatinga, contra o rival local, o Galo saiu perdendo e conseguiu virar o jogo para 3 a 2, vitória essa que aumentou a vantagem já existente. Na próxima semana, no Mineirão, a equipe pode perder por até um gol de diferença que ainda assim levantará o 40º título mineiro. O Ipatinga marcou com Joabe e Luizinho. O Atlético-MG virou através dos gols de Diego Tardelli e Muriqui (2 vezes).

Pelo Campeonato Goiano, o Atlético-GO praticamente encerrou a competição no primeiro jogo da série decisiva. A equipe comandada por Geninho não tomou conhecimento do Santa Helena e aplicou uma goleada de 4 a 0, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os gols marcados por Juninho, Evandro (gol contra), Elias e Marcão colocam o time a um passo de seu 11º título goiano. A partida de volta está marcada para o próximo domingo no estádio Pedro Romualdo Cabral, casa do Santa Helena.

O Avaí está com uma mão e meia no troféu do Campeonato Catarinense. Jogando fora de casa contra o Joinville, o Leão venceu por 3 a 1 e poderá perder por até dois gols de diferença o jogo de volta, na Ressacada, que ainda assim conquistará o 15º título estadual de sua história. Os gols da partida foram marcados por Davi, Rudnei e Roberto (para o Avaí) e Ricardinho descontou para o Joinville.

Na Bahia de todos os santos, o Vitória saiu na frente do rival Bahia em busca do título do Campeonato Baiano de 2010. Jogando fora de casa, no Estádio Pituaçu, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0 (gol de Júnior) e se aproximou do tetracampeonato baiano. No jogo da volta, no Barradão, o Vitória pode perder por até um gol de diferença para comemorar o título.

Ainda no Nordeste brasileiro,  o Fortalelza venceu o Ceará por 1 a 0 no jogo de ida da decisão do Campeonato Cearense de 2010 e jogará a segunda partida com a vantagem de poder empatar para conquistar o título. Com um regulamento um pouco diferente do que o usual, a competição estadual não dá vantagem para gols marcados, portanto, se o Ceará vencer o jogo por qualquer placar na volta, a decisão irá para os pênaltis. O gol do Fortaleza foi marcado por Paulo Isidoro.

A única torcida do Brasil que comemorou uma conquista neste domingo foi a do ABC de Natal. Mesmo perdendo o jogo por 2 a 1 para o Corinthians-RN, o ABC sagrou-se campeão potiguar por ter vencido o primeiro confronto por 5 a 1. O time do Rio Grande do Norte é o maior vencedor de competições estaduais do Brasil, agora com 51 conquistas.

Anúncios

Read Full Post »

– Adriano Gabiru é um caso a parte na história do Internacional. Mesmo tendo feito o gol mais importante nos 100 anos colorados na final do Mundial de Clubes contra o Barcelona, em dezembro de 2006, o meia não era unanimidade entre a torcida e a diretoria do Inter. Após rodar em alguns clubes, Gabiru está de volta. E pasmem. O jogador é o principal reforço do Guarani para a disputa do Campeonato Brasileiro da série B, onde o Bugre já é líder com três vitórias em três jogos.

– O lateral esquerdo Leandro foi bem no Palmeiras no ano passado e mesmo assim, foi negociado com o Fluminense. Sem boas atuações nas Laranjeiras, o jogador está de clube novo. Depois de atuar entre 1999 e 2002 no Vitória, Leandro acertou seu retorno ao Barradão até o final do ano. O atleta foi apresentado nesta terça-feira e informou que ainda precisa de pelo menos quinze dias para ficar a disposição do técnico Paulo César Carpegiani.

– Depois da precoce eliminação na Taça Libertadores da América, o treinador Carlos Ischia foi demitido pela diretoria do Boca Juniors na tarde desta terça-feira. Em situação delicada, na 17ª posição no Campeonato Argentino, o provável substituto de Ischia no comando da equipe é o velho conhecido e vitorioso Carlos Bianchi.

– Por muito pouco o zagueiro Fabiano Eller não foi parar no São Paulo na semana passada. O atleta até deixou o treinamento a pedido do técnico Vagner Mancini para negociar com o Tricolor. Mas a negociação não evoluiu e Eller foi reintegrado ao elenco santista. A diretoria do Santos informou que está perto de renovar o contrato do jogador em mais um ano e meio. O zagueiro estará à disposição para o clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, na Vila Belmiro.

– O Brasiliense anunciou a contratação do atacante Abuda para a sequência da do Campeonato Brasileiro da série B. Com 23 anos, Abuda foi revelado pelo Corinthians e mesmo jovem, já atuou por diversas equipes como Wolfsburg-ALE, Vasco, Paraná, Avaí e por último no Marília.

– Aos 34 anos e com uma maravilhosa história no Lyon, da França, o meia Juninho Pernambucano anunciou hoje o fim de um romance que rendeu sete títulos nacionais, três Supercopas da França e uma Copa da França ao clube. Eternizado pela torcida, Juninho deixa o Lyon como maior ídolo do clube e agora será disputado por diversas equipes. Com a notícia, clubes brasileiros como Vasco e São Paulo já demonstraram publicamente a intenção de repatriar o atleta. Nas próximas semanas o futuro de Juninho deverá ser conhecido por todos.

– O atacante Ronaldo foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva na tarde desta terça-feira, por ter puxado o cabelo do botafoguense Fahel, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no último dia 17. Mesmo sem ter sido expulso pelo árbitro, o STJD usou o recurso da televisão e suspendeu o Fenômeno por um jogo, enquadrando-o no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por ato desleal. Ronaldo deverá cumprir a punição na próxima partida contra o Santos, no domingo. Como está lesionado, o atacante não jogaria mesmo e, portanto, não acarretará maiores danos ao técnico Mano Menezes.

– A torcida palmeirense está confiante em sua equipe. O Palestra Itália deve estar lotado na importante partida da próxima quinta-feira contra o Nacional-URU, pelas quartas-de-final da Taça Libertadores da América. A diretoria do Verdão anunciou que 20 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada e dessa forma, o torcedor que ainda não garantiu sua entrada deve correr.

Read Full Post »

Clube de Regatas do Flamengo: Campeão Carioca 2009

O torcedor rubro-negro é acostumado a decisões e títulos. É ainda mais acostumado aos títulos estaduais. Hoje, pela 31ª vez na história, o Flamengo conquistou o Campeonato Carioca e agora, é o maior campeão do Rio de Janeiro, superando o Fluminense, que tem 30 conquistas.

Assim como nos dois últimos anos, o Flamengo encontrou o rival Botafogo na decisão do estadual. E assim como em 2007 e 2008, o time da Gávea levou a melhor e se tornou tricampeão carioca. Com o Maracanã lotado (84.027 torcedores), os rubro-negros saíram na frente do Glorioso. Kléberson fez dois gols, um aos 19 e outro aos 38 minutos do primeiro tempo.

Parecia que o Botafogo estava entregue. Mas o lateral esquerdo Juan tocou a mão na bola dentro da área e o árbitro Péricles Cortez marcou o pênalti. O ‘pantera’ Victor Simões, revelado na Gávea, cobrou bem o pênalti, mas o goleiro Bruno fez grande defesa, enlouquecendo a maioria dos torcedores no Maracanã. Seria o fim da decisão e a confirmação do título rubro-negro? Não, ainda não.

O Botafogo ressurgiu das cinzas e em dois minutos mudou a partida. O zagueiro Juninho cobrou falta aos 16 minutos da etapa complementar e diminuiu o marcador. Na sequência, o botafoguense Túlio Souza empatou o jogo. Parecia que os ‘deuses do futebol’ não deixariam o Botafogo ser vice pela terceira vez seguida e passariam esse desprazer ao técnico Cuca, agora no Flamengo, mas vice com o Glorioso nos últimos dois estaduais.

Como a primeira partida terminou empatada por 2X2, o resultado de hoje levou a decisão à disputa de pênaltis. O clima de agonia tomou conta das duas torcidas. Os flamenguistas imaginavam como seria perder a chance de pela quinta vez na história conquistar o tricampeonato carioca com um jogo praticamente ganho. Os botafoguenses, ainda extasiados pela rápida recuperação, não queriam nem pensar em serem derrotados nos pênaltis de novo, assim como em 2007. Mas foi isso que aconteceu.

Como em 2007, o goleiro Bruno foi decisivo, defendeu as cobranças de Juninho e Leandro Guerreiro e garantiu o título para o Flamengo. A disputa terminou 4X2. Kléberson, Juan, Airton e Leonardo Moura fizeram para o time da Gávea. Léo Silva e Gabriel descontaram para a equipe de General Severiano.

O Flamengo manteve sua hegemonia no cenário estadual e com o título de hoje, confirmou a sexta conquista na década (00, 01, 04, 07, 08 e 09). Parabéns ao Mengão e à maior torcida do Brasil, que está festejando muito a conquista por todo o país.

Read Full Post »

Willians

 

O Maracanã foi palco na tarde de hoje de mais uma final do Campeonato Carioca. O confronto entre Botafogo X Flamengo em uma decisão se repetiu pela terceira vez consecutiva.

 

A partida terminou empatada em 2X2, resultado normal para qualquer decisão, mas os botafoguenses saíram de campo com um sabor de derrota. O Flamengo abriu o placar aos 19 minutos do primeiro tempo com o lateral Juan cobrando pênalti. O Botafogo, que em 2007 e 2008 foi derrotado na decisão pelo rival, virou o jogo ainda antes do intervalo.

 

O Botafogo empatou o jogo aos 37 minutos. Maicosuel, melhor jogador alvinegro na temporada, sofreu falta na entrada da área. O zagueiro Juninho cobrou forte e rasteiro e igualou o marcador. A virada não demorou. Aos 43, Maicosuel cobrou falta para a área e Reinaldo fez o segundo de cabeça.

 

A segunda etapa reservou acontecimentos ruins aos alvinegros. Reinaldo e Maicosuel se machucaram e foram substituídos. Com as duas baixas, o Botafogo perdeu suas referências em campo e abalado, cedeu o empate ao rival aos 39 minutos do segundo tempo. O volante Willians avançou pela direita e cruzou a bola despretensiosamente para a área. O azarado zagueiro alvinegro Emerson desviou a bola, que morreu no fundo das redes de Renan. No último domingo, Emerson também foi decisivo na final da Taça Rio contra o mesmo Flamengo, fazendo um gol contra que deu a vitória aos rivais.

 

No próximo dia 3 de maio, as duas equipes fazem a partida decisiva do Carioca-09. Em caso de novo empate, a decisão irá para os pênaltis. Quem vencer leva o título estadual.

Read Full Post »