Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Botafogo-SP’

A Confederação Brasileira de Futebol, por meio de seu eterno presidente, Ricardo Teixeira, anunciou Muricy Ramalho como o novo treinador da Seleção Brasileira. Dessa forma, o técnico está reunido com a diretoria do Fluminense neste momento para acertar sua rescisão de contrato e, a partir de seguinda-feira, iniciar seu mais desafiador trabalho na carreira.

Enquanto todos acreditavam que Mano Menezes seria o eleito, Muricy Ramalho correu por fora e foi o escolhido. Aliás, escolhido com todos os méritos. Amante do futebol, Muricy tem fama de trabalhador e é o treinador mais vitorioso no cenário nacional nos últimos anos.

Com o bordão “Aqui é trabalho, meu filho”, Muricy iniciou sua carreira como treinador do Puebla, do México, em 1993. Depois, virou discípulo do mestre Telê Santana e trabalhou no São Paulo entre 1994 e 1996. Após rodar por Guarani, Shenhua (China), Ituano, Botafogo-SP e Santa Cruz, em 2002, Muricy chegou ao Náutico, foi bicampeão pernambucano e se tornou ídolo da torcida, sendo até sócio do clube.

A guinada na carreira de Muricy Ramalho aconteceu no Internacional. Em 2003, o técnico levou o troféu do campeonato gaúcho pelo Colorado. Saiu e foi para o São Caetano, conseguindo levar o Azulão ao único título de sua história, o Campeonato Paulista de 2004. Voltou para o Inter, conquistou novamente o título gaúcho e levou a equipe ao vice-campeonato nacional, em 2005.

Os bons resultados fizeram Muricy desembarcar novamente no São Paulo, clube pelo qual ele foi um talentoso meio-campista nos anos 70 e no qual havia trabalho no início dos anos 90. A história de Muricy Ramalho com o Tricolor não poderia ser melhor. O treinador levou o clube paulista ao tricampeonato brasileiro (2006, 2007 e 2008) e colocou seu nome na história. Após tanto tempo, Muricy deixou o São Paulo e foi para o rival Palmeiras, único clube onde o técnico não conseguiu ter sucesso nos últimos tempos.

Neste ano, Muricy foi contratado pelo Fluminense e, mesmo em pouco tempo, o técnico obteve sucesso. Muricy deixa as Laranjeiras pela porta da frente, deixando o time na liderança do Brasileirão-10 e segue para o maior desafio de um treinador de futebol.

A escolha do técnico foi surpreendente, mas positiva. Muricy Ramalho tem contra ele a fama de ser rabugento e enfrentar mais do que o necessário a imprensa. Entretanto, o paulistano parece estar mudado e tem sido mais maleável desde a época em que estava no Palmeiras.

Após o insucesso da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, muito se criticou o Dunga pela inexperiência e, com Muricy no comando, o cenário é completamente oposto. O novo treinador tem um currículo invejável, já trabalho nos principais clubes do Brasil e ainda conseguiu inúmeros títulos. 

De fato, o nome de Muricy Ramalho parece ser o ideal para a renovação pretendida pelo torcedor brasileiro. Muricy é um alucinado por futebol, acompanha todos os tipos de campeonatos e sabe muito bem quem têm e quem não têm condições de vestir a camisa mais tradicional do mundo. Mesmo criticado pela força defensiva de seus elencos e pela insistência com o tal ‘chuveirinho’, Muricy Ramalho é um ótimo trabalhador, não foge da pressão, não faz média com ninguém e, o principal, é honesto.

Por fim, um bom nome e que, ao que tudo indica, terá sucesso à frente da Seleção Brasileira. “A torcida paga ingresso para ver o time vencer. Quem quiser ver espetáculo que vá ao Teatro Municipal”, afinal “a bola pune, meu filho”.

E você torcedor, o que achou da escolha da CBF? Muricy Ramalho é um bom nome? Acredita no sucesso do treinador à frente da Seleção Brasileira? Opine!

Read Full Post »

A primeira fase do Campeonato Paulista terminou nesta quarta-feira. Mesmo com inúmeros erros da Federação Paulista de Futebol, com o desinteresse de times e torcedores, o torneio ainda é o melhor campeonato estadual do Brasil. Quem ganha comemora e quem perde é criticado. Por mais que ninguém dê importância no começo, na fase final todos lutam em busca do título. As equipes que lutarão pela conquista nesse ano já estão definidas: Santos, Santo André, Grêmio Prudente e São Paulo.

A última rodada do Paulistão tinha muito coisa para ser definida. Ainda haviam duas vagas para as semifinais. Quatro times buscavam a classificação. O Grêmio Prudente, que depois que migrou de cidade não perdeu mais, confirmou o favoritismo obtido nas últimas rodadas e venceu o São Caetano por 1 a 0, gol de Wesley. Com a vitória, a equipe de Toninho Cecílio somou oito jogos de invencibilidade, com sete vitórias e um empate. Na semifinal o adversário será o Santo André. A primeira partida será disputada em Presidente Prudente já no próximo final de semana. A vantagem é da equipe do ABC.

A última vaga ficou com o São Paulo. O Tricolor venceu o Santo André por 3 a 1 em Piracicaba e enfrentará o Santos na semifinal. Depois da goleada ante o Botafogo-SP no final de semana, o São Paulo jogou bem novamente e o treinador Ricardo Gomes parece ter achado a equipe ideal com Marlos e Rodrigo Souto no meio campo. O meia fez mais uma boa partida e, se não pecasse tanto nas finalizações, poderia ter se destacado ainda mais. Lúcido, Marlos abriu buracos na defesa rival e deixou os companheiros por várias vezes na cara do gol. O primeiro tento foi anotado por Washington. Um pouco depois foi a vez de Dagoberto e Hernanes tabelaram e o atacante marcou o segundo.

Com mais volume de jogo, o Tricolor poderia ter matado o jogo no primeiro tempo. Porém, o Santo André se mostrou um ótimo time durante toda a competição e, bem organizado, diminuiu a contagem com o oportunismo do atacante Rodrigão ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time do ABC levou mais perigo e obrigou Rogério Ceni a fazer algumas boas defesas. O São Paulo foi perigoso nos contra-ataques e continuou perdendo gols. Mas num escanteio cobrado por Jorge Wagner, Miranda marcou de cabeça e deu números finais ao jogo. A vitória deu a classificação para o São Paulo e a esperança do torcedor Tricolor deve crescer, pois depois de muitos jogos sonolentos na temporada, a equipe mostrou melhoras e agora terá um duro teste contra a sensação do campeonato. O Santos é favorito se avaliarmos as 19 rodadas disputadas, além de ter vantagem nos jogos decisivos. Serão dois grandes confrontos, obviamente.

Na parte debaixo da tabela, três equipes já entraram na última rodada rebaixadas: Rio Branco, Sertãozinho e Monte Azul. O último a cair foi o Rio Claro, que perdeu do Corinthians por 5 a 1 e deu adeus à primeira divisão.

Com tudo definido na primeira fase, listarei abaixo os destaques e as decepções do Campeonato Paulista de 2010 até o momento:

SENSAÇÃO: Santos (15 vitórias e 61 gols marcados)
SURPRESA: Santo André (11 vitórias e 45 gols marcados)
DECEPÇÃO: Palmeiras (11º colocação e saldo negativo de 1 gol)

Read Full Post »

O Campeonato Paulista chegou a sua 13ª rodada neste final de semana. A curiosidade é que o fato mais interessante diz respeito ao único jogo que não foi disputado: Palmeiras X Sertãozinho. A partida estava marcada para as 17h no Palestra Itália e estranhamente foi adiada para a próxima segunda-feira, às 21h, na Arena Barueri. O motivo alegado pela diretoria palmeirense e confirmado pela Federação Paulista de Futebol foi a forte chuva que caiu na manhã de sábado na cidade de São Paulo. Porém, a chuva parou pelo menos quatro horas antes do confronto e, no momento que a partida seria disputada, fazia sol e o gramado apresentava totais condições de jogo. Realmente esse fato pegou todo mundo de surpresa, já que com chuvas muito piores nesse início de temporada, inclusive no próprio Palestra Itália, partidas foram disputadas. Foi veiculado que a torcida palmeirense preparou um grande protesto para a partida de ontem e isso nos faz crer que a chuva não foi fator preponderante para o adiamento do jogo. Se a transferência da partida para Barueri houve por esse motivo mesmo, a diretoria do Palmeiras deu mais uma bola fora. De qualquer forma, nada muda a respeito do jogo. O Palmeiras continua precisando da vitória para continuar sonhando com o G4.

No domingo, o Corinthians como visitante enfrentou o São Caetano na Arena Barueri e, com um futebol pouco objetivo, venceu por 1X0 com gol de Dentinho, no final da partida. Sem vários titulares, Mano Menezes promoveu a entrada do meia Danilo, recuperado de lesão, e também do atacante Iarley. Porém, no primeiro tempo o jogo foi bastante truncado e as equipes se respeitaram demais. Na segunda etapa, o treinador alvinegro colocou os titulares Jorge Henrique e Elias, além do atacante Dentinho, que acabou resolvendo o jogo aproveitando um cruzamento de Jorge Henrique. O Timão chegou a 23 pontos, subiu duas posições e voltou para o G4, agora na quarta colocação.

O líder Santos teve mais trabalho do que o imaginado e conseguiu apenas um empate com a Portuguesa, no Canindé. A Lusa saiu na frente com Héverton no primeiro tempo e Zé Eduardo empatou para o Peixe nos minutos finais. Com a igualdade, o alvinegro chegou a 32 pontos e continua liderando com sobras. Porém, sem a vitória, os ‘Meninos da Vila’ perderam a chance de chegar a 12 vitórias consecutivas e quebrar o recorde atingido por Pelé e companhia no final dos anos 60. O Santos foi mais incisivo no jogo, mas a Portuguesa soube se segurar. Prova disso foi a declaração de Robinho no final do jogo: “O futebol não podia ser tão injusto com a gente. Ficamos em cima deles no segundo tempo todo e graças a Deus conseguimos o gol. Sinceramente, foi um massacre. Só nós jogamos e merecíamos fazer mais gols. Acho que valeu a garra”. Na atualidade, um empate fora de casa num clássico para o Santos é resultado negativo. E é mesmo. Mas o Peixe continua sobrando no campeonato.

Um pouco mais tarde foi a vez do São Paulo entrar em campo, fora de casa, contra a Ponte Preta. Após desempenho fraco nos últimos jogos, os jogadores do Tricolor começaram a mudar a postura e entraram em campo mais ligados. A vitória foi construída ainda no primeiro tempo, com dois gols de Washington e com uma defesa de pênalti do goleiro Rogério Ceni, em cobrança de Fabiano Gadelha. O goleiro são paulino também esteve bem na segunda etapa e foi muito seguro nas investidas do time de Campinas. Mesmo longe do ideal, o torcedor ficou mais tranquilo com o que viu, já que as mudanças começaram a dar certo. Com a vitória, o São Paulo atingiu 24 pontos na tabela e subiu uma posição, agora no terceiro lugar do Paulistão.

Outro destaque positivo continua sendo o Santo André. Jogando em casa contra um forte oponente, o Botafogo-SP, a equipe do técnico Sérgio Soares venceu por 4X1, se manteve no segundo lugar, agora com 30 pontos e encostou no líder Santos. Essa foi a sétima vitória seguida do Ramalhão no campeonato e a equipe vai mostrando que tem força para chegar às semifinais. Já o Botafogo, saiu do G4 com a derrota e estacionou nos 22 pontos. Os gols do jogo foram marcados por Leandro Amaro (Botafogo), Bruno César, Branquinho, Ricardo Conceição e Nunes para o Santo André.

Read Full Post »

Os ‘Meninos da Vila’ estão dando um show no Campeonato Paulista 2010. Recheado de jovens talentosos, o Santos vai deixando rodada a rodada os concorrentes para trás na competição. Na liderança, o alvinegro tem quatro pontos de vantagem para o Santo André (2°), nove ante ao Botafogo-SP (3°) e dez na frente do rival São Paulo, quarto colocado. Além disso, o Peixe tem o ataque mais positivo, o melhor saldo de gols e, obviamente, o maior número de vitórias.

Fora essas questões estatísticas, a equipe do técnico Dorival Junior vem mostrando que futebol bonito e vitórias combinam perfeitamente. Comandados por Robinho, os jovens Paulo Henrique Ganso, Neymar, André, Arouca e Wesley vão fazendo a alegria da torcida pelo futebol objetivo e, quase sempre, impiedoso contra os adversários.

Realmente está dando orgulho de ver essa nova geração jogar. Aí algum torcedor mais rabugento pode dizer: “mas jogar contra equipes inferiores técnica, tática e fisicamente é fácil”. Mas não é isso não. Enquanto os outros grandes tropeçam rodada sim, rodada não, o Santos está sobrando e, inclusive, venceu com categoria os dois clássicos que disputou contra o São Paulo e Corinthians. Quer dizer, até nos clássicos a qualidade está se sobressaindo. Creio que isso tenha uma enorme contribuição do treinador, já que a empolgação dos jovens tem que ser comedida em alguns casos e Dorival Júnior mostra que está conseguindo controlar isso.

Com a pontuação elevada no Paulistão, o Santos possivelmente terminará na primeira colocação. Isso lhe garante decidir o segundo jogo da semifinal e da final na Vila Belmiro. Até lá, creio que continuaremos vendo esse futebol bonito, bem jogado, arrojado e empolgante. O Peixe só não pode fazer igual o Palmeiras fez no ano passado, quando terminou em primeiro e perdeu os dois jogos na semi final para o próprio Santos, quando era apontado como grande favorito ao título. Se o dinheiro europeu ou asiático não tirar esses jogadores do Santos no meio do ano, poderemos ver esse time evoluir muito mais e ser favorito a tudo que disputar no ano. O Santos chegará longe e isso é ótimo para a torcida santista e bom para todos os amantes do futebol.

Read Full Post »