Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘José Mourinho’

Antigamente, a profissão de técnico de futebol não era nada valorizada. Enquanto uma pequena parte dos jogadores ganhava bons salários, os treinadores eram personagens secundários em suas equipes ou seleções. Dos anos 90 para cá, muita coisa mudou. Além dos já conhecidos salários exorbitantes recebidos pelos jogadores, os técnicos também passaram a ser mais valorizados. O salário aumentou, a procura pelo cargo também, além da responsabilidade, obviamente.

Enquanto uns gostam de ser tratados como ‘manager’, casos esses de Vanderlei Luxemburgo e José Mourinho, outros preferem a alcunha de operários, como o atual treinador do Fluminense, Muricy Ramalho. Independente da qualidade de cada um, os treinadores sofrem. Quando ganham um título no comando de determinada equipe, são ofuscados pelos jogadores decisivos. Se perderem um jogo ou uma competição, logo têm sua qualidade colocada à prova, são chamados de ‘burro’ e, muitas vezes, perdem seus empregos por fracassos de seus comandados no gramado.

Na Copa do Mundo, a história é a mesma. Eles são contestados antes mesmo de o torneio começar. Primeiro por não levar esse ou aquele jogador. Depois, se não conseguirem os resultados esperados pelos dirigentes, patrocinadores e, principalmente, pela torcida, também são crucificados. A pressão sobre o pobre homem que fica se esgoelando na lateral do campo é absurda. Não basta ser um bom entendedor de futebol para ser técnico, é preciso suportar pressão de todos os lados. Jogadores que não toleram a reserva, outros que não conseguem desenvolver o mesmo papel sempre, além é claro da cornetagem da imprensa e da torcida.

Um número que evidencia bem essa afirmação vem da própria Copa do Mundo. Enquanto Uruguai, Holanda, Alemanha e Espanha ainda correm atrás do título, das outras 28 seleções que já foram eliminadas do torneio: 13 técnicos já foram demitidos, oito têm situação indefinida e, apenas sete devem continuar no cargo (veja abaixo a lista com a situação de cada treinador/seleção). Assim sendo, realmente é possível afirmar que ser técnico de futebol não é uma tarefa das fáceis, mesmo ganhando fortunas em alguns casos.

E você leitor, o que pensa sobre o assunto? Aliás, vale a pena ganhar tanto dinheiro e não ser reconhecido quase nunca? Opine!

TREINADORES DEMITIDOS
– Carlos Alberto Parreira (África do Sul)
– Javier Aguirre (México)
– Raymond Domenech (França)
– Huh Jung-Moo (Coreia do Sul)
– Otto Rehhagel (Grécia)
– Rabah Saadane (Argélia)
– Pim Verbeek (Austrália)
– Takeshi Okada (Japão)
– Paul Le Guen (Camarões)
– Marcello Lippi (Itália)
– Gerardo Martino (Paraguai)
– Dunga (Brasil)
– Sven-Göran Eriksson (Costa do Marfim)

TREINADORES COM SITUAÇÃO INDEFINIDA
– Lars Lagerbäck (Nigéria)
– Diego Maradona (Argentina)
– Bob Bradley (Estados Unidos)
– Milovan Rajevac (Gana)
– Ricki Herbert (Nova Zelândia)
– VladimíRr Weiss (Eslováquia)
– Marcelo Bielsa (Chile)
– Reinaldo Rueda (Honduras)

TREINADORES QUE CONTINUARÃO NO CARGO
– Fabio Capello (Inglaterra)
– Matjaz Kek (Eslovênia)
– Radomir Antic (Sérvia)
– Morten Olsen (Dinamarca)
– Kim Jong Hun (Coreia do Norte)
– Carlos Queiroz (Portugal)
– Ottmar Hitzfeld (Suíça)

Anúncios

Read Full Post »

A espera por um título europeu foi longa. O fanático torcedor da Internazionale de Milão precisou esperar por 45 anos para comemorar novamente a conquista do tão cobiçado troféu da Champions League. Depois de muitas eliminações decepcionantes, o título veio de forma incontestável. Jogando no estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, a equipe italiana venceu o Bayern de Munique por 2 a 0 com dois gols do argentino Diego Milito.

A equipe italiana, atual pentacampeã italiana e campeã da Copa da Itália, conquistou a tríplice coroa com uma campanha perfeita, deixando pelo caminho dois dos principais candidatos ao título: Chelsea e Barcelona. Na decisão, o brilho do futebol argentino e brasileiro foi evidenciado mais uma vez. Júlio César fez boas defesas no jogo, Maicon, Lúcio e Samuel pararam as investidas de Robben, Müller e Olic. E na frente, o atacante Diego Milito brilhou novamente. A grande equipe foi comandada pelo técnico José Mourinho, que conquistou seu bicampeonato na competição europeia, já que havia vencido o torneio em 2004 quando treinava o Porto. O treinador português deixará o comando da Internazionale e partirá para o desafio de treinar o galático Real Madrid na próxima temporada.

O título conquistado em gramado espanhol foi o terceiro da Internazionale na história da Champions League. Os outros aconteceram em 1964 e 1965, contra Real Madrid e Benfica, respectivamente. Mesmo causando uma grande comoção em boa parte da Itália, o elenco campeão pode ser considerado um time do mundo, já que o único italiano que participou da partida foi o zagueiro Marco Materazzi, entrando somente no final da segunda etapa no lugar do ovacionado Milito. Os ‘italianos’ da Internazionale mereceram a conquista e merecem os parabéns pela grande temporada realizada.

Abaixo, veja os gols que deram o título aos italianos:

Read Full Post »