Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Fábio Cannavaro’

Holanda 2 X 0 Dinamarca

O primeiro jogo desta segunda-feira não foi tão bom quanto se imaginava. A Holanda, que mais uma vez chega a uma Copa do Mundo como favorita, não jogou com força máxima, já que sua principal estrela, o meia Arjen Robben, continua se tratando de uma lesão. Os dinamarqueses, por sua vez, forjaram a contusão do atacante Bendtner e anunciaram a semana inteira que o jogador do Arsenal não teria condições de jogo. Quando as equipes entraram em campo, lá estava ele, titularíssimo. Mas nem isso conseguiu ajudar a Dinamarca, que não apresentou muitas qualidades e perdeu para uma Holanda pouco inspirada por 2 a 0.

A partida foi morna na primeira etapa. Os volantes dinamarqueses paravam o jogo a todo instante com faltas, deixando o confronto truncado e desinteressante. Os holandeses pareciam jogar em marcha lenta, sem o ânimo apresentado no último amistoso de preparação para a Copa do Mundo, quando a equipe do técnico Bert van Marwijk atropelou a Hungria com uma goleada por 6 a 1. Sneijder tentava decidir sozinho e em alguns lances, ao invés de levantar a bola na área, preferia chutar direto para a meta, isolando todas as cobranças. A Dinamarca teve apenas um lance perigoso, num cruzamento de Rommendahl, que Bendtner cabeceou para fora.

A segunda etapa começou quente. No primeiro minuto, Van Persie cruzou, a zaga dinamarquesa se atrapalhou toda e os desvios de Simon Poulsen e do zagueiro Agger deram o primeiro gol para a ‘Laranja’. O jogo continuou devagar após o tento. A Holanda parecia estar satisfeita com a vitória magra e a Dinamarca demonstrava fraqueza para buscar o empate. Mesmo assim, os holandeses levavam mais perigo, tanto que aos 40 minutos, Sneijder lançou para Elia (que entrou bem no jogo) e o jovem talento holandês tocou na saída do goleiro. A bola tocou na trave e o atacante Kuyt pegou o rebote para fazer o segundo.

A vitória por dois gols de diferença foi um bom resultado para um início de Copa do Mundo, mas a Holanda ficou devendo futebol. A Dinamarca pode até se classificar para as oitavas de final, mas se isso acontecer, será mais pela fraqueza dos adversários do que por méritos próprios. Tem tudo para ser coadjuvante no Mundial.

Japão 1 X 0 Camarões

Mais um jogo tecnicamente fraco neste Mundial. Japoneses e camaroneses se preocuparam mais em se defender e se esqueceram de atacar. Com número bem menor de passes errados, o Japão conseguiu a vitória por 1 a 0 e aumentou as esperanças de chegar à próxima fase.

Um dado pode traduzir melhor o que foi esta partida. Até aqui, foi o jogo mais faltoso da Copa do Mundo, com 49 intervenções. A bola rolava um pouco e alguém sofria falta. Rolava mais um pouco e outro jogador era parado com uma infração. A Seleção Camaronesa demonstrou desentendimento e falta de aplicação tática dentro de campo. Os passes errados, a falta de jogadas ensaiadas e a lentidão prejudicaram os africanos. Os asiáticos foram pragmáticos e não tomaram muitos sustos na defesa. O nipo-brasileiro Marcus Túlio Tanaka fez uma boa partida e parou o ataque camaronês em 16 oportunidades.

Já que faltava qualidade, o gol só sairia em algum erro individual e isso aconteceu aos 39 minutos da primeira etapa. Matsui cruzou a bola na área, a zaga africana falhou feio e Honda recebeu sozinho, dominou e chutou na saída do goleiro. Um balde de água fria nas pretensões de Camarões, que sonhavam em melhorar a campanha obtida na Copa do Mundo de 1986, quando surpreenderam o mundo e chegaram às quartas de final do torneio.

A segunda etapa teve poucas mudanças. Samuel Eto’o, a maior esperança de Camarões, enfim, conseguiu fazer sua primeira jogada aos 4 minutos, quando driblou três defensores japoneses pela direita e rolou a bola para Moting, que chutou rente ao travessão. Foi a chance mais aguda da equipe e também o único momento brilhante de Eto’o no jogo. Outro lance perigoso aconteceu no final, quando M’bia arriscou de longe e a bola explodiu na trave do goleiro Kawashima.

A próxima rodada do grupo E acontece no sábado (19/06). A líder Holanda enfrenta o empolgado Japão em Durban, enquanto Dinamarca e Camarões se enfrentam em Pretória. Quem perder deste confronto já estará eliminado do Mundial.

Itália 1 X 1 Paraguai

O confronto entre as duas forças do grupo F foi bastante movimentado como era de se esperar. Os atuais campeões mundiais perderam qualidade de 2006 para cá, com jogadores envelhecidos e um ataque ineficaz. Para as pretensões italianas, o empate por 1 a 1 com o Paraguai não foi o ideal, mas os sul-americanos ficaram satisfeitos com o resultado.

A Itália dominou a partida, pressionou o Paraguai e criou inúmeras chances de gol. Mas os paraguaios não foram presa fácil. Souberam se defender bem, com a garra típica do futebol sul-americano e ainda conseguiram surpreender na única chance real que tiveram. Aos 38 minutos, Torres jogou a bola na área e o zagueiro Alcaraz fez o gol de cabeça, nas costas de Fábio Cannavaro. Os paraguaios comemoram muito, afinal, o atual elenco é apontado pela imprensa do país como a melhor seleção da história guarani.

Azzurra voltou do intervalo com a obrigação de ser mais contundente no ataque e buscar o empate. O objetivo europeu por pouco não foi por água abaixo, quando logo no início da segunda etapa o meia Cáceres chutou de primeira e a bola passou perto do ângulo, se perdendo pela linha de fundo. Depois disso, só deu Itália. A pressão surtiu efeito aos 17 minutos, quando Pepe cobrou escanteio e De Rossi, livre, só teve o trabalho de empurrar a bola para a rede. O empate animou os italianos e fez com que os paraguaios recuassem ainda mais. As tentativas foram frustradas e o empate foi justo. A Itália teve mais posse de bola e dominou grande parte do jogo, mas o Paraguai conseguiu se defender bem, mostrando mais uma vez que a zaga é um setor  tradicionalmente forte da seleção.

Domingo (20/06) as equipes retornam ao campo para disputarem a segunda rodada do grupo. O Paraguai encara a Eslováquia em Bloemfontein, às 8h30 e os italianos enfrentarão a Nova Zelândia em Nelspruit, às 11h.

Read Full Post »

PAÍS: Itália
NOME DA CONFEDERAÇÃO: Federazione Italiana Giuoco Calcio
ANO DE FUNDAÇÃO: 1898
APELIDO: Azzurri
PARTICIPAÇÕES EM COPAS DO MUNDO:
16 (1934, 1938, 1950, 1954, 1962, 1966, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002 e 2006)
RESULTADOS: A Seleção Italiana é a segunda maior vencedora da história das Copas do Mundo com quatro títulos mundiais (1934, 1938, 1982 e 2006). Além disso, os italianos foram vice-campeões em 1970 e 1994, nas duas vezes perdendo a decisão para o Brasil. Também chegaram às semifinais em 1978 e 1990.
COMO SE CLASSIFICOU PARA 2010: Líder do grupo 8 das eliminatórias europeias, a Itália conquistou a vaga no mundial com tranquilidade.
DESTAQUE DO TIME: Gianluigi Buffon (goleiro da Juventus, da Itália)
TREINADOR ATUAL: Marcello Lippi (Itália)
PERSPECTIVAS PARA O MUNDIAL:

– Como desprezar uma seleção tetracampeã mundial? É impossível. A Itália é a atual campeã da Copa do Mundo e irá à África do Sul para defender seu título e tentar igualar o número de conquistas do Brasil, maior campeão do torneio. Os italianos contam com um time experiente e com jogadores decisivos. Começando pelo goleiro Buffon, um dos grandes destaques do último mundial e um líder nato dentro do grupo. O defensor Fabio Cannavaro, mesmo aos 36 anos, faz da zaga italiana um dos pontos fortes da equipe. O meio-campo talvez seja o porto seguro da Itália com jogadores habilidosos e eficientes como Gennaro Gattuso, Andrea Pirlo e Danielle de Rossi. Mesmo sem contar com um grande jogador no ataque, os italianos devem se classificar com tranquilidade no grupo F e nos mata-matas sempre aparecem como favoritos.

−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−

PAÍS: Eslováquia
NOME DA CONFEDERAÇÃO: Slovenský Futbalový Zväz
ANO DE FUNDAÇÃO: 1938
APELIDO: Narodny Tim
PARTICIPAÇÕES EM COPAS DO MUNDO: 0
RESULTADOS: Nunca participou de uma Copa do Mundo.
COMO SE CLASSIFICOU PARA 2010: Os eslovacos conseguiram a vaga na Copa do Mundo ao lideraram o difícil grupo 3 das eliminatórias europeias. O passaporte foi carimbado na partida decisiva contra a Polônia, quando venceram por 1 a 0 e conquistaram o direito de debutar em um mundial.
DESTAQUE DO TIME: Marek Hamsik (meia do Napoli, da Itália)
TREINADOR ATUAL: Vladimír Weiss (Tchecoslováquia)
PERSPECTIVAS PARA O MUNDIAL:

– Conseguir se classificar para a Copa do Mundo de 2010 já foi uma vitória para os eslovacos. O elenco é jovem e inexperiente e esse fator pode pesar numa competição tão disputada. O grupo também não é favorável, já que conta com a experiente Itália e o raçudo Paraguai. A Seleção Eslovaca tem tudo para ser coadjuvante no grupo F.

−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−

PAÍS: Nova Zelândia
NOME DA CONFEDERAÇÃO: New Zealand Football
ANO DE FUNDAÇÃO: 1891
APELIDO: All Whites
PARTICIPAÇÕES EM COPAS DO MUNDO: 1 (1982)
RESULTADOS: No único mundial que disputou, os neozelandeses não passaram da primeira fase, já que perderam os três jogos e sofreram 12 gols.
COMO SE CLASSIFICOU PARA 2010: Como esperado, a Nova Zelândia liderou tranquilamente as eliminatórias da Oceania e, por isso, se qualificaram para disputar a repescagem contra o Bahrein, quinto colocado nas eliminatórias asiáticas. No jogo decisivo, os neozelandeses venceram por 1 a 0 e carimbaram o passaporte para a África do Sul.
DESTAQUE DO TIME: Ryan Nielsen (zagueiro do Blackburn, da Inglaterra)
TREINADOR ATUAL: Ricki Herbert (Nova Zelândia)
PERSPECTIVAS PARA O MUNDIAL:

– Sem tradição no futebol, a vida da Nova Zelândia na Copa do Mundo não será fácil. Com jogadores altos, a grande esperança no mundial são as jogadas aéreas com os atacantes Chris Wood e Rory Fallon. O zagueiro Ryan Nielsen é o grande astro do futebol neozelandês e sua experiência no futebol europeu pode ajudar o grupo a não se tornar um saco de pancadas no grupo F.

−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−−

PAÍS: Paraguai
NOME DA CONFEDERAÇÃO: Asociación Paraguaya de Fútbol
ANO DE FUNDAÇÃO: 1906
APELIDO: La Albirroja
PARTICIPAÇÕES EM COPAS DO MUNDO: 7 (1930, 1950, 1958, 1986, 1998, 2002 e 2006)
RESULTADOS: O Paraguai jamais conseguiu realizar uma campanha convincente em um mundial de futebol. O mais longe que chegou foi nas oitavas-de-final em três oportunidades (1986, 1998 e 2002).
COMO SE CLASSIFICOU PARA 2010: Os paraguaios chegaram a liderar as eliminatórias sul-americanas por um bom período, mas no final perderam o fôlego e terminaram na 3ª posição, atrás do Brasil e Chile.
DESTAQUE DO TIME: Roque Santa Cruz (atacante do Manchester City, da Inglaterra)
TREINADOR ATUAL: Gerardo Martino (Argentina)
PERSPECTIVAS PARA O MUNDIAL:

– A Seleção Paraguaia entra na Copa do Mundo como segunda força do grupo F. Mesmo não tendo obtido resultado satisfatórios em outros mundiais, os paraguaios sempre formaram equipes fortes e com muita garra. O atual elenco tem como ponto positivo a força defensiva. Os destaques da equipe são os goleiros Justo Villar e Aldo Bobadilla; os defensores Morel Rodríguez, Julio César Cáceres e Aureliano Torres; além dos meio-campistas Edgar Barreto, Jonathan Santana, Enrique Vera e Eduardo Ledesma. O ataque também é qualificado com Roque Santa Cruz, Nelson Haedo, Lucas Barrios e Óscar Cardozo. O que joga contra os paraguaios na África do Sul é o lado psicológico do grupo, já que não poderão contar com o atacante Salvador Cabañas, que ainda se recupera do triste incidente quando foi baleado na Cidade do México. Se superarem esse baque, podem sonhar com as quartas-de-final.

Read Full Post »

– Na noite de segunda-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou o meia palmeirense Diego Souza e suspendeu o atleta por 8 jogos, que só serão cumpridos no Campeonato Paulista de 2010, caso Diego ainda atue em alguma equipe do Estado. A punição é referente a briga de  jogador com o zagueiro Domingos, do Santos, na segunda partida da semifinal do Paulistão-09. Na ocasião, o camisa 7 do Palmeiras foi expulso por agredir o defensor santista. Domingos, por sua vez, também foi julgado e punido em apenas dois jogos.

– Outra baixa no São Paulo. Dando sequência na onda de azar e contusões, o mais novo integrante do departamento médico Tricolor é o goleiro Bosco, substituto de Rogério Ceni. Na partida do último domingo contra o Atlético-PR, o arqueiro sofreu um entorse no joelho esquerdo que foi detectado após uma ressonância magnética realizada pelos médicos do clube. A única boa notícia é que Bosco não precisará se submeter a nenhuma cirurgia, mas por outro lado, Muricy Ramalho não poderá contar com o goleiro por pelo menos uma semana. No clássico do próximo domingo contra o Palmeiras, o goleiro do São Paulo será o jovem Denis, terceiro goleiro do elenco.

– Após o jogo de domingo contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, os jogadores corintianos Felipe, Chicão e Cristian, concederam entrevistas polêmicas apontando que o Corinthians só não venceu a partida por individualismo do lateral esquerdo André Santos, que não tocou a bola para Ronaldo na chance mais clara de gol da partida. Com o eminente perigo de racha no elenco, Mano Menezes deu uma de ‘paizão’ e ontem durante o treinamento do Timão em General Severiano, visando o confronto contra o Fluminense na próxima quarta-feira pela Copa do Brasil, o treinador conversou com todos os jogadores do elenco por quase uma hora e colocou panos quentes na situação.

– O atacante Adriano treinou ontem pela primeira vez com a camisa rubro-negra desde o seu retorno ao Flamengo. O Imperador reconheceu que ainda não está na sua melhor forma física e que será preciso muito esforço nas próximas semanas até o dia da estreia, que está prevista para o próximo dia 30 de maio, quando o Flamengo enfrentará o Atlético-PR no Maracanã.

– Os jogadores do Barcelona vivem uma ótima fase dentro dos gramados. Mas não é só em campo que eles estão rindo à toa. O clube catalão pagará a pequena bagatela de R$110 milhões para jogadores e comissão técnica como premiação pela tríplice coroa (Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Champions League). Para que Messi, Henry, Xavi, Iniesta, Eto’o e companhia ganhem essa grande bolada, resta apenas a equipe conquistar o título da Champions League contra o Manchester United, no próximo dia 27, já que o título nacional e a Copa do Rei já foram conquistados.

– O zagueiro Fábio Cannavaro, campeão do mundo com a Itália em 2006 e eleito o melhor jogador desse ano pela FIFA, acertou ontem o retorno à sua terra natal. O experiente zagueiro jogou nas últimas três temporadas pelo Real Madrid e a partir do dia 1° de julho, voltará a vestir a camisa da Juventus, seu antigo clube.

– O atacante brasileiro Cacau conseguiu se naturalizar alemão no começo desse ano e ontem recebeu a notícia que tanto esperava. O técnico da seleção alemã, Joachim Löw, convocou o jogador para os amistosos contra a China e os Emirados Árabes Unidos, dia 29 de maio e 2 de junho, respectivamente. O atleta de 28 anos já atua na Alemanha há nove anos e atualmente é ídolo do Stuttgart. Cacau é o terceiro brasileiro que veste a camisa da seleção alemã, já que Paulo Rink e Kevin Kuranyi também já jogaram pela seleção nacional.

————
OBS: Peço desculpas aos leitores do Macedo Futebol Clube pela demora nas atualizações com as novidades do mundo do futebol. Ontem e hoje tive problemas com o Speedy e não consegui acessar a Internet. Conto com a compreensão de todos.

Read Full Post »