Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Estádio Olímpico’

A final da Copa do Brasil 2010 está definida e será uma decisão inedita na história do torneio: Santos X Vitória.

Paulistas e baianos buscarão o título e a tão cobiçada vaga na Copa Libertadores da América de 2011 somente depois da Copa do Mundo, nos dias 28 de julho e 4 de agosto, com os mandos de campo definidos pela CBF nos próximos dias.

Depois de perder o primeiro jogo no estádio Olímpico por 4 a 3 para o Grêmio, o Santos voltou a jogar bem e comprovou o favoritismo, vencendo os gaúchos por 3 a 1 na Vila Belmiro. O Tricolor bem que tentou segurar o ímpeto santista na primeira etapa e poderia até ter aberto o placar. Mas na segunda etapa as coisas se inverteram e logo aos seis minutos, Paulo Henrique Ganso, que não vai à Copa do Mundo, mostrou toda sua habilidade e fez um golaço de fora da área, sem chances de defesa para o bom goleiro Victor. A situação alvinegra melhorou ainda mais quando Robinho fez um gol de craque, com um leve toque na bola que encobriu o arqueiro gremista. O Grêmio ainda descontou nos minutos seguintes com o zagueiro Rafael Marques, em falha do goleiro Felipe. Mas os Meninos da Vila não se apavaroram e Wesley, em grande jogada, selou a classificação santista na decisão. É a primeira vez que o Santos chega a uma decisão de Copa do Brasil.

O outro finalista é o Vitória. A derrota sofrida em Goiânia no primeiro jogo por 1 a 0 não abalou as pretensões do Rubro-Negro baiano, que jogando no Barradão lotado e com a torcida eufórica, não teve trabalho para golear o Atlético-GO por 4 a 0 e carimbar o passaporte para a final da Copa do Brasil. Os gols foram anotados por Júnior (2), Uéliton e Viáfara. Assim como o Santos, o Vitória disputará pela primeira vez uma decisão do torneio nacional.

Caso o Santos vença a competição, o Estado de São Paulo será o maior vencedor da Copa do Brasil, atingindo sete títulos. Até o momento, os paulistas que conquistaram o título foram o Corinthians (três vezes), Palmeiras, Santo André e Paulista. Porém, se o Vitória sagrar-se campeão, será apenas o segundo título da região Nordeste (o único aconteceu em 2008 com o Sport) e o primeiro de um time do estado da Bahia.

Pelo futebol apresentado, o Santos pode ser apontado como campeão antes mesmo de a bola rolar? Ou você acha que o Vitória pode surpreender assim como o Santo André fez na final do Campeonato Paulista? Opine, torcedor!

EM TEMPO: A CBF já divulgou os locais dos jogos da decisão da Copa do Brasil. A primeira partida será na Vila Belmiro, no dia 28 de julho, às 21h50. O jogo de volta acontece no Barradão, em 04 de agosto, às 21h50.

Read Full Post »

Os jogos de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil de 2010 foram disputados na noite desta quarta-feira. Vitória, Atlético-GO, Grêmio e Santos conquistaram as vagas nas semifinais e seguem firmes rumo ao título que concede uma vaga na Copa Libertadores de 2011.

O primeiro classificado foi o Vitória, que se aproveitou do resultado positivo obtido na última semana, em Salvador, quando venceu o Vasco por 2 a 0 e abriu boa vantagem no confronto. Ontem, atuando em São Januário, os baianos foram derrotados por 3 a 1, mas o gol feito pelo goleiro Viáfara, de pênalti, deu a classificação para o Rubro Negro. Os gols vascaínos foram marcados por Magno, Ramon e Carlos Alberto.

O adversário da equipe baiana na semifinal da Copa do Brasil é o Atlético-GO. Depois de perder para o Palmeiras por 1 a 0 em São Paulo, na semana passada, os goianos igualaram o placar no jogo de volta com um gol de Marcão e levaram a decisão para os pênaltis. Nas penalidades o Dragão levou a melhor e venceu por 2 a 1.

O Santos é outro time que continua vivo na competição. Os ‘Meninos da Vila’ perderam o primeiro confronto por 3 a 2, no Mineirão, e depois de uma semana cheia de provocações dos dois lados, fizeram-se valer da habilidade e da ousadia e ganharam o jogo por 3 a 1, na Vila Belmiro. André, Neymar e Wesley marcaram para o Peixe, enquanto Correa descontou . Com o gol anotado na partida, Neymar chegou a 10 tentos na Copa do Brasil e é o artilheiro isolado do torneio.

A equipe que teve vida mais fácil nos confrontos das quartas-de-final foi o Grêmio. Depois de vencer fora de casa o Fluminense por 3 a 2, no Maracanã, os gremistas confirmaram o favoritismo e ganharam por 2 a 0 o jogo da volta, disputado no estádio Olímpico, em Porto Alegre. Os gols do jogo foram anotados por Hugo e Jonas. O Tricolor enfrentará o Santos nas semifinais.

Os jogos das semifinais acontecerão nas duas próximas quartas-feiras (12/05 e 19/05), em horários e locais ainda não definidos.

Read Full Post »

Os campeonatos estaduais estão pegando fogo. As decisões em grande parte do país começaram neste final de semana e terminarão no próximo domingo. Santos (leia a análise do jogo no próximo post), Grêmio, Atlético-MG, Atlético-GO, Avaí, Vitória e Fortaleza saíram na frente nas disputas regionais. Porém, o único vencedor concreto foi o ABC de Natal, que conquistou o título potiguar.

No Campeonato Gaúcho, o Grêmio encarou o estádio Beira-Rio com 40 mil torcedores e não tomou conhecimento do rival Internacional. Com uma vitória por 2 a 0, o Tricolor deu um enorme passo para mais um título gaúcho e também para quebrar uma sequência de dois títulos do Colorado nos últimos anos. Os gols da partida foram anotados por ex-são paulinos. O zagueiro Rodrigo marcou de cabeça aos 22 minutos e, vinte minutos mais tarde, foi a vez de Borges testar para o fundo da rede. O jogo de volta da decisão do Gauchão-10 acontece no próximo domingo no estádio Olímpico. O Grêmio pode conquistar seu 36º título estadual.

Nas Minas Gerais o Atlético-MG está muito próximo do troféu do Campeonato Mineiro de 2010. Jogando fora de casa, em Ipatinga, contra o rival local, o Galo saiu perdendo e conseguiu virar o jogo para 3 a 2, vitória essa que aumentou a vantagem já existente. Na próxima semana, no Mineirão, a equipe pode perder por até um gol de diferença que ainda assim levantará o 40º título mineiro. O Ipatinga marcou com Joabe e Luizinho. O Atlético-MG virou através dos gols de Diego Tardelli e Muriqui (2 vezes).

Pelo Campeonato Goiano, o Atlético-GO praticamente encerrou a competição no primeiro jogo da série decisiva. A equipe comandada por Geninho não tomou conhecimento do Santa Helena e aplicou uma goleada de 4 a 0, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Os gols marcados por Juninho, Evandro (gol contra), Elias e Marcão colocam o time a um passo de seu 11º título goiano. A partida de volta está marcada para o próximo domingo no estádio Pedro Romualdo Cabral, casa do Santa Helena.

O Avaí está com uma mão e meia no troféu do Campeonato Catarinense. Jogando fora de casa contra o Joinville, o Leão venceu por 3 a 1 e poderá perder por até dois gols de diferença o jogo de volta, na Ressacada, que ainda assim conquistará o 15º título estadual de sua história. Os gols da partida foram marcados por Davi, Rudnei e Roberto (para o Avaí) e Ricardinho descontou para o Joinville.

Na Bahia de todos os santos, o Vitória saiu na frente do rival Bahia em busca do título do Campeonato Baiano de 2010. Jogando fora de casa, no Estádio Pituaçu, o Rubro-Negro venceu por 1 a 0 (gol de Júnior) e se aproximou do tetracampeonato baiano. No jogo da volta, no Barradão, o Vitória pode perder por até um gol de diferença para comemorar o título.

Ainda no Nordeste brasileiro,  o Fortalelza venceu o Ceará por 1 a 0 no jogo de ida da decisão do Campeonato Cearense de 2010 e jogará a segunda partida com a vantagem de poder empatar para conquistar o título. Com um regulamento um pouco diferente do que o usual, a competição estadual não dá vantagem para gols marcados, portanto, se o Ceará vencer o jogo por qualquer placar na volta, a decisão irá para os pênaltis. O gol do Fortaleza foi marcado por Paulo Isidoro.

A única torcida do Brasil que comemorou uma conquista neste domingo foi a do ABC de Natal. Mesmo perdendo o jogo por 2 a 1 para o Corinthians-RN, o ABC sagrou-se campeão potiguar por ter vencido o primeiro confronto por 5 a 1. O time do Rio Grande do Norte é o maior vencedor de competições estaduais do Brasil, agora com 51 conquistas.

Read Full Post »

 Wellington Paulista

O Grêmio poderia ter matado o jogo e não foi eficiente. O Cruzeiro foi competente, aproveitou suas chances, mas tomou um gol no final que deu sobrevida aos gaúchos. Em um jogo muito disputado, o Cruzeiro venceu o Grêmio por 3X1, no Mineirão, e abriu boa vantagem na primeira partida da semifinal da Taça Libertadores da América 2009.

Já diria um velho bordão do futebol: ‘quem não faz, toma’. E essa frase poderia resumir o que aconteceu nesta noite em Belo Horizonte. O Tricolor Gaúcho teve tudo para sair praticamente classificado do Mineirão, mas Alex Mineiro e Maxi López desperdiçaram suas chances. Primeiro o atacante argentino lutou e foi à linha de fundo, cruzou a bola para a área e Alex Mineiro furou cara a cara com Fábio. Depois, aos 14 minutos, o mesmo Alex Mineiro, sozinho na área, cabeceou fraco e perdeu mais uma chance. O Cruzeiro não levava perigo no ataque e o Grêmio, ousado, mostrava que nos contra-ataques poderia surpreender. Maxi López teve mais uma grande chance. Aos 22 minutos, o argentino roubou a bola do zagueiro Thiago Heleno, driblou um cruzeirense, escolheu o canto e na frente de Fábio conseguiu fazer o improvável: chutou a bola para fora. Três chances claras e nenhum gol. Jogos de futebol em alto nível como esses não permitem erros em demasia. A bola, realmente, pune. E o Grêmio levou essa punição.

Aos 37 minutos, o Cruzeiro teve sua primeira chance real de gol. A torcida já se irritava com os inúmeros erros de Wellington Paulista, quando ele apareceu. Kléber cruzou a bola da direita e o atacante subiu mais que a zaga gremista para de cabeça abrir o placar e explodir a torcida Celeste. O jogo foi para o intervalo e Souza parecia prever o pior. Disse que desde a época de Pelé e Garrincha, todos no mundo do futebol sabem que gols desperdiçados não são bom sinal. E ele tinha razão.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa o Cruzeiro aumentou a vantagem. O meia Wagner chutou forte, a bola desviou em Tcheco e traiu o goleiro Marcelo Grohe. 2X0. Festa na parte azul das Minas Gerais. O Cruzeiro sentia que era o momento de partir para cima e ampliar o placar. O Grêmio sentiu o segundo gol e ficou perdido em campo. O jovem volante Adílson parecia nem estar em campo. Fábio Santos sofria demais com Jonathan. Marquinhos Paraná, talvez a principal peça dessa boa equipe cruzeirense, além de ser polivalente marcando e saindo para o jogo com a mesma eficiência, foi decisivo para o terceiro gol do Cruzeiro. Ele cruzou a bola para a área e o ex-corintiano Fabinho subiu sozinho para marcar mais um.

Estava mais fácil sair o quarto gol do Cruzeiro do que o primeiro do Grêmio, totalmente abatido em campo. Os mais de 50 mil cruzeirenses já gritavam ‘Tricampeão, tricampeão, tricampeão’, enquanto o time Celeste tocava a bola e deixava o tempo passar. Mas o Tricolor Gaúcho, conhecido por sua imortalidade, nunca pode ser dado como morto antes do apito final. Em um toque de mão do atacante Kléber, o juiz anotou falta para os gremistas na entrada da área. O iluminado Souza cobrou com perfeição por cima da barreira e diminuiu, aos 42 minutos.

O jogo acabou e o resultado foi justo. A equipe que mais soube aproveitar as chances venceu. A classificação cruzeirense não está garantida, graças ao gol de Souza, que dá ao Grêmio a possibilidade de vencer por 2X0 para chegar à final da Libertadores. O Cruzeiro pode perder por um gol de diferença e empatar para ir à decisão. Confronto aberto e sem favoritos no próximo dia 2 de julho, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

NOTA TRISTE: O fato a se lamentar na partida foi a acusação feita pelo volante Elicarlos, do Cruzeiro, que disse que durante o jogo foi chamado de ‘macaco’ pelo argentino Maxi López. O atacante gremista negou, mas o caso ainda está sendo investigado pela polícia mineira. Se for confirmado, só podemos lamentar mais uma vez um ato racista no esporte. Isso é inadmissível, triste e chateia quem gosta de esporte e de paz e odeia ‘burrices’ com essas.

Read Full Post »

– Devido as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, a 5ª rodada do Campeonato Brasileiro foi desmembrada e começou na quinta-feira. Santo André e Santos fizeram um jogo eletrizante e empataram em 3X3, no Estádio Bruno José Daniel. O empate teve sabor de derrota para o alvinegro praiano, já que a equipe do técnico Vagner Mancini cedeu o empate por três vezes aos donos da casa. Os destaques positivos da partida foram os bonitos gols do Santos. Kléber Pereira fez o primeiro após driblar o goleiro Neneca, Madson fez um bonito gol de primeira e Fabão encheu o pé em cobrança de falta para fazer o terceiro. Pelo lado do Santo André, Nunes foi o destaque com dois gols. Porém, como acontece constantemente, Fábio Costa foi o destaque negativo do jogo. O goleiro santista, que em muitas vezes é maldoso nas divididas com os atacantes adversários, manteve a escrita e repetiu a ação em dose dupla. Primeiro deu uma entrada criminosa em Gustavo Nery, que saiu de campo de maca e foi direto para o hospital, será operado e desfalcará a equipe por três meses. Na segunda vez, a vítima de Fábio Costa foi o atacante Nunes. Lamentável.

– O Grêmio conquistou sua segunda vitória no certame nacional também na quinta-feira, após vencer o Náutico por 3X0, no Estádio Olímpico. Destaque para Souza e Maxi Lopez, que na semana passada se desentenderam e criaram um clima ruim no grupo gremista, mas deram a volta por cima e marcaram os gols da vitória. Souza fez dois e o argentino completou o marcador.

– No sábado, em partida isolada, o Corinthians venceu o Coritiba e deixou os paranaenses em situação delicada na tabela. Destaque para a boa partida de Douglas, que começou a jogada do primeiro gol e marcou o segundo. Souza, enfim, fez um gol com a bola em jogo e agora soma míseros três gols em 27 jogos com a camisa alvinegra. Pouco, muito pouco para um atacante de uma equipe grande e que ganha um salário que não condiz com suas atuações. Outro fato que merece destaque foi a postura de Jucilei em campo. Muito rápido e habilidoso, o volante aos poucos vem ganhando espaço e pode se tornar titular nos próximos jogos. O Coritiba continua com um ponto em 15 disputados e Renê Simões já se vê ameaçado no comando da equipe.

– No domingo a rodada teve os outros sete jogos. No Palestra Itália, o Palmeiras sofreu, tomou sufoco e mesmo assim conseguiu sair com a vitória graças a um gol de cabeça de Maurício Ramos, nos acréscimos da partida. O placar de 2X1 não mostrou o que realmente foi visto em campo. O Vitória criou as principais chances de gols e ainda teve um gol não validado pela arbitragem. Apodi levantou a bola na área, Roger cabeceou e Marcos fez mais um de seus milagres, mas a bola já tinha passado da linha, porém a arbitragem mandou o jogo seguir, o que causou indignação por parte dos jogadores e da diretoria do clube baiano. O Palmeiras anda meio perdido em campo e a pressão da torcida em cima de Keirrison e, principalmente, de Vanderlei Luxemburgo, parece atrapalhar o rendimento de todo o grupo.

– O São Paulo bem que tentou, mas não conseguiu tirar o zero do placar na partida contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. Sem Eduardo Costa, machucado e Miranda, servindo a Seleção Brasileira, Muricy mudou o esquema e voltou para o 4-4-2, com o estreante Jean Rolt na zaga ao lado de André Dias e Hernanes, Richarlyson, Jean e Marlos no meio campo. Porém, a tarde foi dos goleiros, principalmente de Eduardo Martini, que fez pelo menos quatro defesas difíceis e importantes em investidas são paulinas. Denis também foi bem e começa se firmar na meta Tricolor. Mas num contexto geral, o São Paulo não mostrou o mesmo futebol da partida contra o Cruzeiro, teve muitas dificuldades no meio e no ataque e não agradou a torcida. Dois destaques negativos no jogo. Hernanes continua em péssima fase e ontem deu provas disso novamente. E o Washington, que há duas semanas auxiliou o companheiro Borges, fez o mesmo. Não conseguiu dominar uma bola, não levou nenhum perigo à meta adversária e ainda saiu esbravejando quando foi substituído por Dagoberto. Muricy Ramalho terá mais trabalho para domar os egos de seus jogadores.

– Nos outros jogos, citarei apenas as principais considerações. Grande partida do Sport na estreia de Émerson Leão no comando da equipe. Em oito minutos, os pernambucanos viraram o jogo contra o Flamengo com três gols de Weldon e um de Durval. O Atlético-MG confirmou o bom começo no Brasileirão-09 e atropelou o apático Atlético-PR dentro da Arena da Baixada, com destaque para Diego Tardelli e Eder Luis. O Fluminense venceu o rival Botafogo na bacia das almas, no finalzinho do jogo, gol um bonito gol de Fred. O jogo mais esperado da rodada entre Cruzeiro e Inter terminou empatado e foi marcado por mais uma confusão envolvendo o atacante Kléber, que foi expulso com justiça após empurrar Marcelo Cordeiro. A mesma justiça foi feita na expulsão do goleiro Lauro, que tomou as dores do companheiro e chutou Kléber.

Resultado e a classificação após a 5ª rodada do Brasileirão-09:

Santo André (14°) 3X3 (4°) Santos
Grêmio (8°) 3X0 (5°) Náutico
Corinthians (9°) 2X0 (19°) Coritiba
Palmeiras (6°) 2X1 (3°) Vitória
Sport (15°) 4X2 (11°) Flamengo
Avaí (17°) 0X0 (12°) São Paulo
Goiás (13°) 2X2 (16°) Barueri
Cruzeiro (10°) 1X1 (1°) Internacional
Atlético-PR (20°) 0X4 (2°) Atlético-MG
Fluminense (7°) 1X0 (18°) Botafogo

E você torcedor, o que achou da 5° rodada do Brasileirão? Opine!

Read Full Post »

Taça Libertadores da América

A Taça Libertadores da América 2009 entra em mais uma etapa decisiva, com os quatro jogos de ida das quartas-de-final nesta semana. Vamos a uma breve análise e algumas previsões dos confrontos:

Caracas X Grêmio – Olímpico de Caracas, quarta-feira (27/05), às 21h50
O Grêmio, por ter feito a melhor campanha da primeira fase, tem a vantagem de decidir a vaga no Estádio Olímpico, dia 17 de junho. O Tricolor Gaúcho confirmou o favoritismo nas oitavas-de-final e passou com certa tranquilidade, vencendo as duas partidas contra o peruano San Martín. O Caracas encarou o Deportivo Cuenca, perdeu na ida no Equador e depois se recuperou em casa, vencendo por 4X0. Acredito que o Grêmio avance para as semifinais, mas no confronto dessa semana, os comandados de Paulo Autuori não terão vida fácil na casa do adversário. A vaga deve ser decidida em Porto Alegre. Palpite: Grêmio

Cruzeiro X São Paulo – Mineirão, quarta-feira (27/05), às 21h50
É o único confronto que envolve duas equipes do mesmo país nesta fase do mata-mata. Muita história, rivalidade e tradição em campo. O São Paulo é o clube brasileiro que mais venceu a Libertadores, com três títulos (92, 93 e 05). O Cruzeiro não fica atrás. A equipe mineira é bicampeã (76 e 97) da competição e montou um bom time para esta edição da Libertadores. As duas equipes chegam às quartas-de-final em situações opostas. O Cruzeiro venceu os dois confrontos contra o Universidad do Chile, assegurou a vaga e é apontado como favorito ao título. O São Paulo chega para o confronto um pouco desacreditado e avançou sem entrar em campo, já que o Chivas Guadalajara foi excluído da competição. Cruzeiro e São Paulo nunca se enfrentaram pela Libertadores e com certeza farão dois jogos emocionantes, sem favoritismo. Palpite: São Paulo

Palmeiras X Nacional-URU – Palestra Itália, quinta-feira (28/05), às 22h
As duas equipes já se enfrentaram 11 vezes na história, com cinco vitórias para cada lado e um empate. Pela Libertadores, os uruguaios levam vantagem. Em quatro oportunidades, o Nacional venceu o Palmeiras em duas (ambas em 1971, no Pacaembu por 3X0 e no Centenário por 3X1), houve uma vitória alviverde em 1973 e um empate no mesmo ano. Os uruguaios passearam na primeira fase da Libertadores e terminaram no 3º lugar geral, tendo o ataque mais positivo com 12 gols. Porém, o Palmeiras pode ter vantagem no confronto, pois o Nacional avançou às quartas sem jogar, já que seu adversário nas oitavas-de-final, o San Luís-MEX, foi excluído da Libertadores pelo surto de gripe suína no México. Esse confronto é difícil de fazer algum prognóstico, já que além da tradição das duas equipes, estão em jogo quatro títulos da Libertadores, três do Nacional e um do Palmeiras. Palpite: Palmeiras

Defensor X Estudiantes – Luiz Franzini, quinta-feira (28/05), às 19h30
A equipe argentina, liderada pelo ídolo Verón, passou com facilidade sobre o Libertad nas oitavas-de-final. Venceu por 3X0 na Argentina e empatou em 0X0 no Paraguai. A equipe uruguaia chega às quartas-de-final em estado de êxtase. O Defensor conseguiu a façanha de eliminar o Boca Juniors dentro da Bombonera e além de contar com uma equipe jovem e de boa técnica, a confiança está nas alturas para o confronto contra uma equipe argentina de novo. O Defensor chega como franco atirador no meio de equipes que já conquistaram a Libertadores. O Estudiantes, tricampeão do torneio (68, 69 e 70), deposita todas as suas fichas no veterano Verón. Serão dois duelos equilibrados e vejo os uruguaios com mais chances. Palpite: Defensor

E você torcedor, quais são suas previsões? Opine!

Read Full Post »

O Grêmio podia até perder para o fraco San Martín hoje no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, já que na semana passada foi até o Peru e venceu por 3X1. Mas como era esperado, em ritmo de treino o Tricolor Gaúcho ganhou novamente, agora por 2X0 e confirmou uma das vagas nas quartas-de-final da Taça Libertadores da América.

Ainda invicto na competição sul-americana, os gaúchos não precisaram se esforçar muito para bater os peruanos com gols de Jonas e Herrera. A partida valeu mais para o técnico Marcelo Rospide, que pôde acertar detalhes táticos já visando o confronto ante ao Caracas no próximo mata-mata. A primeira partida acontecerá na semana que vem na Venezuela e o jogo de volta será em Porto Alegre. O Grêmio continua sobrando em seus jogos na Libertadores, mas vale lembrar que até o momento, o Tricolor Gaúcho ainda não enfrentou nenhum adversário forte, o que provavelmente acontecerá nas semifinais.

Read Full Post »

Souza

 

O Grêmio precisava vencer pela diferença mínima o Boyacá Chicó, da Colômbia, para confirmar a primeira colocação geral entre os 16 times classificados para a fase do mata-mata da Taça Libertadores da América. E o Tricolor conseguiu o objetivo. Venceu com facilidade os colombianos por 3X0 na noite dessa terça-feira no Estádio Olímpico e agora terá a vantagem de decidir todas as fases em sua casa.

 

O Chicó FC que não tem uma equipe maravilhosa, ainda teve a desvantagem de vir ao Brasil com apenas 15 jogadores. Parecia saber que seria quase impossível vencer a partida. A única motivação era perder de pouco e torcer para o Universidad do Chile tropeçar diante do boliviano Aurora, o que não aconteceu. Os chilenos venceram por 2X1, chegaram aos 10 pontos e terminaram com a segunda colocação no grupo 7.

 

Com aproveitamento de 89%, o Grêmio conquistou a melhor campanha da primeira fase do torneio. Foram cinco vitórias, um empate, 11 gols feitos – melhor ataque até o momento – e apenas um sofrido, sendo também a melhor defesa entre os 32 participantes da Libertadores.  

 

O destaque da partida foi o meio-campista Souza. O ex-são-paulino marcou dois gols – o primeiro um golaço – e comandou os gremistas na partida. O terceiro gol foi anotado pelo zagueiro Léo. Mesmo falastrão, Souza continua jogando bem e dando o sangue pelas equipes que defende. Agora, o Grêmio espera as definições dos outros grupos para conhecer seu adversário nas oitavas-de-final da Libertadores. O Imortal segue como forte candidato ao título e a vantagem de decidir em casa será fundamental em busca do tri-campeonato.

Read Full Post »

O Boca Juniors até a noite dessa quinta-feira era o único time invicto entre as 32 equipes que disputam a Taça Libertadores da América 2009. Mas o aproveitamento de 100% foi para o espaço após a derrota por 1X0 para o Deportivo Cuenca, no Equador, gol de Preciado. Com quatro vitórias e uma derrota, os argentinos estacionaram nos 12 pontos e agora o Grêmio é o único clube que pode chegar aos 16 pontos na primeira fase da competição.

 

Caso os gaúchos vençam o Boyacá Chicó na próxima terça-feira no estádio Olímpico, o Tricolor terminará no primeiro lugar geral e terá a vantagem de disputar todas as partidas de volta no mata-mata em casa. A única chance do Boca terminar a primeira fase com o 1º lugar geral é vencer o Deportivo Táchira na próxima semana, em La Bombonera e torcer por um tropeço gremista.

 

NOTA: O River Plate, outro tradicional clube argentino, foi até Assunção, no Paraguai, foi goleado pelo Nacional por 4X2 e está eliminado da Libertadores. Os gols da equipe da casa foram marcados por Escobar, Núñez (2) e Peralta. O River descontou com Falcão Garcia e Gallardo.

Read Full Post »