Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \29\-03:00 2009

Caros leitores, primeiramente peço desculpas por não ter escrito no MFC ontem. O motivo por essa ‘ausência’ virtual foi meramente universitário. De qualquer forma, também não consegui acompanhar totalmente os grandes jogos de quarta e quinta-feira pelo mundo. Vi apenas os gols e poucos lances e, por este motivo, não conseguiria fazer uma análise mais detalhada. Sendo assim, farei alguns breves comentários:

– Barcelona campeão da Champions League. Alguma novidade? Para mim não! Mesmo que o Manchester United seja um grande time e esteja entre os três principais clubes do mundo, o futebol apresentado pela equipe de Pep Guardiola durante toda a temporada já previa que o título ficaria na Espanha. Mesmo não assistindo a partida, pelo pouco que vi e li, minha previsão se confirmou. O Barcelona conquistou o tricampeonato da Champions League sem dificuldades.

– O Cruzeiro venceu o São Paulo na primeira partida da Taça Libertadores da América. Resultado normal pelo bom time cruzeirense, pela importante pressão da torcida e pelo apático time do São Paulo. Muricy Ramalho continua insistindo com Richarlyson, Hernanes e Jorge Wagner. Muricy continua vetando Borges e colocando-o no banco. São ações que podem prejudicar uma temporada inteira e neste caso, poderá até custar o cargo do treinador em caso de eliminação. De qualquer maneira, com todos estes aspectos negativos, o Tricolor continua vivo na Libertadores e além de perder ‘apenas’ por um gol, ter feito gol fora de casa pode ajudar o São Paulo no jogo da volta.

– Como o MFC já havia destacado o Grêmio não teria vida fácil contra o Caracas, na Venezuela. E não teve. Saiu perdendo, empatou e deixou os venezuelanos acreditando que é possível vencer o Tricolor Gaúcho no Brasil na partida de volta. Continuo apostando na classificação gremista, até com certa facilidade. Mas o experiente Paulo Autuori precisará deixar seus jogadores ligados, pois uma surpresa em uma competição como a Libertadores, não seria nada espantoso.

– O Coritiba saiu ganhando do Internacional em pleno Beira-Rio. Um susto para os jogadores, para o técnico Tite e principalmente para a torcida colorada. Mas a fase é tão boa e o conjunto com diversos jogadores decisivos é tão importante, que sem dificuldades o Inter virou o jogo e fez seu dever de casa. O time Coxa Branca ainda acredita que possa reverter o resultado, mas creio que será muito complicado. Se o técnico Renê Simões colocar o time para frente para buscar os dois gols que precisa, será um risco enorme contra um time rápido e habilidoso como o Inter. Vejo o Colorado na final da Copa do Brasil.

– O Corinthians é outro que mesmo jogando fora de casa conquistou um ótimo resultado. Poderia ser melhor, se Elias não tivesse perdido um gol feito na cara do goleiro vascaíno, mas também poderia ser pior, se Felipe não operasse pelo menos três milagres nas investidas do Vasco. O empate fora de casa com gols é bom negócio em competições com regulamentos como a Copa do Brasil. No jogo da volta as equipes estarão reforçadas de seus principais jogadores (Carlos Alberto no Vasco e Ronaldo no Corinthians) e, portanto, creio que o jogo seja melhor tecnicamente. Continuo acreditando que o Timão consiga a vaga na final.

– Vanderlei Luxemburgo é um caso a parte no futebol. Inegavelmente é um ótimo técnico, muito vitorioso e importante para diversas equipes no passado. Mas também é inegável que ele nunca assuma seus erros. Ontem isso aconteceu mais uma vez. Atuando dentro de casa, contra um adversário forte e tradicional, mas nada assustador e que certamente viria mais para se defender do que para atacar, Luxemburgo ‘inovou’ e começou o jogo com três zagueiros e com o fraquíssimo Fabinho Capixaba na lateral direita. Logo viu que os uruguaios começaram a gostar do jogo e promoveu a entrada de Obina e Marquinhos. Mas porque ele não começou com essa formação? Coisas de Luxemburgo, o treinador que quando ganha ele é o diferencial e quando perde a culpa é a da imprensa, da arbitragem, etc. O empate foi ruim para o Palmeiras e o jogo de volta na casa do Nacional será bastante complicado. Apostei que o Verdão passaria de fase, mas depois do resultado de ontem, vejo o Nacional com mais chances. De qualquer forma, ainda acredito que Vanderlei Luxemburgo e sua equipe possam surpreender fora de casa novamente, assim como foi contra o Colo Colo e Sport.

Read Full Post »

Treino do Fluminense (26/05/2009)

O Estádio das Laranjeiras receberia mais um treino normal da equipe do Fluminense na tarde desta terça-feira. Mas o dia não foi tão tranquilo como o esperado para o Tricolor Carioca. Após ser eliminado da Copa do Brasil e perder por 4X1 para o Santos, no Maracanã, a “torcida” se revoltou e foi cobrar jogadores e dirigentes na hora do treinamento.

Um grupo com cerca de 30 integrantes representando a torcida organizada do Fluminense, entrou tranquilamente pela área social do clube e com faixas e xingamentos atrapalhou o treino comandado por Carlos Alberto Parreira. Os alvos principais da manifestação nada pacífica foram o lateral direito Eduardo Ratinho, o volante Diguinho, o meia Thiago Neves e o atacante Leandro Amaral. Diguinho, inclusive, foi agredido com um soco por um dos vândalos e assustados, os seguranças do Fluminense chegaram a dar dois tiros para o alto.

Torcedores que deveriam apoiar o time de coração e protestar pacificamente, cada vez mais se intrometem no dia-a-dia dos clubes e são totalmente amparados por dirigentes. Se você não pensa como eu, me diga quantas vezes vemos atitudes como essas em equipes européias? Raramente, muito raramente. No Brasil isso já virou rotina. Basta uma equipe não atuar bem ou ser eliminada de algum campeonato – algo completamente normal no futebol – para que “torcedores” tomem essas atitudes deploráveis.

Eu, você, seus familiares, amigos e conhecidos, pessoas normais de bem, estávamos trabalhando na tarde de hoje, certo? E o que essas pessoas faziam em plena terça-feira às 15h? Xingavam, hostilizavam e agrediam jogadores. Estranho? Que nada. Na minúscula mentalidade de “torcedores” como esses, sair no tapa com jogadores aumentará a habilidade, a vontade e a capacidade dos atletas dentro de campo. Quanta imbecilidade. Por essas e outras que nosso país está desse jeito, por “torcedores” com atitudes ridículas como essas que, infelizmente, acompanhamos mais uma vez hoje.

Read Full Post »

– Adriano Gabiru é um caso a parte na história do Internacional. Mesmo tendo feito o gol mais importante nos 100 anos colorados na final do Mundial de Clubes contra o Barcelona, em dezembro de 2006, o meia não era unanimidade entre a torcida e a diretoria do Inter. Após rodar em alguns clubes, Gabiru está de volta. E pasmem. O jogador é o principal reforço do Guarani para a disputa do Campeonato Brasileiro da série B, onde o Bugre já é líder com três vitórias em três jogos.

– O lateral esquerdo Leandro foi bem no Palmeiras no ano passado e mesmo assim, foi negociado com o Fluminense. Sem boas atuações nas Laranjeiras, o jogador está de clube novo. Depois de atuar entre 1999 e 2002 no Vitória, Leandro acertou seu retorno ao Barradão até o final do ano. O atleta foi apresentado nesta terça-feira e informou que ainda precisa de pelo menos quinze dias para ficar a disposição do técnico Paulo César Carpegiani.

– Depois da precoce eliminação na Taça Libertadores da América, o treinador Carlos Ischia foi demitido pela diretoria do Boca Juniors na tarde desta terça-feira. Em situação delicada, na 17ª posição no Campeonato Argentino, o provável substituto de Ischia no comando da equipe é o velho conhecido e vitorioso Carlos Bianchi.

– Por muito pouco o zagueiro Fabiano Eller não foi parar no São Paulo na semana passada. O atleta até deixou o treinamento a pedido do técnico Vagner Mancini para negociar com o Tricolor. Mas a negociação não evoluiu e Eller foi reintegrado ao elenco santista. A diretoria do Santos informou que está perto de renovar o contrato do jogador em mais um ano e meio. O zagueiro estará à disposição para o clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, na Vila Belmiro.

– O Brasiliense anunciou a contratação do atacante Abuda para a sequência da do Campeonato Brasileiro da série B. Com 23 anos, Abuda foi revelado pelo Corinthians e mesmo jovem, já atuou por diversas equipes como Wolfsburg-ALE, Vasco, Paraná, Avaí e por último no Marília.

– Aos 34 anos e com uma maravilhosa história no Lyon, da França, o meia Juninho Pernambucano anunciou hoje o fim de um romance que rendeu sete títulos nacionais, três Supercopas da França e uma Copa da França ao clube. Eternizado pela torcida, Juninho deixa o Lyon como maior ídolo do clube e agora será disputado por diversas equipes. Com a notícia, clubes brasileiros como Vasco e São Paulo já demonstraram publicamente a intenção de repatriar o atleta. Nas próximas semanas o futuro de Juninho deverá ser conhecido por todos.

– O atacante Ronaldo foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva na tarde desta terça-feira, por ter puxado o cabelo do botafoguense Fahel, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, no último dia 17. Mesmo sem ter sido expulso pelo árbitro, o STJD usou o recurso da televisão e suspendeu o Fenômeno por um jogo, enquadrando-o no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por ato desleal. Ronaldo deverá cumprir a punição na próxima partida contra o Santos, no domingo. Como está lesionado, o atacante não jogaria mesmo e, portanto, não acarretará maiores danos ao técnico Mano Menezes.

– A torcida palmeirense está confiante em sua equipe. O Palestra Itália deve estar lotado na importante partida da próxima quinta-feira contra o Nacional-URU, pelas quartas-de-final da Taça Libertadores da América. A diretoria do Verdão anunciou que 20 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada e dessa forma, o torcedor que ainda não garantiu sua entrada deve correr.

Read Full Post »

Taça Libertadores da América

A Taça Libertadores da América 2009 entra em mais uma etapa decisiva, com os quatro jogos de ida das quartas-de-final nesta semana. Vamos a uma breve análise e algumas previsões dos confrontos:

Caracas X Grêmio – Olímpico de Caracas, quarta-feira (27/05), às 21h50
O Grêmio, por ter feito a melhor campanha da primeira fase, tem a vantagem de decidir a vaga no Estádio Olímpico, dia 17 de junho. O Tricolor Gaúcho confirmou o favoritismo nas oitavas-de-final e passou com certa tranquilidade, vencendo as duas partidas contra o peruano San Martín. O Caracas encarou o Deportivo Cuenca, perdeu na ida no Equador e depois se recuperou em casa, vencendo por 4X0. Acredito que o Grêmio avance para as semifinais, mas no confronto dessa semana, os comandados de Paulo Autuori não terão vida fácil na casa do adversário. A vaga deve ser decidida em Porto Alegre. Palpite: Grêmio

Cruzeiro X São Paulo – Mineirão, quarta-feira (27/05), às 21h50
É o único confronto que envolve duas equipes do mesmo país nesta fase do mata-mata. Muita história, rivalidade e tradição em campo. O São Paulo é o clube brasileiro que mais venceu a Libertadores, com três títulos (92, 93 e 05). O Cruzeiro não fica atrás. A equipe mineira é bicampeã (76 e 97) da competição e montou um bom time para esta edição da Libertadores. As duas equipes chegam às quartas-de-final em situações opostas. O Cruzeiro venceu os dois confrontos contra o Universidad do Chile, assegurou a vaga e é apontado como favorito ao título. O São Paulo chega para o confronto um pouco desacreditado e avançou sem entrar em campo, já que o Chivas Guadalajara foi excluído da competição. Cruzeiro e São Paulo nunca se enfrentaram pela Libertadores e com certeza farão dois jogos emocionantes, sem favoritismo. Palpite: São Paulo

Palmeiras X Nacional-URU – Palestra Itália, quinta-feira (28/05), às 22h
As duas equipes já se enfrentaram 11 vezes na história, com cinco vitórias para cada lado e um empate. Pela Libertadores, os uruguaios levam vantagem. Em quatro oportunidades, o Nacional venceu o Palmeiras em duas (ambas em 1971, no Pacaembu por 3X0 e no Centenário por 3X1), houve uma vitória alviverde em 1973 e um empate no mesmo ano. Os uruguaios passearam na primeira fase da Libertadores e terminaram no 3º lugar geral, tendo o ataque mais positivo com 12 gols. Porém, o Palmeiras pode ter vantagem no confronto, pois o Nacional avançou às quartas sem jogar, já que seu adversário nas oitavas-de-final, o San Luís-MEX, foi excluído da Libertadores pelo surto de gripe suína no México. Esse confronto é difícil de fazer algum prognóstico, já que além da tradição das duas equipes, estão em jogo quatro títulos da Libertadores, três do Nacional e um do Palmeiras. Palpite: Palmeiras

Defensor X Estudiantes – Luiz Franzini, quinta-feira (28/05), às 19h30
A equipe argentina, liderada pelo ídolo Verón, passou com facilidade sobre o Libertad nas oitavas-de-final. Venceu por 3X0 na Argentina e empatou em 0X0 no Paraguai. A equipe uruguaia chega às quartas-de-final em estado de êxtase. O Defensor conseguiu a façanha de eliminar o Boca Juniors dentro da Bombonera e além de contar com uma equipe jovem e de boa técnica, a confiança está nas alturas para o confronto contra uma equipe argentina de novo. O Defensor chega como franco atirador no meio de equipes que já conquistaram a Libertadores. O Estudiantes, tricampeão do torneio (68, 69 e 70), deposita todas as suas fichas no veterano Verón. Serão dois duelos equilibrados e vejo os uruguaios com mais chances. Palpite: Defensor

E você torcedor, quais são suas previsões? Opine!

Read Full Post »

CBF

A Copa do Brasil 2009 chega às semifinais e das quatro equipes que ainda disputam o título, duas já foram campeãs. O Corinthians venceu as edições de 1995 e 2002, o Internacional foi campeão em 1992 e Vasco e Coritiba correm atrás da primeira conquista nacional. Os jogos de ida das semifinais acontecem nesta semana e prometem agitar o Brasil inteiro, principalmente os quatro Estados envolvidos (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul). Veja uma breve análise e os meus palpites para os confrontos:

Vasco X Corinthians – Maracanã, quarta-feira (27/05), às 21h50
Cariocas e paulistas chegam pelo segundo ano consecutivo nesta fase da Copa do Brasil. Em 2008, o Vasco foi eliminado nos pênaltis pelo Sport e o Corinthians venceu o Botafogo, também nos pênaltis. Mais tarde, o Timão foi derrotado pelo Sport e perdeu o título. Neste ano, as situações estão invertidas. Assim como o Corinthians no ano passado, o Vasco chega forte às semifinais da competição nacional, mesmo estando na série B do Campeonato Brasileiro. Com um elenco entrosado e que conquistou o Campeonato Paulista de forma invicta, vejo o Corinthians como favorito nesse confronto. O que pesa para o Vasco é a juventude do time, que foi totalmente reformulado após a queda no Brasileirão. Vale lembrar que no primeiro dia de venda dos ingressos para a partida decisiva, a torcida vascaína fez sua parte. Dos 68 mil bilhetes colocados à venda, 32.630 já foram comercializados. A torcida corintiana terá 11 mil lugares no Maracanã. Palpite: Corinthians

Inter X Coritiba – Beira-Rio, quarta-feira (27/05), às 21h50
Tachado como favorito para conquistar todos os títulos em 2009, o Internacional terá mais uma pedreira para confirmar a previsão dos especialistas. Depois de sofrer para vencer o Flamengo na semana passada, o Colorado enfrentará o Coritiba, que passou pela Ponte Preta, em busca de um bom resultado em casa para seguir mais tranquilo para a partida de volta, que acontecerá na semana que vem em Curitiba. Os paranaenses já foram eliminados duas vezes nas semifinais da Copa do Brasil, em 1991 e 2001 e apostam em Marcelinho Paraíba para bater o Inter. Não será fácil para D’Alessandro, Nilmar, Taison e companhia. Palpite: Internacional

E para você torcedor, qual será a final da Copa do Brasil 2009? Opine!

Read Full Post »

Obina

O baiano Manuel de Brito Filho pode se considerar um rapaz de sorte. Aos 26 anos, Obina já foi ídolo da maior torcida do Brasil e há seis meses (17 jogos) não faz um gol sequer, mesmo estando totalmente fora de forma e sendo perseguido pela torcida rubro-negra, conseguiu mais um ótimo (?) contrato em sua carreira. Na tarde desta segunda-feira, a diretoria do Palmeiras anunciou a chegada do atacante por empréstimo até o final de 2009.

O Palmeiras conta com seis atacantes em seu plantel (Willians, Keirrison, Max, Lenny, Daniel Santos e Ortigoza). Obina foi contratado para formar dupla de ataque com Keirrison – que anda em má fase – já que Willians, Lenny e Ortigoza já foram testados na equipe titular e pouco agradaram o professor Vanderlei Luxemburgo. Obina estreou no Flamengo em 2005 e nesses quatro anos de clube, o atacante disputou 180 jogos e fez 47 gols. Nesse período, Obina nunca foi unanimidade na Gávea e ficou mais conhecido por ser um jogador folclórico e pela absurda comparação com Eto’o, atacante do Barcelona.

Outro problema muito discutido do atacante é sua forma física. Muitos confirmam que Obina tem um sério problema com a balança. O jogador chega ao Palmeiras com 93 quilos e será apresentado nesta terça-feira na Academia de Futebol. A diretoria alviverde agiu rápido e já inscreveu Obina nas oitavas-de-final da Libertadores, na vaga que era do volante Evandro, negociado com o Atlético-MG.

Torcedor palmeirense, o que você achou da contratação do Obina? Foi um bom investimento da diretoria? Ou Obina é mais folclórico do que jogador de futebol? Opine!

Read Full Post »

Corinthians (9º) 2X1 (15º) Barueri
Cruzeiro (4º) 2X0 (5º) Vitória
Goiás (14º) 0X1 (1º) Internacional
Atlético-PR (20º) 2X3 (2º) Náutico
Grêmio (8º) 2X0 (17º) Botafogo
Palmeiras (11º) 0X0 (16º) São Paulo
Fluminense (12º) 1X4 (6º) Santos
Sport (18º) 2X3 (3º) Atlético-MG
Santo André (7º) 1X2 (10º) Flamengo
Avaí (13º) 2X2 (19º) Coritiba

Read Full Post »

Denis

Os goleiros foram decisivos na tarde deste domingo no Palestra Itália. Com 35 anos, Marcos não precisa provar nada para ninguém: ídolo do Palmeiras, campeão do mundo pelo Brasil e com uma carreira brilhante. Denis tem 22 anos, foi revelado pela Ponte Preta, disputou apenas a segunda partida com a camisa do São Paulo e é apontado como possível sucessor de Rogério Ceni. O que esses dois goleiros têm em comum? Ambos fizeram uma grande partida hoje, mostraram que a experiência e a juventude podem fazer a diferença no futebol e pelas mãos de Marcos e Denis, o clássico Palmeiras X São Paulo terminou empatado em 0X0.

Alviverdes e tricolores têm como objetivo no primeiro semestre a Taça Libertadores da América e ambos iniciarão as quartas-de-final nesta semana. O primeiro contra o Nacional-URU e o segundo contra o Cruzeiro. Por mais que a prioridade não seja o Campeonato Brasileiro nesse momento, ninguém gosta de perder em clássicos. Por esse motivo, Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho mandaram a campo os times titulares para buscarem a vitória e se prepararem para os confrontos decisivos da competição sul-americana.

O clássico foi empatado até mesmo nas oportunidades de cada equipe. Aos 8 minutos da primeira etapa o São Paulo quase abriu o placar. A bola foi levantada para a área e o zagueiro André Dias cabeceou forte, mas Marcos fez seu primeiro grande milagre na partida. Quatro minutos mais tarde, Mozart errou feio na saída de bola, Jorge Wagner roubou a bola e lançou para Dagoberto. O atacante obrigou Marcos a fazer outra importante defesa.

Com a pressão são paulina, o Palmeiras acordou e também quase abriu o placar em duas oportunidades. Primeiro foi a vez de Diego Souza, que arriscou de fora da área e Denis defendeu. Depois foi a vez do goleiro Tricolor fazer seu milagre também. Aos 31 minutos, Wendel cruzou da direita e Keirrison mandou de voleio para o gol. Denis espalmou fazendo uma ótima defesa. Mesmo com o São Paulo melhor na primeira etapa, o Palmeiras cresceu na segunda metade dos 45 minutos iniciais. O jogo foi para o intervalo e os treinadores saíram reclamando do árbitro Rodrigo Braghetto.

Com os ânimos mais calmos, o segundo tempo começou e o Palmeiras voltou com duas mudanças. Luxemburgo colocou o atacante Lenny no lugar do zagueiro Danilo e  Souza na vaga de Mozart, deixando sua equipe mais ofensiva. O primeiro lance interessante do segundo tempo foi o mais polêmico do jogo. Diego Souza driblou Miranda dentro da área e caiu pedindo pênalti. O juiz não marcou a penalidade e causou revolta nos jogadores alviverdes. O lance é discutível e com o recurso da TV, esse blogueiro marcaria o pênalti.

O jogo ficou morno e as equipes não se arriscavam muito. Aos 30 minutos a partida voltou a ter emoção. O zagueiro Maurício Ramos fez falta em Dagoberto e tomou seu segundo cartão amarelo, sendo expulso pelo árbitro. Depois, Dagoberto e Washington tiveram mais duas chances de dar a vitória ao São Paulo. Primeiro Dagoberto invadiu a área palmeirense e chutou forte, mas Marcos defendeu. Aos 46 minutos, W9 teve a melhor chance da partida e por muito pouco não saiu do seu jejum de gols que agora dura sete partidas. O atacante fez bonita jogada, cortou duas vezes o zagueiro Marcão e chutou para o gol, mas ‘São Marcos’ operou outro milagre. Ainda deu tempo de Diego Souza cabecear uma bola no chão e obrigar o jovem goleiro são paulino a fazer outra boa defesa.

O jogo foi muito bom e movimentado. O resultado igual foi justo pelo que as duas equipes produziram e principalmente pelas ótimas atuações de Marcos e Denis. Marcos continua salvando o Palmeiras e é cada vez mais idolatrado pela torcida alviverde. Denis que jogou sua primeira partida inteira como titular do São Paulo, atingiu as expectativas da torcida e de Muricy Ramalho, fazendo boas defesas e se mostrando seguro embaixo da trave. O jovem goleiro tem tudo para ser o sucessor do ídolo Rogério Ceni. Com o empate, o Palmeiras somou seu quarto ponto na competição e terminou a 3ª rodada na 11ª posição. O São Paulo ainda não venceu nesta edição do Campeonato Brasileiro, somou seu segundo ponto e está na 16ª posição. Agora, as duas equipes voltam todas as atenções para a Libertadores.

Read Full Post »

Riquelme

O gigante está morto. O grande, temido e tradicional Boca Juniors está eliminado da Taça Libertadores da América 2009. Atuando na mítica Bombonera, os argentinos perderam para o Defensor, do Uruguai, por 1X0 e deram adeus ao sonho de conquistar pela sétima vez o título sul-americano. Mesmo focado no campeonato nacional, os uruguaios entraram determinados, fizeram uma ótima partida, entraram para a história e eliminaram o maior bicho-papão de títulos da América na última década.

Considerado o principal favorito para a conquista da Libertadores-09, o Boca Juniors entrou em campo com uma linda festa dos fanáticos torcedores na Bombonera. Do jeito que os Xeneizes gostam, jogando muita pressão no adversário, que normalmente treme ao ver o caldeirão ferver. Mas os uruguaios não se importaram com a pressão e nem com a ótima estatística da equipe Xeneize. Fizeram uma partida épica e venceram o Boca, que não perdia a 25 jogos em casa pela Libertadores, com um incrível aproveitamento de 92% nos últimos seis anos pela competição sul-americana. O último time que conseguiu a façanha de bater os temidos argentinos dentro da Bombonera foi o azarão Paysandu, em 2003.

A história se repetiu e mesmo que seja considerada zebra, o Defensor fez por merecer tamanha conquista. O grande êxito da equipe uruguaia foi conter o ímpeto dos argentinos e segurar a pressão nos 20 minutos iniciais. Isso aconteceu graças à brilhante atuação do goleiro Martín Silva, que fez pelo menos quatro boas defesas nesse período. Com a partida estabilizada, o Defensor armou um contra-ataque e abriu o placar. Aos 27 minutos da primeira etapa, o ala Pablo Pintos cruzou da direita, Diego de Souza antecipou a zaga e fuzilou o goleiro Abbondanzieri para abrir o marcador.

Mas o Boca, com toda sua experiência, não se abalou e partiu para cima de novo. O empate por 1X1 daria a classificação aos Xeneizes, já que na partida de ida na semana passada, no Uruguai, o jogo terminou empatado por 2X2. O primeiro tempo terminou com o Boca melhor em campo, mas em todas as finalizações dos argentinos, o goleiro Silva aparecia e defendia. O Defensor soube aproveitar sua única chance e foi para o intervalo com a vantagem.

O técnico Carlos Ischia partiu para o tudo ou nada no começo do segundo tempo. Tirou o lateral esquerdo Morel Rodríguez, o volante Battaglia e o meia Chávez e mandou para o campo um trio mais ofensivo e descansado, formado pelos meias Gaitán e Gracián e pelo atacante Figueroa. Com as substituições, o Boca cresceu no jogo e espremeu o Defensor em seu campo de defesa, mesmo com o trio Riquelme, Palermo e Palacio em noite pouco inspirada. Enquanto o goleiro Silva salvava lá atrás, o Defensor com seu ótimo toque de bola armava alguns contra-ataques perigosos e por muito pouco não aumentou a vantagem. Essa foi a tônica do segundo tempo, uma equipe totalmente ofensiva e desesperada atrás do gol de empate contra um Defensor tranquilo, perfeito nos desarmes e que ainda se arriscava ao ataque com perigo.

O Boca ainda teve a chance de empatar a partida e seguir na Libertadores. No final do jogo, aos 41 minutos, após boa triangulação pela direita, a bola foi alçada para a área e Gracián mandou de voleio para o gol. Mas o dia era mesmo do goleiro Martín Silva, que defendeu mais uma e colocou o Defensor nas quartas-de-final da Libertadores. Não precisa de muito para afirmar que foi a partida mais importante da história do clube uruguaio. Eliminar o Boca Juniors dentro de La Bombonera na Libertadores é coisa para poucos, bem poucos times. O Defensor segue em busca do seu primeiro título na competição e na próxima fase enfrentará outra equipe argentina, dessa vez o Estudiantes de La Plata.

Read Full Post »

A Confederação Brasileira de Futebol definiu na tarde desta quinta-feira as datas e locais das semifinais da Copa do Brasil 2009. Os jogos de ida acontecerão já na próxima semana, no dia 27. O Corinthians vai até o Rio de Janeiro e enfrenta o Vasco no Maracanã, às 21h50. Na outra semifinal, Inter e Coritiba se enfrentam no mesmo horário no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Os jogos de volta acontecerão no dia 3 de junho. Corinthians X Vasco no Pacaembu e Coritiba X Inter no Couto Pereira, em Curitiba. Os dois jogos estão marcados para as 21h50. As finais da Copa do Brasil também já estão marcadas para os dias 17 de junho e 1 de julho.

Read Full Post »

Older Posts »