Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Elano’

Seleção Brasileira é tricampeã da Copa das Confederações

Realmente o trabalho de Dunga a frente da seleção brasileira é inquestionável. Grande parte da imprensa e milhões de torcedores não acreditaram na capacidade do treinador. Me incluo nesse grupo, mas contra fatos não há argumentos. Em quase três anos no comando da seleção, Dunga tem um incrível aproveitamento. Em 45 jogos foram 31 vitórias, 10 empates e apenas quatro derrotas.

Os objetivos estão sendo alcançados pouco a pouco. Até o momento o Brasil jogou duas competições com Dunga no banco de reservas e venceu as duas. A Copa América contra a Argentina, em 2007 e a Copa das Confederações ante aos EUA, no último domingo. Além disso, Dunga levou a seleção brasileira à liderança das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010.

Outro fator que merece destaque na ‘Era Dunga’ são suas convocações. Antes muito contestado, quando convocou atletas que jamais mereciam ter vestido a camisa mais tradicional do futebol mundial como Jônatas, Fernando, Jô, Bobô e Afonso Alves, o treinador ultimamente vem mantendo uma base e definindo o critério das listas com base nas atuações dos jogadores. Uma aposta foi Felipe Melo. Pouco conhecido pelo torcedor brasileiro, Dunga o convocou e o atleta vem demonstrando em campo que tem futebol para jogar com a camisa amarelinha.

Sem dúvidas a Copa das Confederações não é parâmetro para a Copa do Mundo. Mas alguns fatores podem ajudar Dunga para a competição que acontecerá daqui um ano na África do Sul. A base formada por Júlio César, Lúcio, Kaká e Luís Fabiano deverá ser a espinha dorsal da equipe no mundial. Júlio César é o melhor goleiro do mundo e não há contestações. Creio que pelas apresentações de Maicon e Daniel Alves, os dois atletas já garantiram suas vagas para a Copa do Mundo. E com razão. No momento são os dois melhores jogadores na posição e podem ser muito úteis para o time. Juan é o companheiro mais indicado para Lúcio na zaga, mas as constantes lesões vêm atrapalhando o atleta. De qualquer forma, gostaria de vê-lo em campo na África do Sul. A lateral esquerda ainda não é um problema resolvido. A insistência de Dunga com Kléber não tem explicações. André Santos entrou em seu lugar e se tornou titular nos últimos jogos, mas não creio que seja a melhor opção. Fábio Aurélio deveria ganhar uma chance e Marcelo já demonstrou que tem condições de atuar pelo lado esquerdo.

No meio, Felipe Melo está praticamente garantido na Copa do Mundo. Mas não confio e não gosto de ver Gilberto Silva ainda com a camisa amarela. Ele já foi importante, mas não soma nada na atual equipe. Muito lento na saída de bola, por vezes atrapalha o time. Kaká é insubstituível, mas a grande surpresa foi Ramires, que colocou Elano no banco e com toda certeza terá um futuro brilhante jogando pelo Brasil.

Luís Fabiano é o salvador da pátria e nos momentos que Dunga esteve mais ameaçado, o atacante salvou a pele do treinador com seus gols decisivos. Robinho é seu companheiro na frente. Por vezes fico muito irritado com a postura de Robinho. Que ele parece ser pouco profissional, isso não é novidade. Mas quando o jogo está difícil ele some em campo. Quando a seleção está vencendo, ele faz seus malabarismos que nada contribuem. Gostaria de ter visto mais o Nilmar em campo. Mas ainda há tempo de Dunga testá-lo.

Pato, Josué, Luisão, Miranda e Júlio Baptista não podem se acomodarem e acharem que já estão garantidos na Copa do Mundo. Muita água vai rolar nesse um ano que antecede o possível hexacampeonato da seleção brasileira. A esperança é que a preparação para essa Copa do Mundo seja a mais profissional possível, diferente de 2006.

E você torcedor, o que acha? Quem se destacou na Copa das Confederações? Quem não deveria ser convocado? Quem você gostaria de ver na seleção brasileiro? Opine!

Anúncios

Read Full Post »

Dunga (Jorge William/O Globo)

Na tarde desta quinta-feira o técnico Dunga apresentou a lista dos 23 jogadores que defenderão a seleção brasileira nas duas próximas rodadas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 e na Copa das Confederações. O Brasil enfrentará o Uruguai no próximo dia 6 de junho no Estádio Centenário, em Montevidéu e o Paraguai no dia 10, no Estádio Arruda, no Recife. Após essas partidas das eliminatórias, a seleção viajará para a África do Sul para disputar a Copa das Confederações de 14 a 28 de junho. O grande destaque da lista foi a convocação de cinco jogadores que atuam no futebol brasileiro (Victor, André Santos, Kléber, Ramires e Nilmar).

Apesar de Dunga ter convocado os quatro atletas que já mereciam há algum tempo uma chance na seleção brasileira, o treinador continua insistindo com o já ultrapassado volante Gilberto Silva. Não consigo entender o que Dunga vê no jogador que atua no Panathinakos, da Grécia. Realmente Gilberto  já foi útil à seleção, mas há muito tempo se demonstra perdido em campo. Outra surpresa foi a ausência de Ronaldinho Gaúcho, que mesmo em má fase e na reserva do Milan, vinha sendo convocado nas últimas partidas do Brasil.

Pelo menos é um bom sinal. Que Dunga abra os olhos e perceba mais os talentos que jogam no Brasil e deixem jogadores descomprometidos de fora do selecionado. Aos 26 anos, Victor já merecia ser convocado por suas atuações com a camisa do Grêmio e com a contusão do reserva Doni, o goleiro terá sua chance. André Santos foi um dos destaques do Corinthians na campanha do Campeonato Brasileiro da série B no ano passado. Esse ano o lateral esquerdo continua sendo decisivo e é uma ótima aposta para suprir a falta de um jogador técnico e habilidoso na esquerda. Ramires e Nilmar não precisam de apresentações e atualmente são os dois melhores jogadores do futebol brasileiro.

Gostei da convocação de Dunga e acho que esse período de um mês que a seleção brasileira passará junta, será muito importante para que o treinador conheça melhor as características de cada atleta e resolva os ‘problemas’ das laterais. Mesmo faltando apenas um ano para a Copa do Mundo da África do Sul, muita coisa deve mudar até lá. É a grande oportunidade de se preparar para o hexacampeonato mundial.

Veja a lista com todos os convocados:

Goleiros
Júlio César (Internazionale-ITA)
Gomes (Tottenham-ING)
Victor (Grêmio)

Laterais
Daniel Alves (Barcelona-ESP)
Maicon (Internazionale-ITA)
Kléber (Internacional)
André Santos (Corinthians)

Zagueiros
Alex (Chelsea-ING)
Juan (Roma-ITA)
Luisão (Benfica-POR)
Lúcio (Bayern de Munique-ALE)

Volantes
Anderson (Manchester United-ING)
Gilberto Silva (Panathinakos-GRE)
Josué (Wolfsburg-ALE)
Felipe Melo (Fiorentina-ITA)

Meias
Elano (Manchester City-ING)
Kaká (Milan-ITA)
Júlio Baptista (Roma-ITA)
Ramires (Cruzeiro)

Atacantes
Nilmar (Internacional)
Robinho (Manchester City-ING)
Luís Fabiano (Sevilla-ESP)
Alexandre Pato (Milan-ITA)

Read Full Post »

Diego

As partidas de volta das quartas-de-final da Copa da UEFA aconteceram na tarde dessa quinta-feira. E a rodada teve grande destaque e influência de brasileiros que atuam no Velho Continente.

 

Na Inglaterra, o Manchester City enfrentou o Hamburgo e precisava vencer a partida por dois gols de diferença, já que no primeiro confronto na Alemanha, os donos da casa ganharam por 3X1. Mas a equipe de Elano e Robinho – em péssima fase e completamente apagado na partida -, não alcançou o objetivo mesmo vencendo a partida por 2X1, o que não foi suficiente. Os gols da partida foram marcados por Elano e Caicedo para o Manchester City e Guerrero descontou para o Hamburgo. O resultado classificou a equipe do zagueiro Alex Silva para as semifinais.

 

O maior destaque tupiniquim dessa quinta-feira foi o meia Diego, atleta do Werder Bremen. O time alemão empatou em 3X3 com a Udinese, em Udine, na Itália, e avançou às semifinais da Copa da UEFA graças à vitória na partida de ida, na Alemanha, por 3X1. Diego, futuro reforço da Juventus, fez bonito. Além de marcar dois gols no jogo e dar a assistência para o terceiro, o meia ainda desperdiçou um pênalti. O outro gol do Werder foi marcado pelo peruano Pizarro. Os italianos da Udinese marcaram através de Inler e Quagliarella (2).  

 

Após o empate em 0X0 na primeira partida das quartas-de-final no Parque dos Príncipes, em Paris, os franceses do PSG foram à Ucrânia e perderam por 3X0 para o Dínamo de Kiev. A equipe ucraniana chegou às semifinais da Copa da UEFA com gols de Bangoura, Landreau (contra) e Vukuojevic.

 

No duelo entre Shakhtar Donetsk e Olympique de Marselha, mais uma vez o futebol brasileiro foi decisivo. Jogando no estádio Velodrome, casa dos franceses, Fernandinho e Luiz Adriano anotaram os dois gols do Shakhtar e Ben Arfa descontou para o Olympique, garantindo a equipe ucraniana nas semifinais da competição. O primeiro jogo terminou em 2X0 para o Shakhtar, que ainda conta com os brasileiros Ilsinho, Willian e Jadson.

 

Com os resultados, os duelos das semifinais da Copa da UEFA serão disputados em clássicos locais, veja:

Hamburgo X Werder Bremen

Shakhtar Donetsk X Dínamo de Kiev 

Read Full Post »

« Newer Posts