Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Denis’

Borges foi bem marcado e o São Paulo continua em crise

O Galo não precisou se esforçar muito para voltar à liderança do Campeonato Brasileiro e vencer o São Paulo por 2X0. Com um time bem postado dentro de campo, o Atlético-MG começou o jogo pressionando o Tricolor e logo no primeiro minuto da partida, o atacante Diego Tardelli aproveitou o vacilo de Miranda e abriu o placar. Os 54.214 atleticanos que foram ao Mineirão explodiram.

O São Paulo, totalmente apático dentro de campo, não demonstrava forças para buscar o empate. Erros de passes, posicionamento confuso, laterais que não marcam e não apóiam, zagueiros inseguros e volantes lentos. Enquanto isso, o Galo que nada tem a ver com a crise são paulina, foi dominando o jogo. A troca de passes envolvente dos homens de meio campo com os atacantes resultou em pelo menos quatro oportunidades claras de gol. Diego Tardelli poderia ampliar o placar após cruzamento da esquerda, mas o atacante cabeceou para fora.

O tempo foi passando e os mineiros tiraram o pé do acelerador, mas não perderam o domínio da partida. O Tricolor até melhorou um pouco nos últimos minutos da primeira etapa e, enfim, conseguiu finalizar uma jogada. Primeiro, aos 36 minutos, Dagoberto arriscou de fora da área e a bola passou por cima do gol. Depois, Júnior César avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para a área. A zaga atleticana furou e Aranha salvou o gol que seria o empate do São Paulo.

Na segunda etapa, o São Paulo voltou buscando mais o jogo, mas o esquema montado pelo técnico Celso Roth, com três zagueiros, anulou Dagoberto e Borges no jogo. E logo aos sete minutos do segundo tempo, o Atlético-MG ampliou a vantagem. O volante Serginho tabelou com Diego Tardelli, invadiu a área e na cara de Denis marcou o segundo gol. Foi tudo que a equipe mineira desejava. Os gols nos começos das duas etapas deram tranquilidade ao time e acabaram com as esperanças são paulinas de reação no jogo.

O jogo acabou com a torcida atleticana gritando ‘olé’ enquanto os jogadores do Galo colocaram os do São Paulo na roda e tocaram a bola até o final. Com a vitória, o Atlético-MG chegou aos 24 pontos e retomou a liderança do Brasileirão-09. O São Paulo, estacionado nos 11 pontos, namora com a zona do rebaixamento e terminou a 11ª rodada na péssima 15ª colocação. Enquanto o Galo sobra, o São Paulo não consegue reagir. A má fase e a falta de reação da equipe paulista já é preocupante. Ricardo Gomes não consegue encontrar um padrão tático ideal, a consistência de outrora acabou e fica nítido que os jogadores estão abatidos e desunidos.

Na próxima rodada, o Atlético-MG irá até a Bahia e jogará contra o Vitória, 4º colocado no campeonato. O São Paulo recebe o Santos, no Morumbi, e fará o clássico dos times em crise.

E você torcedor, acha que o Atlético-MG conseguirá manter o mesmo ritmo até o final do Brasileirão-09? E o São Paulo, conseguirá se recuperar? O que deve ser mudado no Tricolor? Opine!

Nota: Publicada também no site FutNet.

Anúncios

Read Full Post »

– Devido as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, a 5ª rodada do Campeonato Brasileiro foi desmembrada e começou na quinta-feira. Santo André e Santos fizeram um jogo eletrizante e empataram em 3X3, no Estádio Bruno José Daniel. O empate teve sabor de derrota para o alvinegro praiano, já que a equipe do técnico Vagner Mancini cedeu o empate por três vezes aos donos da casa. Os destaques positivos da partida foram os bonitos gols do Santos. Kléber Pereira fez o primeiro após driblar o goleiro Neneca, Madson fez um bonito gol de primeira e Fabão encheu o pé em cobrança de falta para fazer o terceiro. Pelo lado do Santo André, Nunes foi o destaque com dois gols. Porém, como acontece constantemente, Fábio Costa foi o destaque negativo do jogo. O goleiro santista, que em muitas vezes é maldoso nas divididas com os atacantes adversários, manteve a escrita e repetiu a ação em dose dupla. Primeiro deu uma entrada criminosa em Gustavo Nery, que saiu de campo de maca e foi direto para o hospital, será operado e desfalcará a equipe por três meses. Na segunda vez, a vítima de Fábio Costa foi o atacante Nunes. Lamentável.

– O Grêmio conquistou sua segunda vitória no certame nacional também na quinta-feira, após vencer o Náutico por 3X0, no Estádio Olímpico. Destaque para Souza e Maxi Lopez, que na semana passada se desentenderam e criaram um clima ruim no grupo gremista, mas deram a volta por cima e marcaram os gols da vitória. Souza fez dois e o argentino completou o marcador.

– No sábado, em partida isolada, o Corinthians venceu o Coritiba e deixou os paranaenses em situação delicada na tabela. Destaque para a boa partida de Douglas, que começou a jogada do primeiro gol e marcou o segundo. Souza, enfim, fez um gol com a bola em jogo e agora soma míseros três gols em 27 jogos com a camisa alvinegra. Pouco, muito pouco para um atacante de uma equipe grande e que ganha um salário que não condiz com suas atuações. Outro fato que merece destaque foi a postura de Jucilei em campo. Muito rápido e habilidoso, o volante aos poucos vem ganhando espaço e pode se tornar titular nos próximos jogos. O Coritiba continua com um ponto em 15 disputados e Renê Simões já se vê ameaçado no comando da equipe.

– No domingo a rodada teve os outros sete jogos. No Palestra Itália, o Palmeiras sofreu, tomou sufoco e mesmo assim conseguiu sair com a vitória graças a um gol de cabeça de Maurício Ramos, nos acréscimos da partida. O placar de 2X1 não mostrou o que realmente foi visto em campo. O Vitória criou as principais chances de gols e ainda teve um gol não validado pela arbitragem. Apodi levantou a bola na área, Roger cabeceou e Marcos fez mais um de seus milagres, mas a bola já tinha passado da linha, porém a arbitragem mandou o jogo seguir, o que causou indignação por parte dos jogadores e da diretoria do clube baiano. O Palmeiras anda meio perdido em campo e a pressão da torcida em cima de Keirrison e, principalmente, de Vanderlei Luxemburgo, parece atrapalhar o rendimento de todo o grupo.

– O São Paulo bem que tentou, mas não conseguiu tirar o zero do placar na partida contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. Sem Eduardo Costa, machucado e Miranda, servindo a Seleção Brasileira, Muricy mudou o esquema e voltou para o 4-4-2, com o estreante Jean Rolt na zaga ao lado de André Dias e Hernanes, Richarlyson, Jean e Marlos no meio campo. Porém, a tarde foi dos goleiros, principalmente de Eduardo Martini, que fez pelo menos quatro defesas difíceis e importantes em investidas são paulinas. Denis também foi bem e começa se firmar na meta Tricolor. Mas num contexto geral, o São Paulo não mostrou o mesmo futebol da partida contra o Cruzeiro, teve muitas dificuldades no meio e no ataque e não agradou a torcida. Dois destaques negativos no jogo. Hernanes continua em péssima fase e ontem deu provas disso novamente. E o Washington, que há duas semanas auxiliou o companheiro Borges, fez o mesmo. Não conseguiu dominar uma bola, não levou nenhum perigo à meta adversária e ainda saiu esbravejando quando foi substituído por Dagoberto. Muricy Ramalho terá mais trabalho para domar os egos de seus jogadores.

– Nos outros jogos, citarei apenas as principais considerações. Grande partida do Sport na estreia de Émerson Leão no comando da equipe. Em oito minutos, os pernambucanos viraram o jogo contra o Flamengo com três gols de Weldon e um de Durval. O Atlético-MG confirmou o bom começo no Brasileirão-09 e atropelou o apático Atlético-PR dentro da Arena da Baixada, com destaque para Diego Tardelli e Eder Luis. O Fluminense venceu o rival Botafogo na bacia das almas, no finalzinho do jogo, gol um bonito gol de Fred. O jogo mais esperado da rodada entre Cruzeiro e Inter terminou empatado e foi marcado por mais uma confusão envolvendo o atacante Kléber, que foi expulso com justiça após empurrar Marcelo Cordeiro. A mesma justiça foi feita na expulsão do goleiro Lauro, que tomou as dores do companheiro e chutou Kléber.

Resultado e a classificação após a 5ª rodada do Brasileirão-09:

Santo André (14°) 3X3 (4°) Santos
Grêmio (8°) 3X0 (5°) Náutico
Corinthians (9°) 2X0 (19°) Coritiba
Palmeiras (6°) 2X1 (3°) Vitória
Sport (15°) 4X2 (11°) Flamengo
Avaí (17°) 0X0 (12°) São Paulo
Goiás (13°) 2X2 (16°) Barueri
Cruzeiro (10°) 1X1 (1°) Internacional
Atlético-PR (20°) 0X4 (2°) Atlético-MG
Fluminense (7°) 1X0 (18°) Botafogo

E você torcedor, o que achou da 5° rodada do Brasileirão? Opine!

Read Full Post »

Denis

Os goleiros foram decisivos na tarde deste domingo no Palestra Itália. Com 35 anos, Marcos não precisa provar nada para ninguém: ídolo do Palmeiras, campeão do mundo pelo Brasil e com uma carreira brilhante. Denis tem 22 anos, foi revelado pela Ponte Preta, disputou apenas a segunda partida com a camisa do São Paulo e é apontado como possível sucessor de Rogério Ceni. O que esses dois goleiros têm em comum? Ambos fizeram uma grande partida hoje, mostraram que a experiência e a juventude podem fazer a diferença no futebol e pelas mãos de Marcos e Denis, o clássico Palmeiras X São Paulo terminou empatado em 0X0.

Alviverdes e tricolores têm como objetivo no primeiro semestre a Taça Libertadores da América e ambos iniciarão as quartas-de-final nesta semana. O primeiro contra o Nacional-URU e o segundo contra o Cruzeiro. Por mais que a prioridade não seja o Campeonato Brasileiro nesse momento, ninguém gosta de perder em clássicos. Por esse motivo, Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho mandaram a campo os times titulares para buscarem a vitória e se prepararem para os confrontos decisivos da competição sul-americana.

O clássico foi empatado até mesmo nas oportunidades de cada equipe. Aos 8 minutos da primeira etapa o São Paulo quase abriu o placar. A bola foi levantada para a área e o zagueiro André Dias cabeceou forte, mas Marcos fez seu primeiro grande milagre na partida. Quatro minutos mais tarde, Mozart errou feio na saída de bola, Jorge Wagner roubou a bola e lançou para Dagoberto. O atacante obrigou Marcos a fazer outra importante defesa.

Com a pressão são paulina, o Palmeiras acordou e também quase abriu o placar em duas oportunidades. Primeiro foi a vez de Diego Souza, que arriscou de fora da área e Denis defendeu. Depois foi a vez do goleiro Tricolor fazer seu milagre também. Aos 31 minutos, Wendel cruzou da direita e Keirrison mandou de voleio para o gol. Denis espalmou fazendo uma ótima defesa. Mesmo com o São Paulo melhor na primeira etapa, o Palmeiras cresceu na segunda metade dos 45 minutos iniciais. O jogo foi para o intervalo e os treinadores saíram reclamando do árbitro Rodrigo Braghetto.

Com os ânimos mais calmos, o segundo tempo começou e o Palmeiras voltou com duas mudanças. Luxemburgo colocou o atacante Lenny no lugar do zagueiro Danilo e  Souza na vaga de Mozart, deixando sua equipe mais ofensiva. O primeiro lance interessante do segundo tempo foi o mais polêmico do jogo. Diego Souza driblou Miranda dentro da área e caiu pedindo pênalti. O juiz não marcou a penalidade e causou revolta nos jogadores alviverdes. O lance é discutível e com o recurso da TV, esse blogueiro marcaria o pênalti.

O jogo ficou morno e as equipes não se arriscavam muito. Aos 30 minutos a partida voltou a ter emoção. O zagueiro Maurício Ramos fez falta em Dagoberto e tomou seu segundo cartão amarelo, sendo expulso pelo árbitro. Depois, Dagoberto e Washington tiveram mais duas chances de dar a vitória ao São Paulo. Primeiro Dagoberto invadiu a área palmeirense e chutou forte, mas Marcos defendeu. Aos 46 minutos, W9 teve a melhor chance da partida e por muito pouco não saiu do seu jejum de gols que agora dura sete partidas. O atacante fez bonita jogada, cortou duas vezes o zagueiro Marcão e chutou para o gol, mas ‘São Marcos’ operou outro milagre. Ainda deu tempo de Diego Souza cabecear uma bola no chão e obrigar o jovem goleiro são paulino a fazer outra boa defesa.

O jogo foi muito bom e movimentado. O resultado igual foi justo pelo que as duas equipes produziram e principalmente pelas ótimas atuações de Marcos e Denis. Marcos continua salvando o Palmeiras e é cada vez mais idolatrado pela torcida alviverde. Denis que jogou sua primeira partida inteira como titular do São Paulo, atingiu as expectativas da torcida e de Muricy Ramalho, fazendo boas defesas e se mostrando seguro embaixo da trave. O jovem goleiro tem tudo para ser o sucessor do ídolo Rogério Ceni. Com o empate, o Palmeiras somou seu quarto ponto na competição e terminou a 3ª rodada na 11ª posição. O São Paulo ainda não venceu nesta edição do Campeonato Brasileiro, somou seu segundo ponto e está na 16ª posição. Agora, as duas equipes voltam todas as atenções para a Libertadores.

Read Full Post »

Denis

O São Paulo vive dias nebulosos e ainda não jogou um futebol digno do hexa campeão brasileiro nesta temporada. Alguma novidade? Não.

Imprensa, torcedores e até mesmo os dirigentes sabem que grande parte dessa sequência ruim se deve a grave lesão que afastará o ídolo e capitão Rogério Ceni dos campos por pelo menos quatro meses. Até mesmo Muricy Ramalho, que foi severamente criticado e teve seu trabalho em risco nas últimas três temporadas, mas no final de 2006, 2007 e 2008 terminou sorridente e nos braços da torcida, sabe que não ter o seu homem de confiança em campo é agravante para explicar esse princípio de crise.

O substituto imediato de Rogério Ceni era o goleiro Bosco, no São Paulo desde 2005 e famoso por ser um grande companheiro do grupo. Bosco foi titular da equipe nas últimas cinco partidas e sofreu oito gols. Nenhum problema, afinal a fase da equipe do Morumbi não é das melhores. Mas no último domingo, Bosco sofreu uma contusão no jogo contra o Atlético-PR e ficará de fora – pelo menos – dos próximos dois jogos do São Paulo.

Pronto. Chegamos ao foco principal. Com os dois principais goleiros contundidos, surgiu a oportunidade do jovem Denis, terceiro goleiro do elenco, atuar em dois jogos importantíssimos para o futuro do Tricolor. No próximo domingo contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro e na próxima quarta-feira contra o Cruzeiro, pela Libertadores.

É a chance de ouro que qualquer atleta aos 22 anos espera receber na carreira. Ainda mais se tratando de São Paulo e na posição específica de goleiro, onde o maior ídolo da história do clube reina soberano há 13 anos (RC tem 18 anos no clube, mas só virou titular em 1997). Essa afirmação é correta, certo? Imagino que sim, já que Denis é muito elogiado por seus companheiros e pela comissão técnica do Tricolor e é fato que ele também acredite que é a grande chance de sua carreira.

Em partes, Muricy Ramalho também pensa assim. O treinador do São Paulo proibiu que o jovem arqueiro conceda entrevistas nos próximos dias, alegando que nesse momento o mais importante para Denis é pensar em jogar futebol e não em conversar com a imprensa. O termo ‘blindar’ virou moda no futebol atual. Não acho que seja errado, mas em casos como esses, vejo como certo exagero do comandante Tricolor. Como se não bastasse a imensa pressão que está sendo depositada sobre o jovem goleiro, uma hora ou outra ele terá que se acostumar que para sobreviver no futebol é preciso saber contornar adversidades e lidar com a pressão a todo momento.

Caso Denis pudesse conversar com a imprensa nesses dias que antecedem os jogos importantes, quem sabe a pressão seria diminuída e o goleiro atuasse com mais calma e melhor focado nas partidas. Vale lembrar que na posição de goleiro a falha é mais visível que em qualquer outro setor de um campo de futebol. Se Denis atuar bem fazendo duas ou três defesas importantes será sempre lembrado e terá o total apoio do torcedor são paulino. Em caso contrário, uma falha pode complicar a carreira inteira de um talentoso jovem. É de se pensar.

Você, amante do futebol, o que acha? Muricy Ramalho está certo ou errado? Opine!

Read Full Post »

– Na noite de segunda-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou o meia palmeirense Diego Souza e suspendeu o atleta por 8 jogos, que só serão cumpridos no Campeonato Paulista de 2010, caso Diego ainda atue em alguma equipe do Estado. A punição é referente a briga de  jogador com o zagueiro Domingos, do Santos, na segunda partida da semifinal do Paulistão-09. Na ocasião, o camisa 7 do Palmeiras foi expulso por agredir o defensor santista. Domingos, por sua vez, também foi julgado e punido em apenas dois jogos.

– Outra baixa no São Paulo. Dando sequência na onda de azar e contusões, o mais novo integrante do departamento médico Tricolor é o goleiro Bosco, substituto de Rogério Ceni. Na partida do último domingo contra o Atlético-PR, o arqueiro sofreu um entorse no joelho esquerdo que foi detectado após uma ressonância magnética realizada pelos médicos do clube. A única boa notícia é que Bosco não precisará se submeter a nenhuma cirurgia, mas por outro lado, Muricy Ramalho não poderá contar com o goleiro por pelo menos uma semana. No clássico do próximo domingo contra o Palmeiras, o goleiro do São Paulo será o jovem Denis, terceiro goleiro do elenco.

– Após o jogo de domingo contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, os jogadores corintianos Felipe, Chicão e Cristian, concederam entrevistas polêmicas apontando que o Corinthians só não venceu a partida por individualismo do lateral esquerdo André Santos, que não tocou a bola para Ronaldo na chance mais clara de gol da partida. Com o eminente perigo de racha no elenco, Mano Menezes deu uma de ‘paizão’ e ontem durante o treinamento do Timão em General Severiano, visando o confronto contra o Fluminense na próxima quarta-feira pela Copa do Brasil, o treinador conversou com todos os jogadores do elenco por quase uma hora e colocou panos quentes na situação.

– O atacante Adriano treinou ontem pela primeira vez com a camisa rubro-negra desde o seu retorno ao Flamengo. O Imperador reconheceu que ainda não está na sua melhor forma física e que será preciso muito esforço nas próximas semanas até o dia da estreia, que está prevista para o próximo dia 30 de maio, quando o Flamengo enfrentará o Atlético-PR no Maracanã.

– Os jogadores do Barcelona vivem uma ótima fase dentro dos gramados. Mas não é só em campo que eles estão rindo à toa. O clube catalão pagará a pequena bagatela de R$110 milhões para jogadores e comissão técnica como premiação pela tríplice coroa (Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Champions League). Para que Messi, Henry, Xavi, Iniesta, Eto’o e companhia ganhem essa grande bolada, resta apenas a equipe conquistar o título da Champions League contra o Manchester United, no próximo dia 27, já que o título nacional e a Copa do Rei já foram conquistados.

– O zagueiro Fábio Cannavaro, campeão do mundo com a Itália em 2006 e eleito o melhor jogador desse ano pela FIFA, acertou ontem o retorno à sua terra natal. O experiente zagueiro jogou nas últimas três temporadas pelo Real Madrid e a partir do dia 1° de julho, voltará a vestir a camisa da Juventus, seu antigo clube.

– O atacante brasileiro Cacau conseguiu se naturalizar alemão no começo desse ano e ontem recebeu a notícia que tanto esperava. O técnico da seleção alemã, Joachim Löw, convocou o jogador para os amistosos contra a China e os Emirados Árabes Unidos, dia 29 de maio e 2 de junho, respectivamente. O atleta de 28 anos já atua na Alemanha há nove anos e atualmente é ídolo do Stuttgart. Cacau é o terceiro brasileiro que veste a camisa da seleção alemã, já que Paulo Rink e Kevin Kuranyi também já jogaram pela seleção nacional.

————
OBS: Peço desculpas aos leitores do Macedo Futebol Clube pela demora nas atualizações com as novidades do mundo do futebol. Ontem e hoje tive problemas com o Speedy e não consegui acessar a Internet. Conto com a compreensão de todos.

Read Full Post »