Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Colo Colo’

A Copa Libertadores da América de 2010 vai chegando ao final da primeira fase. Com os jogos desta noite, todos os 32 times já jogaram cinco partidas. Faltando apenas uma rodada em cada grupo, a situação de cada equipe vai ficando mais clara e os confrontos das oitavas de final já podem ser imaginados.

Os cinco clubes brasileiros ainda estão vivos na competição. O Corinthians venceu mais um jogo, dessa vez contra o Racing, no Uruguai, chegou aos 13 pontos no grupo 1 e terá o fraco Independiente de Medellín como último adversário na semana que vem, no Pacaembu. Já classificado e como possivelmente vencerá o confronto, o Timão chegará aos 16 pontos e terá a melhor classificação da primeira fase, tendo a vantagem de decidir todos os confrontos do mata-mata em casa.

Cruzeiro e São Paulo fizeram campanha idêntica até o momento. Nos cinco jogos disputados, ambos venceram três, empataram uma e perderam outra. O primeiro quesito de desempate é o saldo de gols e até nisso os dois se equivalem: seis gols de saldo para cada equipe. Mineiros e paulistas estão muito próximo de obterem vagas na próxima fase. O Cruzeiro jogará fora de casa, nesta quinta-feira, contra o Colo-Colo, no Chile. Para avançar, um empate basta. Se perder, dependerá de outros resultados.

A situação do São Paulo é bem parecida. O que joga a favor do Tricolor é que a decisão contra o Once Caldas, na semana que vem, será em casa, no Morumbi. Se vencer, terminará como primeiro colocado e com uma boa colocação geral. Se empatar também se classifica. E em caso de derrota, terá que torcer por outros resultados para jogar as oitavas de final.

Outro brasileiro na competição é o Internacional, que hoje empatou com o Emelec, no Equador. O Colorado tem nove pontos e está na segunda colocação do grupo 5, atrás do Deportivo Quito, adversário direto dos gaúchos na próxima semana, no Beira-Rio. Ao Internacional, só a vitória interessa. Empate e derrota podem eliminar a equipe, já que o terceiro colocado do grupo é o Cerro, do Uruguai, com sete pontos. Os uruguaios jogarão em casa contra o último colocado Emelec. Se o Inter não conseguir o resultado e o Cerro vencer, o time gaúcho pode ser eliminado.

A pior situação de um brasileiro na Libertadores é a do Flamengo. Fora de casa, o rubro negro perdeu hoje para o Universidad Católica e estacionou nos sete pontos, deixando os chilenos encostarem com seis. O líder do grupo é outro chileno, a Universidad do Chile, com 11 pontos. A próxima partida do Flamengo será no Maracanã contra o já eliminado Caracas, na semana que vem. É vencer ou vencer para não depender do que acontecerá no clássico chileno. E mesmo vencendo, a equipe carioca não conseguirá alcançar a liderança do grupo, se classificará como um dos melhores segundos colocados. O Mengão não pode nem pensar em empatar e muito menos em perder. Além disso, um saldo de gols alto contra o Caracas pode ser importante.

Já foi muito divulgado, mas não custa lembrar que excepcionalmente nesta edição do torneio sul-americano, apenas os seis melhores segundos colocados avançam às oitavas de final. Isso porque duas equipes mexicanas (Chivas Guadalajara e San Luís), que se classificaram para o mata-mata na edição passada, não puderam disputar os jogos pelo surto de gripe suína que abalou o México. O Chivas entrará nas oitavas como 13º colocado, ou seja, como quinto melhor segundo colocado. O San Luís, por sua vez, será o 14º colocado, o sexto melhor segundo.

Tudo pode acontecer, mas os brasileiros seguem firme rumo ao ponto mais alto da América do Sul. Inclusive, a probabilidade de acontecer um confronto ‘caseiro’ já nas oitavas de final é grande. Essa situação vem acontecendo algumas vezes nos últimos anos. Em 2009, Palmeiras e Sport se enfrentaram. Em 2007 foi a vez de o confronto ser entre Grêmio e São Paulo. Palmeiras e São Paulo também se enfrentaram nessa fase da Libertadores em 2006 e 2005.

Se a Copa Libertadores terminasse hoje, os confrontos das oitavas seriam os seguintes:

Corinthians (1º) X (16º) Banfield/ARG
Alianza Lima/PER (2º) X (15º) Internacional
Universidad do Chile/CHI (3º) X (14º) San Luís/MEX
Once Caldas/COL (4º) X (13º) Chivas Guadalajara/MEX
Cruzeiro (5º) X (12º) Universitário/PER
Deportivo Quito/EQU (6º) X (11º) Vélez Sarsfield/ARG
Libertad/PAR (7º) X (10º) Estudiantes/ARG
Nacional/URU (8º) X (9º) São Paulo

Anúncios

Read Full Post »

Todos os cinco times brasileiros que disputam a Copa Libertadores neste ano entraram em campo nessa semana e jogaram suas partidas fora de casa. Porém, o saldo foi positivo, já que Flamengo e São Paulo conseguiram vencer e Corinthians, Cruzeiro e Internacional empataram seus jogos.

Começando por quarta-feira, o Flamengo foi até a capital da Venezuela enfrentar o time da casa, o Caracas. O jogo foi difícil como o esperado, mas a equipe dirigida por Andrade conseguiu se sair bem e venceu por 3X1, com destaque para o artilheiro Vágner Love, que marcou dois gols, o último, inclusive, com direito a drible no goleiro. A vitória foi bastante comemorada pelos rubro-negros, pois além de terem vencido com um jogador a menos – Toró foi expulso -, se consolidaram na liderança do grupo 8 com duas vitórias em duas partidas disputadas. O Universidad do Chile, que está em 2° lugar com quatro pontos, é o próximo adversário do Mengão na próxima semana.

O Corinthians foi até Bogotá, na Colômbia, jogar contra o Independiente de Medellín, em busca da segunda vitória na Libertadores. Começou bem o jogo, mas foi pouco incisivo e não conseguiu abrir o placar. O time colombiano, por sua vez, pecou demais nas finalizações e perdeu duas oportunidades claras na primeira etapa. No segundo tempo, o Independiente marcou com Valoyes e continuou desperdiçando boas chances. Mas nove minutos depois, Dentinho, que havia saído do banco de reservas, fez uma bonita jogada pelo lado esquerdo do ataque e mandou uma bomba no ângulo do goleiro Bobadilla. O empate teve gosto de vitória pelas circunstâncias do jogo e também por deixar o Timão na primeira colocação do grupo 1, com quatro pontos ganhos. O próximo desafio do alvinegro é na próxima semana, no Paraguai, contra o Cerro Porteño, lanterna do grupo.

Na quinta-feira, outros três brasileiros entraram em campo. Primeiro foi a vez do São Paulo, que vinha de derrota para o Once Caldas e precisava muito de um resultado positivo contra o fraco Nacional paraguaio. Com o estádio Defensores Del Chaco completamente vazio, o Tricolor não teve pressão da torcida, mas quase conseguiu complicar um jogo simples. Começou bem no primeiro tempo e perdeu ao menos três oportunidades de abrir o placar. Com um futebol displicente e disperso, o São Paulo chamou o adversário para cima e quase levou o gol. No segundo tempo, Ricardo Gomes colocou Cléber Santana em campo e a equipe melhorou um pouco, tanto que numa jogada de Dagoberto, Washington ficou livre dentro da área, driblou o goleiro e abriu o placar. No final da partida, Fernandinho, que acabara de entrar, avançou pela esquerda e tocou a bola para o atacante são paulino fazer seu segundo gol no jogo e dar números finais a partida. O São Paulo somou seu sexto ponto na competição e está no 2° lugar do grupo 2, um ponto atrás do líder Once Caldas.

Depois foi a vez do Cruzeiro tentar a sorte em Caracas contra o Deportivo Itália. O jogo começou bastante movimentado e os equatorianos abriram o placar com gol de Blanco, pressionando ainda mais os comandados de Adílson Batista. Mas, o atacante Kleber conseguiu fazer dois gols e virou o jogo para o time mineiro. A Raposa teve outras chances de garantir a vitória, mas pecou na finalização e acabou punida com o gol de empate de McIntosh. No final da partida, Kleber perdeu a cabeça novamente e foi expulso de campo, complicando ainda mais as coisas. O Cruzeiro tem quatro pontos e é o segundo colocado do grupo 7. Porém, o líder Vélez Sarsfield, além de ter dois pontos a mais que a equipe brasileira, ainda tem um jogo a menos. Caso o time argentino vença o próximo confronto contra o Colo Colo, abrirá cinco pontos de vantagem e deixará a situação do Cruzeiro bem delicada.

Por último, o Internacional foi até Quito, no Equador, enfrentar o Deportivo Quito e a altitude de 2.850 metros. Jogando no contra-ataque, a equipe dirigida por Jorge Fossati até ia bem e criava chances, mas o setor defensivo pecou bastante e complicou as coisas. O time equatoriano começou a gostar do jogo e depois de o goleiro colorado ‘Pato’ Abbondanzieri espalmar uma bola, Minda pegou o rebote e fez o gol. O Colorado acordou e empatou cinco minutos depois com gol de Giuliano. Daí para frente, a única coisa que chamou a atenção foi um lance em que o árbitro José Buitrago marcou pênalti para o Deportivo Quito numa dividida entre um jogador equatoriano e o goleiro do Internacional, onde claramente foi falta no arqueiro e não o inverso. Porém, o juiz conversou com o auxiliar e voltou atrás, se esquivando de cometer um erro bizarro. O Internacional chegou aos quatro pontos no grupo 5 e terminou a rodada na 2ª posição, atrás do Cerro, do Uruguai, que é o líder com seis pontos. Na próxima semana os dois se enfrentarão no Uruguai.

Read Full Post »

– O São Paulo está com sérios problemas no setor defensivo. Não que os jogadores estejam em má fase, mas o problema principal são as contusões. Rodrigo está fora por um bom tempo. Aislan se machucou e ainda segue em tratamento. Renato Silva e André Dias também estiveram no departamento médico nos últimos dias e acabaram de retornar. O único que não sofreu lesão foi Miranda. Porém, o zagueiro foi convocado para a Seleção Brasileira e desfalcará o Tricolor nos próximos 20 dias. A saída da diretoria são paulina foi contratar um novo zagueiro. O São Paulo confirmou na noite desta segunda-feira o acordo com Jean, que estava na Ponte Preta. Com 28 anos, o jogador se destacou no último Campeonato Paulista por ser acusado pela diretoria da Portuguesa de ter contribuído para a classificação do Santos na última rodada. A negociação rendeu R$70 mil aos cofres da Macaca.

– Mais uma vez o Corinthians esteve em pauta no STJD. Depois de Cristian, Dentinho e Ronaldo, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou e absolveu o clube nesta segunda-feira. O foco do julgamento foi a invasão de campo de um torcedor corintiano no jogo das quartas-de-final contra o Fluminense, no Maracanã. Caso fosse punido, o Timão poderia perder o mando de campo de um a dez jogos e teria que arcar com uma multa estipulada em até R$200 mil.

– Depois de perder Ramires para a seleção e possivelmente Wagner e Thiago Ribeiro, ambos contundidos, para o confronto do próximo dia 17 pela Taça Libertadores da América, o Cruzeiro conheceu mais um desfalque para a decisão. O experiente lateral esquerdo Athirson sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo e desfalcará a equipe Celeste por pelo menos 30 dias. Mais problemas para o técnico Adilson Batista.

– A Portuguesa também sofre com as lesões de seus atletas. O atacante Christian, um dos mais importantes jogadores do elenco, sofreu uma lesão no menisco medial do joelho direito no jogo contra o Bahia, válido pela série B do Campeonato Brasileiro e será operado amanhã em São Paulo. Mesmo não sendo uma lesão tão grave, o experiente jogador ficará fora por pelo menos um mês. A boa notícia é que o meia Edno, que passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, já começou a fisioterapia e possivelmente voltará ao time no final de junho.

– O Flamengo parece estar nadando em dinheiro. Depois de repatriar Adriano, contratar o velho Petkovic e demonstrar que pretende renovar o empréstimo de Ibson, a diretoria rubro-negra quer mais reforços. Hoje, o vice-presidente de futebol do clube, Kleber Leite, confirmou interesse nos meias Valdívia, do Al Ain, dos Emirados Árabes e Morais, atualmente jogador do Corinthians. Por enquanto não passa de especulação, mas de qualquer forma, caso esses negócios se confirmem, o Flamengo precisará desembolsar altos valores para contar com os atletas.

– Nelsinho Baptista deixou o Sport no último final de semana e abriu espaço para treinadores ‘desempregados’. Os nomes mais cotados para assumir o comando do Leão da Ilha são os polêmicos Renato Gaúcho e Emerson Leão. Possivelmente a definição aconteça já nesta terça-feira, já que representantes do Sport se reunirão com os dois técnicos na capital pernambucana.

– A onda de repatriar medalhões das equipes brasileiras pode ter mais um capítulo. O nome da vez é do veterano Denílson. Depois de ter uma passagem discreta pelo Palmeiras e jogar pelo Itumbiara-GO no primeiro semestre, o Botafogo pode ser o próximo destino do pentacampeão mundial. A informação foi confirmada pelo vice-presidente de futebol, André Silva, que corre atrás de reforços para o Glorioso.

– O Palmeiras continua atrás do lateral direito Figueroa, do Colo Colo. O jogador se destacou nos confrontos contra o Verdão na primeira fase da Libertadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo sugeriu a contratação, já que a equipe está carente nesta posição. Fabinho Capixaba não agrada o treinador e muito menos a torcida e está próximo de deixar o Palmeiras. O diretor de futebol do clube, Genaro Marino, confirmou que a vinda do chileno será definida até o final do mês.

Read Full Post »

Caros leitores, primeiramente peço desculpas por não ter escrito no MFC ontem. O motivo por essa ‘ausência’ virtual foi meramente universitário. De qualquer forma, também não consegui acompanhar totalmente os grandes jogos de quarta e quinta-feira pelo mundo. Vi apenas os gols e poucos lances e, por este motivo, não conseguiria fazer uma análise mais detalhada. Sendo assim, farei alguns breves comentários:

– Barcelona campeão da Champions League. Alguma novidade? Para mim não! Mesmo que o Manchester United seja um grande time e esteja entre os três principais clubes do mundo, o futebol apresentado pela equipe de Pep Guardiola durante toda a temporada já previa que o título ficaria na Espanha. Mesmo não assistindo a partida, pelo pouco que vi e li, minha previsão se confirmou. O Barcelona conquistou o tricampeonato da Champions League sem dificuldades.

– O Cruzeiro venceu o São Paulo na primeira partida da Taça Libertadores da América. Resultado normal pelo bom time cruzeirense, pela importante pressão da torcida e pelo apático time do São Paulo. Muricy Ramalho continua insistindo com Richarlyson, Hernanes e Jorge Wagner. Muricy continua vetando Borges e colocando-o no banco. São ações que podem prejudicar uma temporada inteira e neste caso, poderá até custar o cargo do treinador em caso de eliminação. De qualquer maneira, com todos estes aspectos negativos, o Tricolor continua vivo na Libertadores e além de perder ‘apenas’ por um gol, ter feito gol fora de casa pode ajudar o São Paulo no jogo da volta.

– Como o MFC já havia destacado o Grêmio não teria vida fácil contra o Caracas, na Venezuela. E não teve. Saiu perdendo, empatou e deixou os venezuelanos acreditando que é possível vencer o Tricolor Gaúcho no Brasil na partida de volta. Continuo apostando na classificação gremista, até com certa facilidade. Mas o experiente Paulo Autuori precisará deixar seus jogadores ligados, pois uma surpresa em uma competição como a Libertadores, não seria nada espantoso.

– O Coritiba saiu ganhando do Internacional em pleno Beira-Rio. Um susto para os jogadores, para o técnico Tite e principalmente para a torcida colorada. Mas a fase é tão boa e o conjunto com diversos jogadores decisivos é tão importante, que sem dificuldades o Inter virou o jogo e fez seu dever de casa. O time Coxa Branca ainda acredita que possa reverter o resultado, mas creio que será muito complicado. Se o técnico Renê Simões colocar o time para frente para buscar os dois gols que precisa, será um risco enorme contra um time rápido e habilidoso como o Inter. Vejo o Colorado na final da Copa do Brasil.

– O Corinthians é outro que mesmo jogando fora de casa conquistou um ótimo resultado. Poderia ser melhor, se Elias não tivesse perdido um gol feito na cara do goleiro vascaíno, mas também poderia ser pior, se Felipe não operasse pelo menos três milagres nas investidas do Vasco. O empate fora de casa com gols é bom negócio em competições com regulamentos como a Copa do Brasil. No jogo da volta as equipes estarão reforçadas de seus principais jogadores (Carlos Alberto no Vasco e Ronaldo no Corinthians) e, portanto, creio que o jogo seja melhor tecnicamente. Continuo acreditando que o Timão consiga a vaga na final.

– Vanderlei Luxemburgo é um caso a parte no futebol. Inegavelmente é um ótimo técnico, muito vitorioso e importante para diversas equipes no passado. Mas também é inegável que ele nunca assuma seus erros. Ontem isso aconteceu mais uma vez. Atuando dentro de casa, contra um adversário forte e tradicional, mas nada assustador e que certamente viria mais para se defender do que para atacar, Luxemburgo ‘inovou’ e começou o jogo com três zagueiros e com o fraquíssimo Fabinho Capixaba na lateral direita. Logo viu que os uruguaios começaram a gostar do jogo e promoveu a entrada de Obina e Marquinhos. Mas porque ele não começou com essa formação? Coisas de Luxemburgo, o treinador que quando ganha ele é o diferencial e quando perde a culpa é a da imprensa, da arbitragem, etc. O empate foi ruim para o Palmeiras e o jogo de volta na casa do Nacional será bastante complicado. Apostei que o Verdão passaria de fase, mas depois do resultado de ontem, vejo o Nacional com mais chances. De qualquer forma, ainda acredito que Vanderlei Luxemburgo e sua equipe possam surpreender fora de casa novamente, assim como foi contra o Colo Colo e Sport.

Read Full Post »

Cleiton Xavier

 

Foi duro como era esperado. Foi desgastante e emocionante. Foi na base da raça e da garra. Mas o Palmeiras conseguiu vencer sua batalha no Chile contra o Colo Colo por 1X0, com um gol incrível do meia Cleiton Xavier, aos 42 minutos do segundo tempo. Era tudo que o palmeirense sonhava. O sofrimento de oitenta minutos foi recompensado em grande estilo. Foi recompensado com uma grande classificação, daquelas que unem e dão forças extras para qualquer clube de futebol.

 

Vanderlei Luxemburgo enfatizava que a equipe alviverde precisaria suportar a pressão inicial dos chilenos e o grande objetivo era não sofrer gols no primeiro tempo. Essa realmente foi a tônica dos 45 minutos iniciais. O técnico ousou e colocou o jovem Souza para dar mais reforço ao meio campo no lugar de Willians, deixando Keirrison sozinho no ataque. A torcida empurrava o Colo Colo e fazia o Estádio Monumental, em Santiago, tremer. As coisas começaram a piorar para os chilenos quando Torres, o grande astro da equipe, saiu lesionado e deu lugar para Caroca.

 

Muito nervoso em campo, a equipe chilena começou abrir espaço e o Palmeiras aproveitou. Em duas oportunidades, Keirrison ficou livre no meio da defesa, encheu o pé e a bola caprichosamente bateu na trave. Inacreditável. O Colo Colo sentia a pressão e já imaginava que o segundo tempo não seria fácil.

 

A segunda etapa começou com um Palmeiras mais ofensivo e decidido a partir pra cima. Luxemburgo sacou Wendel e colocou Willians, mas quem pressionava era o Colo Colo. Então, em dois lances distintos, o palmeirense percebeu que a falta de sorte poderia complicar a vida da equipe na Libertadores. Primeiro, o guerreiro volante Pierre se machucou e teve que ser substituído por Evandro. Depois o zagueiro Marcão foi expulso de campo. A torcida chilena inflamava.

 

Após esses sustos a equipe alviverde respirou e foi ao ataque. Foi para o tudo ou nada. Souza e Willians perderam gols. Mas Cleiton Xavier não perdeu. Quando o Colo Colo já estava tranquilo com o empate e começava a catimbar a partida, o Palmeiras ressurgiu no semestre. Aos 42 minutos, o camisa 10 palmeirense dominou a bola na intermediária, deixou dois marcadores para trás e soltou a bomba. O goleiro Muñoz se esticou todo, mas era impossível defender àquela bola.

 

Um gol histórico e heróico. O gol da redenção de uma equipe jovem e em descrédito com torcedores e imprensa. Um gol que faz o Palmeiras chegar às oitavas-de-final da Taça Libertadores da América e mantém o sonho do bi-campeonato Sul-Americano. Até onde essa equipe chegará? É esperar para ver. A Libertadores começa de verdade agora.

 

NOTA: O Sport continua fazendo bonito em sua segunda participação na Libertadores. Os pernambucanos foram até Quito, derrotaram a atual campeã LDU por 3X2 de virada e garantiram o primeiro lugar do grupo 1 com 13 pontos. Os gols da partida foram marcados por Espínola e Vera para os equatorianos e Andrade (2) e Igor para o Leão.

Read Full Post »

Depois de Grêmio e São Paulo, outras duas equipes brasileiras também carimbaram o passaporte para a próxima fase da Taça Libertadores da América.

 

O Cruzeiro enfrentou o Deportivo Quito, no Mineirão, venceu por 2X0 e garantiu a primeira colocação no grupo 5. A partida de hoje foi a 100ª da equipe celeste na competição sul-americana e o sonho do tri-campeonato continua vivo. A equipe Adilson Batista foi melhor durante toda a partida e os gols do jogo foram marcados pelo zagueiro Léo Fortunato e pelo meia Wagner. Ainda pelo mesmo grupo, o Estudiantes foi até Sucre, na Bolívia, e garantiu a classificação após empatar em 0X0 com o Universitário. As atenções cruzeirenses na Libertadores serão suspensas nas próximas duas semanas, já que a equipe enfrenta seu maior rival, o Atlético Mineiro, nas finais do Campeonato Mineiro.

 

Na Ilha do Retiro, o Sport bateu o Colo Colo por 2X1 de virada e chegou pela primeira vez na história à fase de mata-mata da Libertadores. Os gols da partida foram marcados por Millar para os chilenos e Moacir e Vandinho para o Leão. Mesmo com a vitória, a equipe pernambucana ainda não está garantida na primeira posição do grupo, já que ainda pode ser ultrapassada pela equipe chilena e pelo Palmeiras. O Grupo 1, denominado como ‘grupo da morte’, faz jus a afirmação. A última rodada, na semana que vem, promete muita emoção. Enquanto o Sport vai até a altitude de Quito enfrentar a já eliminada LDU, o Verdão pega o Colo Colo, em Santiago, em um duelo de vida ou morte. Para os rubro-negros, o empate é o suficiente para confirmar a primeira posição. E no duelo no Chile, quem vencer passará à próxima fase.

Read Full Post »

Marcão
O último final de semana foi péssimo para os objetivos palmeirenses no primeiro semestre desse ano. Após um começo incrível com goleadas e bom futebol, a equipe foi eliminada do Paulistão-09 e empatou com o Sport em pleno Palestra Itália, pela Taça Libertadores da América, complicando ainda mais sua vida no torneio.

A vitória ante a LDU ontem era mais que a obrigação para manter vivo o desejo de chegar à fase do mata-mata da competição. E o Palmeiras, mesmo não apresentando um bom futebol e com alguns jogadores totalmente perdidos em campo, venceu a equipe equatoriana por 2X0. Agora, a próxima missão do Verdão é na próxima semana em Santiago, no Chile, contra o Colo Colo.

Mesmo com vaias e críticas no último jogo, a torcida palmeirense compareceu em número razoável (17.035 pagantes) na noite de ontem e viu uma equipe que começou a partida pressionando a LDU. Logo aos 3 minutos de jogo, após uma cobrança de falta, a bola sobrou livre para Keirrison, que encheu o pé e obrigou o goleiro Cevallos a fazer grande defesa.

O Palmeiras se mantinha no campo do adversário em busca do primeiro gol, mas não acertava as finalizações e errava muitos passes, deixando a torcida e o técnico Vanderlei Luxemburgo impacientes. Em contrapartida, os equatorianos catimbavam muito – mesmo que o empate também não era bom resultado para eles – e vieram ao Palestra Itália com o intuito de jogar nos contra-ataques.

Em uma dessas investidas, a LDU quase abriu o placar. Aos 31 minutos do primeiro tempo, Araújo arriscou um chute de muito longe, a bola desviou em Marcão e quase traiu o goleiro Marcos, explodindo na trave. No rebote, Bolaños cruzou para a área e a zaga alviverde tirou a bola.

O primeiro tempo acabou e parecia que o Palmeiras não teria forças para ganhar o jogo. Mas no intervalo, Luxemburgo tirou o vaiado Fabinho Capixaba e colocou Marquinhos. Era tudo ou nada. E foi tudo. Logo aos dois minutos do segundo tempo, após um escanteio, o goleiro Cevallos não segurou a bola e Marcão fez seu primeiro gol com a camisa palmeirense. Marquinhos entrou muito bem na partida e mostrou que pode ser titular dessa equipe. Mas aos 26 minutos, se desentendeu com Bolaños e o árbitro uruguaio, Jorge Larrionda, expulsou os dois atletas.

No final da partida, o Palmeiras ampliou a vantagem e confirmou a vitória. Aos 37 minutos, Diego Souza cobrou falta de muito longe e contou com o vacilo de Domínguez, que entrou no lugar do contundido Cevallos e anotou o segundo gol alviverde.

Agora o Palmeiras terá uma semana para trabalhar forte até o jogo decisivo contra o Colo Colo. O Verdão precisa ganhar no Chile para se classificar.

Read Full Post »