Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Diabos Vermelhos’

Iniesta

Emocionante e dramático. Essas são as melhores definições para o jogo de volta das semifinais da Champions League entre Chelsea e Barcelona, no Stamford Bridge, em Londres. Após o empate sem gols no Camp Nou, as duas equipes precisavam da vitória para chegar à final. O Chelsea saiu na frente e nos acréscimos do segundo tempo, Iniesta empatou o jogo e confirmou a vaga na decisão da competição européia.

O jogo começou muito disputado e logo aos oito minutos, os Blues apresentaram o cartão de visitas aos espanhóis. Lampard iniciou a jogada e a bola sobrou para Essien, que encheu o pé e fez um golaço. O Barcelona não se intimidou e continuou partindo para cima. Em um jogo franco, o Chelsea também chegava à meta de Valdés com perigo. Em uma dessas oportunidades, Drogba quase ampliou o placar. O marfinense bateu falta e Valdés fez boa defesa. O primeiro tempo acabou e o grande erro dos espanhóis foi a falta de pontaria nas chances criadas.

O Chelsea voltou para a segunda etapa procurando o segundo gol para complicar a vida do Barça. E chances não faltaram. Drogba e Malouda perderam boas oportunidades. Os espanhóis sentiam a pressão dos Blues e em uma das investidas dos ingleses, o lateral esquerdo Abidal fez falta em Anelka e foi expulso. As coisas se complicaram para o Barcelona que continuava disperso em campo, longe das brilhantes atuações no campeonato espanhol e na própria Champions League. 

O juiz norueguês Tom Henning informou o auxiliar que daria quatro minutos de acréscimo. O Barcelona parecia entregue enquanto a torcida do Chelsea cantava e vibrava com a vitória e a possível vaga na decisão. Mas os minutos de acréscimos reservavam algo para a equipe de Pep Guardiola.

Aos 47 minutos, após um bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Eto’o no lado esquerdo da grande área. O camaronês não conseguiu dominar, a bola espirrou e chegou aos pés de Messi, que ergueu a cabeça e encontrou Iniesta na entrada da área. Iniesta encheu o pé e colocou a bola no ângulo de Cech, calando o estádio e deixando a equipe de Guus Hiddink desnorteada.

Foi um grande jogo. O Chelsea perdeu a chance de chegar a segunda final de Champions League seguida e tentar dar o troco no rival Manchester United, que venceu a competição nos pênaltis na temporada passada. Com o empate, o Barcelona confirma presença na grande decisão e enfrentará os Diabos Vermelhos em busca do tricampeonato do maior campeonato de clubes do Mundo.

O jogo entre espanhóis e ingleses acontece no próximo dia 27, em Roma, na Itália. Certamente será mais uma final sensacional e não vejo favorito. Independente de quem seja o vencedor, a única certeza é que o título estará em boas mãos. No momento, Manchester e Barcelona são as melhores equipes do mundo e mereceram chegar à final.

Read Full Post »

Cristiano Ronaldo

O maior e mais rico clube do mundo no momento é o Manchester United. Isso não é novidade para ninguém. Como também não é novidade que com um elenco poderoso e repleto de estrelas, o mais provável mesmo seria que os Diabos Vermelhos chegassem à decisão da Champions League. E chegaram em grande estilo.

Jogando na casa do rival Arsenal, no Emirates Stadium, em Londres, a equipe dirigida por Alex Ferguson passeou em campo, venceu por 3X1 e confirmou presença na decisão do campeonato de clubes mais importante do Mundo. Com a vitória na primeira partida por 1X0, o Manchester precisava apenas do empate para obter a vaga. Engana-se quem pensa que a equipe entrou recuada para jogar pelo resultado igual.

Em 5 minutos, os Diabos Vermelhos resolveram a parada. Aos 8 minutos, após uma jogada luso-brasileira entre Anderson e Cristiano Ronaldo, o português cruzou a bola para a área e Park abriu o placar, contando com uma falha de Gibbs. Três minutos depois, o melhor jogador do Mundo cobrou uma falta de muito longe. Forte,  venenosa e sem chances para o goleiro Almunia, Cristiano Ronaldo marcou o segundo gol e aumentou a vantagem do Manchester.

O terceiro gol do Manchester foi fantástico. Aos 16 minutos do segundo tempo, C.Ronaldo dominou a bola no campo de defesa e tocou de calcanhar para Park. O coreano viu Rooney aberto na ponta esquerdo e lançou. Rooney avançou com a bola e tocou para o meio da área, encontrando C.Ronaldo que tocou na saída do goleiro. Nesse contra-ataque fulminante, os Diabos Vermelhos acabaram com o jogo e com o Arsenal, que ainda descontou na bonita cobrança de pênalti do holandês Van Persie.

Final de jogo em Londres e mais uma bela apresentação do Manchester e de C.Ronaldo, que fez dois gols e deu o passe para outro. Com a vaga na decisão do próximo dia 27 em Roma, na Itália, os ingleses apenas aguardam seu adversário, que será conhecido amanhã no jogo entre Chelsea e Barcelona. O Manchester tem tudo para se tornar o bicampeão da Champions League. A última vez que um time alcançou esse feito foi nas temporadas 88/89 e 89/90, quando o Milan derrotou os romenos do Steaua Bucareste e o Benfica, de Portugal.

Vale lembrar que nas três vezes que o Manchester United chegou à decisão da Champions League (67/68, 98/99 e 07/08), os ingleses foram campeões. Será que está pintando o tetracampeonato? Imagine uma final com Cristiano Ronaldo e Messi em campo. Seria um incrível duelo particular.

Read Full Post »

Desde o começo da UEFA Champions League 2008/2009, o Manchester United era apontado como o grande favorito para conquistar o bi-campeonato.

 

Pouco a pouco, os Diabos Vermelhos vão confirmando as opiniões dos especialistas e agora a equipe de Sir Alex Ferguson está a um empate de chegar pela quarta vez na história a uma final da competição de clubes mais importante do Mundo.

 

Jogando em Old Trafford, o Manchester venceu o rival Arsenal por 1X0, com gol do lateral direito O’Shea, aos 17 minutos do primeiro tempo. Na próxima terça-feira, as duas equipes disputarão a partida de volta no Emirates Stadium, em Londres. Os Diabos Vermelhos jogarão pelo empate para garantir uma das vagas na grande decisão no estádio Olímpico de Roma, em 27 de maio.

Read Full Post »